FÉ x RACIONALISMO

Tenho visto hoje em dia, uma crise existencial presente na maioria das pessoas… mas até onde isso é prejudicial? Para começar, quero destacar dois pontos fundamentais para o mundo se tornar e continuar a se tornar o que temos visto hoje…. Esses pontos são: as questões racionais e a fé. Essas duas se contrapõem uma à outra em todo o tempo. Jesus quando pregava em uma das suas pregações Ele destacou o seguinte ponto: “…Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?” Lucas 18:8. Por que a preocupação com esse fato?
Hoje vivemos um tempo em que a “falsa racionalidade” ou até mesmo a “falsa fé”, ambas implantadas por falsas doutrinas, religiões ou até por livres pensadores, filósofos, teólogos, etc. tem-se colocado em descrédito um plano estipulado antes da fundação do mundo; o plano da salvação e regeneração da alma. Por estarem inchados por seus vãos pensamentos e por suas bases intelectuais, ignoram uma das maiores forças (para muitos desconhecida) que o ser humano possuí; a fé.
O problema é que a fé gerada pelo ser humano na esfera horizontal, ligados as coisas do tempo perecível, ou até mesmo a fé que emerge na esfera vertical (de baixo para cima) tem efeito algum e não passa da sepultura. Porque essa fé exige muito esforço para ser gerada e não é uma fé genuína. Da mesma forma os racionalistas não conseguem explicar a profunda crise existencial, pois vai além da sua capacidade intelectual… então é mais fácil negar ou desacreditar. Fazem uma enorme força para provarem seus conceitos e para desaprovarem o fato de que Deus é Soberano e governa todas as coisas segundo a Sua vontade. Em contrapartida, a fé genuína que emerge do trono do Deus altíssimo em direção ao ser humano, se dá a partir de uma experiência pessoal, de um conhecimento profundo (totalmente espiritual) em comunhão com o nosso Criador. Esta vai além de coisas visíveis, pois é uma questão transcendente, além daquilo que a nossa limitada razão nos permite enxergar. Por isso esse conflito, por isso as pessoas não compreendem, por isso ignoram, pois é mais fácil criar um conceito de negação; por medo do “desconhecido”.
Esta fé é plantada como uma pequena semente, se regarmos e aprofundar nela; então ela começa a ser gerada e se torna uma arvore com o tronco tão forte que, nenhuma tempestade de conflitos internos, ou crises existenciais podem derrubar.
Jesus nos dá um pequeno exemplo dessa fé e do seu poder: “Então os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, disseram: Por que não pudemos nós expulsá-lo? E Jesus lhes disse: Por causa de vossa incredulidade; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível.” Mateus 17:19-20.

15

Em Hebreus 11:1-3 nos mostra um pouco do conceito da fé: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Porque por ela os antigos alcançaram testemunho. Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente.”
A preocupação maior é que conceitos humanos, religiosos, falsas doutrinas e auto-suficiência, nos têm feito afastar cada dia mais de Deus… Cada um é livre para entender e guiar sua vida de acordo com seus conceitos, mas desde já se sabe que há um lugar excelente reservado para aqueles que se aproximam e busca uma unidade com Deus e que buscam um aprofundamento dos conceitos relacionados às vontades de Deus… Este lugar só pode ser alcançado através do elemento Fé que nos é oferecida através da graça e misericórdia de Deus… “Porque pela graça sois salvos, por meio da FÉ; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie; porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas.” Efésios 2:8-10.
A verdade é que conceitos racionalistas hoje impedem a muitos de exercer ou praticar atos de fé. Nosso conceitualismo humano nos afasta da natureza divina.
Temos um guia que se chama Bíblia Sagrada, que nos relata a história humana, partindo-se do ponto da criação do mundo até o seu final, onde nos mostra um plano perfeito e completo de salvação e regeneração de caráter e alma para uma vida eterna.
Toda essa eternidade foi exposta e deixada a critério do homem. A escolha de vivermos a salvação eterna ou a condenação eterna depende desse agente que foi inserida em cada ser humano; a fé. Esse agente, não se pode explicar por conceitos racionalistas ou humanistas, ou fundamentalista.
Vivemos em um tempo onde a nossa fé está sendo colocada à prova. Por um lado temos profecias cumpridas e se cumprindo, descritas na Sagrada Palavra de Deus, fatos comprovados historicamente e cientificamente. Por outro lado, temos uma geração totalmente incrédula, cética, onde tudo se é explicado por conceitos filosóficos, psicológicos e outros meios. Temos uma mídia que se esforça para colocar em descrédito tudo aquilo que o Senhor revelou a humanidade.
A verdade é que para enxergarmos profecias, tais como está descrito: “Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio de dores.” Mateus 24:5-8.
Para percebermos tais sinais e muitos outros descritos na bíblia, é preciso o exercício diário e prático de fé, não de conceitos e nem arrazoado, mas de uma fé genuína, pois somente dessa forma alcançaremos a grande promessa: JESUS VOLTARÁ E TRARÁ EM SUAS MÃOS O GALARDÃO A CADA UM SEGUNDO AS SUAS OBRAS, QUER SEJAM BOAS, QUER SEJAM MÁS.
E pra finalizarmos, destacamos que para alcançarmos a promessa é somente crendo, pois assim aprouve ao Pai.
“Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.” Hebreus 11:6

Sandro L. Oliveira – colaborador do blog

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s