Ucrânia impõe sanções a Rússia e Turquia ganha poder

A Ucrânia acaba de aprovar lei que impõe sanções à Russia e a primeira delas é impedir que o gás russo passe dentro do seu território via gasoduto para a Europa. O projeto de lei prevê a possibilidade de introdução de sanções contra 29 tipos de empresas e indivíduos. Essas sanções incluem o bloqueio e congelamento de bens, proibição de atividades no território da Ucrânia, a disseminação no espaço Internet, e a proibição de uso e licenças trânsito de mercadorias através do seu território. Também prevê a aplicação de medidas econômicas especiais, tais como a proibição de transações financeiras e à entrada e circulação de cidadãos de outros estados. estados adicionais a opção de proibir as atividades dos partidos políticos, movimentos e associações.

A OTAN também já avisou ontem que qualquer movimento militar russo dentro da Ucrânia será considerado ato de guerra com direito de resposta.

E como a Europa vai ficar sem gás russo? Eles precisam usar alguma outra alternativa energética para não parar de funcionar, como empresas, domiciliar etc…. ENTRA EM CENA OUTRO AGENTE QUE COMEÇA A FICAR PODEROSO NA HISTÓRIA: A TURQUIA

carte-pipelines-PT
Para se tornarem independentes da Rússia, os europeus precisam da Turquia, por onde se prevê que passem os gasodutos vindos do Médio Oriente. Eis o motivo pelo qual Die Zeit duvida que a União Europeia mantenha Ancara muito mais tempo à porta.  Para um grande número de europeus, a Turquia não passa de um candidato indefinido à adesão, existente lá no extremo oriental da Europa. Um longínquo posto avançado da OTAN, último reduto da civilização ocidental, que faz fronteira com países inquietantes como o Irã e o Iraque.

“Este projeto pode abrir a porta a uma nova era de relações entre a Turquia e a UE”, declarou, na capital turca, o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, uma das figuras convidadas a assistir à assinatura do acordo pelos líderes dos quatro países de trânsito do gasoduto: Turquia, Romênia, Bulgária, Hungria e Áustria. O gasoduto vai elevar a Turquia a uma posição significativa. Mesmo vendo apenas pela perspectiva da energia, é claro que a Turquia deve ser membro da UE”, declarou o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, citado pelo Hürriyet Daily News.

Ambas declarações foram dadas em 2009, por ocasião da assinatura deste acordo.

Em síntese, agora a Europa depende da Turquia para receber gás e o Oriente Médio depende da Turquia para vendê-lo. A Rússia não vai ficar passiva a tamanha “ofensa”. E os nossos olhos precisam ficar atentos ao que o ditador presidente turco, que acaba de ganhar eleições para ficar no poder até 2024, pois profeticamente esta nação tem participação no desenrolar dos acontecimentos.

Interessante Erdogan mencionar “Jerusalém como um vencedor”. O que ele diz é o código para os muçulmanos de que vai assumir a Jerusalém. Mas isto não por muito tempo, Deus tem outros planos. Erdogan expressou seu desejo de que as eleições seria boas para o país inteiro e todos os países amigos, enquanto nomeando Gaza, Ramallah e Jerusalém entre os vencedores.

sultan-tayyip-erdogan_20452

Com informações de RT e The Jerusalem Post

Um comentário em “Ucrânia impõe sanções a Rússia e Turquia ganha poder

  1. Pingback: O califado islâmico e a manifestação do anticristo | A Última Trombeta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s