Líder do Fatah: o objetivo final é a destruição de Israel

Abbas Zaki, embaixador da Autoridade Palestina no Líbano e membro do alto escalão do comitê central do Fatah, diz que os árabes aceitam as “fronteiras de 1967” (que não existem e nunca existiram) pois o acordo seria apenas mais um passo rumo a destruição de Israel.

…Quando dizemos que a solução deve ser baseada nessas fronteiras [de 1967], o presidente [Abbas] entende, nós entendemos e todos sabem que o “objetivo maior” não pode ser alcançado de uma vez só. Se Israel se retirar de Jerusalém, retirar 650.000 colonos e desmantelar o muro… o que será de Israel? O país acabará.

Quem está nervoso e irritado agora? Netanyahu, Lieberman, Obama… todos esses vermes.
… Nós deveríamos nos alegrar em ver Israel perturbado.
Se alguém disser que quer “varrer” Israel… é muito difícil. Não é [uma política] aceitável dizer isso. Não diga essas coisas ao mundo, guarde consigo.
Eu quero as resoluções que todos concordam. Eu digo para o mundo, para o quarteto e para os EUA: vocês prometeram e se transformaram em mentirosos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s