A água, o sangue e o espírito: elementos para a vida eterna

“E três são os que testificam na terra: o Espírito, e a água e o sangue; e estes três concordam num.” 1 João 5:8

Amados, este assunto que abordaremos é um assunto sério e de extrema importância para aqueles que desejam entrar nos céus, pois se trata de 3 elementos espirituais indispensáveis para os que professam a sua fé em Jesus Cristo. É também um assunto complexo, pois trata-se do caráter espiritual, onde não podemos explicar de forma racional ou carnal e é um entendimento adquirido através da graça e misericórdia de Deus, não de apenas um estudo. Quando citamos estes 3 elementos podemos ver a sua ação em toda a bíblia, então vamos conferir e buscar diligentemente nas escrituras sobre o assunto. Esses elementos são tão importantes que quando pegamos a instituição da antiga aliança que Deus fez com o povo de Israel , o elemento que selava e que comprovava a aliança era o sangue, como está escrito: “E Moisés tomou a metade do SANGUE, e a pôs em bacias; e a outra metade do SANGUE espargiu sobre o altar. E tomou o livro da aliança e o leu aos ouvidos do povo, e eles disseram: Tudo o que o Senhor tem falado faremos, e obedeceremos. Então tomou Moisés aquele SANGUE, e espargiu-o sobre o povo, e disse: Eis aqui o SANGUE da aliança que o Senhor tem feito convosco sobre todas estas palavras.” Êxodo 24:6-8. Também verificamos a sua importância na instituição do sacerdócio de Arão e seus filhos, como está descrito em Levítico 8 (leia todo o capítulo para ter uma visão maior sobre a instituição do sacerdócio). Moisés utilizou-se do sangue para purificação e santificação do altar e de Arão e seus filhos, e a utilização para o sacerdócio foi essa: “Depois fez chegar o outro carneiro, o carneiro da consagração; e Arão com seus filhos puseram as suas mãos sobre a cabeça do carneiro. E degolou-o; e Moisés tomou do seu SANGUE, e o pôs sobre a ponta da orelha direita de Arão, e sobre o polegar da sua mão direita, e sobre o polegar do seu pé direito.

the-hour-of-mercy-1png
Moisés também fez chegar os filhos de Arão, e pôs daquele SANGUE sobre a ponta da orelha direita deles, e sobre o polegar da sua mão direita, e sobre o polegar do seu pé direito; e Moisés espargiu o restante do SANGUE sobre o altar em redor.” Levítico 8:22-24. Quando Deus estipula o tabernáculo a Moisés, ele ordena: “Atenta, pois, que o faças conforme ao seu modelo, que te foi mostrado no monte.” Êxodo 25:40, ou seja, Moisés tinha a incumbência de realizar o tabernáculo e o culto a Yahweh, semelhante ao culto prestado nos céus, seguindo com extremo zelo todas as orientações que Deus havia passado para ele, mas não entraremos detalhadamente nesse assunto para não perdermos o nosso foco principal. Quando pegamos o tabernáculo deparamos com o 1º elemento que é o altar do sacrifício, onde se executava a utilização do sangue. O 2º elemento era a pia de bronze, onde o sacerdote devia se lavar para entrar no Santo Lugar, conforme estava ordenado: “Então farás chegar a Arão e a seus filhos à porta da tenda da congregação, e os lavarás com ÁGUA” Êxodo 29:4. Nenhum sacerdote podia entrar no Santo Lugar sem se lavar com a água, pois o que assim não procedesse morreria.
O 3º elemento que se encontrava dentro do Santo Lugar, era o Menorah (ou candelabro de sete braços) colocado entre o Átrio Exterior e o Santo dos Santos, onde estava à presença do Deus Pai representado pela Arca da Aliança. Esse elemento representa o Espírito Santo, que é o elemento entre o sacrifício e o acesso ao Pai. Tinha sete braços para representar a totalidade do Espírito Santo. Em Isaías 11, temos a profecia sobre a totalidade do Espírito que estaria em ação sobre a vida do Messias: “E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor.” Isaías 11:2. Em Apocalipse João vê Jesus glorificado, que afirma: “… Isto diz o que tem os sete espíritos de Deus…” Apocalipse 3:1. O próprio apóstolo João começa no seu 1º capítulo do livro de Apocalipse anunciando: “João, às sete igrejas que estão na Ásia: Graça e paz seja convosco da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono” Apocalipse 1:4.

O 2º elemento (água) é aquilo que produz vida: “Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos. Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó, ao cheiro das ÁGUAS brotará, e dará ramos como uma planta.”Jó 14:7-9. “Então disse-me: Estas ÁGUAS saem para a região oriental, e descem ao deserto, e entram no mar; e, sendo levadas ao mar, as águas tornar-se-ão saudáveis.E será que toda a criatura vivente que passar por onde quer que entrarem estes rios viverá; e haverá muitíssimo peixe, porque lá chegarão estas ÁGUAS, e serão saudáveis, e viverá tudo por onde quer que entrar este rio.” Ezequiel 47:8-9. É o que produz purificação: “Então aspergirei ÁGUA pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias, e de todos os vossos ídolos, vos purificarei.” Ezequiel 36:25. Em Levíticos 14, nos mostra da importância desses dois elementos para a purificação da lepra. “E tomará a ave viva, e o pau de cedro, e o carmesim, e o hissopo, e os molhará, com a ave viva, no SANGUE da ave que foi degolada sobre as ÁGUAS correntes. E sobre aquele que há de purificar-se da lepra espargirá sete vezes; então o declarará por limpo, e soltará a ave viva sobre a face do campo. E aquele que tem de purificar-se lavará as suas vestes, e rapará todo o seu pêlo, e se lavará com ÁGUA; assim será limpo; e depois entrará no arraial, porém, ficará fora da sua tenda por sete dias; e será que ao sétimo dia rapará todo o seu pêlo, a sua cabeça, e a sua barba, e as sobrancelhas; sim, rapará todo o pêlo, e lavará as suas vestes, e lavará a sua carne com ÁGUA, e será limpo” Levítico 14:6-9. A lepra era executada sobre aquele que cometia um pecado grave contra o Senhor, este quando era atacado de lepra, devia ser isolado do restante do povo e deveria cumprir uma serie de ordenanças para ser limpo ou purificado; não havia como se purificar sem a presença desses dois elementos: sangue e água.

Igualmente ao sangue e a água, temos também o Espírito Santo. Para compararmos com o primeiro versículo que colocamos nesse assunto e mostrar a sua veracidade de que os 3 elementos se concordam em um, vamos em Genesis cap. 1: “E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o ESPÍRITO de Deus se movia sobre a face das ÁGUAS.” Gênesis 1:2. O mesmo Espírito que era derramado sobre a vida dos profetas e reis e que norteava ao povo quanto à vontade do Pai e que operava grandes maravilhas através dos servos de Deus. É o mesmo Espírito descrito por Jesus em João 16:8, que convence o mundo do pecado, da justiça e do juízo e que é indispensável para a nossa santificação e para o alcance da vida eterna: “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o ESPÍRITO. Porque a lei do ESPÍRITO de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.”Romanos 8:1-2. Para não falarmos que os elementos é somente parte do acordo feito na 1ª aliança, vamos verificar esses dois elementos no diálogo de Jesus com Nicodemos: “Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da ÁGUA e do ESPÍRITO, não pode entrar no reino de Deus.” João 3:5. E na mesma grandeza, Jesus valida a segunda aliança através de seu sangue: “Semelhantemente, tomou o cálice, depois da ceia, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu SANGUE, que é derramado por vós.” Lucas 22:20.

“Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne, quanto mais o SANGUE de Cristo, que pelo ESPÍRITO ETERNO se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo? E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna.” Hebreus 9:13-15. Voltemos ao 1º versículo para entendermos a grandeza desses elementos: “Porque três são os que testificam no céu: o PAI, a PALAVRA, e o ESPIRITO SANTO; e estes três são um. E três são os que testificam na terra: o ESPÍRITO, e a ÁGUA e o SANGUE; e estes três concordam num.” 1 João 5:7-8 Então temos o Sangue (libação e propiciação), a Água (regeneração e purificação) e Espírito (santificação e unificação). Sem a presença destes três elementos não podemos entrar nos céus. E por que a importância dos três elementos para nós? Porque, os três são parte da Trindade e parte da Suas ações para resgate e regeneração da alma pecadora. Em Salmos, o rei Davi movido pelo Espírito Santo expressa: “Assim como o cervo brama pelas correntes das ÁGUAS, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus! A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?” Salmos 42:1-2. Em Apocalipse 22, está expressa a comunhão do ESPÍRITO com os salvos: “O Espírito e a noiva dizem: “Vem! ” E todo aquele que ouvir diga: “Vem! “Quem tiver sede, venha; e quem quiser, beba de graça da ÁGUA DA VIDA.” Apocalipse 22:17. Jesus nos mostra que é Ele quem nos dá a água da vida, pois quem vê o Filho, vê o Pai (João 14: 8-11).

Em Salmos 46, o salmista expressa: “Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo. Deus está no meio dela; não se abalará. Deus a ajudará, já ao romper da manhã.” Salmos 46:4-5.  Disso temos a certeza de que tudo está convergido em Cristo, todo plano de salvação se cumpriu Nele, o único Caminho ao Pai, o grande Eu Sou, era necessário que Nele se cumprisse todo o poder das Escrituras, tudo o que foi mostrado a Moises e aos profetas. Em um diálogo com a mulher samaritana, Jesus afirma: “… Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria ÁGUA viva.” João 4:10. Na festas dos tabernáculos, podemos conferir o testemunho de Jesus: “E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de ÁGUA viva correrão do seu ventre. E isto disse ele do ESPÍRITO que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado.” João 7:37-39. Essa afirmação se cumpriu na cruz, onde estavam presentes os 3 elementos novamente. Podemos conferir isso em João cap. 19: “Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu SANGUE e ÁGUA. E aquele que o viu testificou, e o seu testemunho é verdadeiro; e sabe que é verdade o que diz, para que também vós o creiais.” João 19:34-35. A palavra não relata, mas o Espírito certamente estava presente na cruz para execução da justiça e juízo de Deus sobre a lei do pecado.

A promessa de Jesus era para que depois da sua morte e ressurreição, Ele enviaria à igreja o Espírito Santo (João 16:7-14) e cumpriu o envio do Espírito após a sua ascensão aos céus (Atos 1) no dia de Petencostes (Atos 2). Então temos o derramamento do sangue e água em morte na cruz, e da mesma maneira o Espírito em vida e ressurreição. Pois o mesmo Espírito ressuscitou Jesus entre os mortos com poder, dando testemunho da aceitação do sacrifício na cruz do Calvário; isso podemos conferir o que o apóstolo Paulo nos afirma em Romanos 8: “E, se o ESPÍRITO daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu ESPÍRITO que em vós habita.” Romanos 8:11. Recebemos estes três elementos sendo participantes com Cristo na sua morte e ressurreição, segundo nos afirma: “Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição” Romanos 6:5

Assim como a Trindade não pode ser separada, da mesma forma a ação desses três elementos é indispensável para a remissão da alma do homem, aniquilação do pecado (se dará somente após o arrebatamento dos fiéis) e do passaporte para ser cidadão do céu. Não há como sermos participantes da vida eterna, sem a ação desses três elementos: O sangue, pois não há remissão sem o derramamento do sangue: “E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com SANGUE; e sem derramamento de SANGUE não há remissão. De sorte que era bem necessário que as figuras das coisas que estão no céu assim se purificassem; mas as próprias coisas celestiais com sacrifícios melhores do que estes. Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no mesmo céu, para agora comparecer por nós perante a face de Deus” Hebreus 9:22-24. A água, pois é necessária a ação da água para a purificação: “Porém o que for imundo, e se não purificar, do meio da congregação será ele extirpado; porquanto contaminou o santuário do Senhor; ÁGUA de separação sobre ele não foi espargida; imundo é.” Números 19:20. O Espírito Santo, pois é através dele que alcançamos santificação: “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor” Hebreus 12:14. E é o Espírito que implanta em nós os seus frutos para aniquilar em nós o peso da Lei que nos condena (Gálatas 5:16-25).

Queridos, oremos a Deus para que Ele derrame em nós esses elementos para que possamos também ser participantes do Reino Eterno, Amém e Amém!!!

Por Sandro Oliveira

Um comentário em “A água, o sangue e o espírito: elementos para a vida eterna

  1. O ETERNO CRIADOR TEM UMA NATUREZA ‘TRÍPLICE’ com
    Corpo, Alma e Espírito.
    Natureza ‘TRÍPLICE’ é ≠ de ‘TRINDADE’.
    O que dizer do Eterno Criador possuir Natureza ‘TRÍPLICE’ com Corpo, Alma e Espírito?
    -Digo que são as partes que complementam a Natureza Celestial do nosso Criador.
    Antes, era tão somente Ruach. Após a queda, continua sendo UM RUACH MAS COM A MESCLA DA HUMANIDADE ELEVADA DO MASHIYAH.
    Tese: Não existe 3 deuses como pessoas distintas na ‘TRINDADE’.
    O PRÓPRIO RUACH POR SI SÓ JÁ DISCORDA.
    Tem Corpo, Alma e Espírito?
    -SIM, AGORA TEM.
    «semeia-se corpo natural, ressuscita corpo espiritual. Se há corpo animal, há também corpo espiritual»
    1 Co. 15:44
    Ler ICor.15:1-58
    Haja 1.1.1=Lu. E houve Luz.
    Ele fez o homem à Sua Imagem e Semelhança
    1.1.1 =1.1.1=1³

    Figura 1

    No ciclo das 7 cores

    Figura 2
    As cores não se somam. Elas se multiplicam
    para produzir Luz branca.
    Assim, na constituição do homem como um indivíduo, 1 único ser, o corpo, a alma e o espírito são partes que completam uma pessoa, que não existe por si só, se separada da sua natureza ‘tríplice’ que a constitui.
    Elohim não se soma 1+1+1=3
    Assim é ELOHIM:
    *Elohim é ÚNICO=1.1.1=1³
    Assim na eternidade de Elohim, o princípio, o Álef com a Sua mescla habitando, tabernaculando na humanidade se vestiu tomando ‘forma’ como sendo o MESSIAS MESSIAS MESSIAS, pela unção multiplicada em 1 elevada a potenciação
    de1 nx moradas sendo
    Há Ruach/O Espírito
    Esta unção que é única e que multiplicada
    1¹º ººº ººº ººº ººº ººº
    faz ‘muitas moradas’ que é cada um de nós, os salvos. Ele é o Tav.
    *Não adoro ‘trindade’.
    √3=1,732050807568877
    Adoro ao Único Criador que é Único e Absoluto
    √1=1
    O número secreto de um número é calculado assim: 44,68780594300866
    O número secreto de 1 é 1
    Uma prova real de que o Altíssimo é indivisível, sendo ÚNICO.
    Assim:
    N=1(1+1) =1
    2
    N=1(1+1)
    2
    N=2=1
    2
    N=1
    O NÚMERO SECRETO DO NÚMERO 1 É 1 MESMO.
    O Eterno Criador/Elohim Yahuh é Absoluto.

    Assim: 36,4828726939094
    O número secreto de 44,68780594300866
    QUE JULGARÁ A SATANÁS
    N=44,68780594300866(44,68780594300866+1)
    2
    N = 1997+1
    2
    N = 1998
    2
    N = 999
    1 está para 1
    assim como 999 está para x
    999(.)1=999:1=999

    O número secreto do valor do Pi 3,14159 é:
    2,298516913142037
    O número secreto de 221778,5 é:
    666
    Lelis Benyahuh
    Um corpo vivo depende do fôlego de vida do Espírito nele, para se tornar uma alma vivente em realidade da imagem e semelhança que são provenientes da natureza e da medida do Côvado do ‘Caráter Santo’ do ETERNO CRIADOR. Esta foi a natureza que Adão e Eva refletiam antes da queda. Assim, é na formação da LUZ onde o amarelo(.)cyan(.)magenta resulta em UMA SÓ COR também. Se não houver a participação do Espírito, este corpo é insensível, inanimado, sem vida, como uma pedra.
    Adão e Eva após a queda perderam a presença, a comunhão com o Seu Criador.
    Ficaram assim: morte espiritual e física.
    É necessário a habitação do Espírito Santo no corpo para produzir a ‘magenta’- a imagem do MESSIAS, O VERBO DA VIDA EM SEU PLANO ÁLEF. E o Espírito Santo na alma para produzir o ‘cyan’- a semelhança em santidade, personalidade de caráter elevado do MESSIAS , e, faz-se necessário que o corpo não seja só o barro esculpido, mas que tenha uma alma vivente nele, resultando no produto do ‘amarelo’- o homem Adão humano. E, finalmente,
    magenta(.)cyan(.)amarelo
    que resulta em vida, que é a NOVA natureza celestial no crente, sendo UMA NOVA CRIATURA. Ele é Luz e nós somos a Luz do mundo.
    Assim como a cor
    magenta(.)cyan(.)amarelo,
    produz uma ÚNICA LUZ SOLAR.
    Com a vinda de ELOHIM tomando forma, ganhando corpo de carne, deu a Sua Vida por todos mas em favor de muitos, como Filho do homem em sacrifício pelo ‘pecado’ e que ressuscitou ao 3º Dia como o MESSIAS+o ser humano em morte espiritual e física.
    O que resultou no perdão dos pecados e a obtenção da nossa
    ‘SALVAÇÃO ETERNA’
    ADVINDA DE UM SÓ,
    EM PLENA IMAGEM E SEMELHANÇA AGORA RESTAURADAS.
    TESE PROVADA: ‘assim como o resultado final foi de UMA COR BRANCA, da multiplicação das demais cores,

    assim também, foi em todo o processo da Salvação no Pai no Filho pela Unção de UM em multiplicação até ao MESSIAS, o Tav
    Esvaziou-se

    Da
    Sua
    Glória,
    Assumindo
    A
    Sua Piedade.
    E, novamente retorna
    À Sua Glória.
    Carlindo Lelis de Carvalho Benyahuh
    Quem gosta de bolo?
    A seguir demonstrarei através da figura nº 1 que o Seu sacrifício foi uma ‘obra prima’, perfeita e concebível para sempre, na feitura do
    ‘Novo Homem’, à Sua Imagem e Semelhança, o Mashiyah.
    A Figura nº 1, é o início do processamento do único bolo e forma.
    É o Novo Homem sendo gerado, assim como também, um bolo é elaborado com os seus devidos ingredientes para que a ‘Receita’ seja eficaz.
    A Figura 1 é bem explicativa e nos conduzirá para a Figura 2, onde, todo o processamento da massa ganhou a realidade da ‘Receita’ que é uma ‘Obra-Prima’.

    Figura 1
    Aqui o Primeiro Adão é sepultado mas a promessa de seu resgate veio na ‘forma’ humana, de um Salvador, Yahuhshua.
    Nós vimos a Sua ‘forma’. Fomos conformados Em Sua ressurreição, e,
    Obtivemos
    um caráter elevado do varão perfeito na
    ‘forma’
    do Mashiyah
    Celestial.

    Figura 2

    A Sua ‘forma’ foi produzida na ‘forma’ do Calvário’.
    A estatura de varão perfeito foi nos dada ao molde do Seu sofrimento.
    Não se come pão cru.
    Ele foi assado no forno do calvário.
    ‘Assim como fomos conformados em Sua morte, e seremos também em Sua Ressurreição.
    FORMA E FORMA
    SÃO DUAS PALAVRAS HOMÓGRAFAS, HOMÓFONAS, MAS DE SENTIDO DIFERENTES.
    EXPLICANDO:
    A PALAVRA ‘FORMA’ NA FRASE,
    “O BOLO DE LARANJA ESTÁ SENDO ASSADO NA ‘FORMA’ DE ALUMÍNIO A 180ºC.”
    A PALAVRA ‘FORMA’ NA FRASE,
    “O BOLO DE LARANJA QUE FOI ASSADO NA ‘FORMA’ DE ALUMÍNIO A 180ºC, GANHOU A ‘FORMA’ ARREDONDADA DA ‘FORMA’.”
    TOME NOTA A ESTA ÚNICA RECEITA:
    Se dividirmos um bolo em três partes, estas partes terão que ter um sabor ÚNICO. Estas partes não são 3 bolos, só porque foram ASSIM divididas. OU, SÓ PORQUE A RECEITA CONTÉM 3 INGREDIENTES BÁSICOS, NÃO IMPLICARÁ QUE AS FATIAS DESTE BOLO AO SEREM PARTIDAS, TERÃO SABORES DIFERENCIADOS. COM CERTEZA, AS 3 FATIAS TERÃO UM SABOR ÚNICO. VEJA QUE A 1ª fatia com sabor de 123chocolate, a 2ª fatia com sabor de 231coco e a 3ª fatia com sabor de 321caramelo fazem parte da receita do BOLO EM SI. AS SUAS FATIAS AO SEREM CORTADAS PROPOSITADAMENTE, JÁ CONTÉM PROCESSADAMENTE APENAS UM ÚNICO SABOR, DEVIDO ‘A MISTURA DA MASSA TER SIDO DERRAMADA NUMA ÚNICA FORMA’. Nas 3 fatias contém e possui um sabor mesclados não diferenciados. Ora 1CHOCOLATE COM 2COCO DE UM LADO E 3CARAMELO POR OUTRO fazem parte do BOLO, 123, 231, 321. QUEM COMER E APRECIAR VAI DIZER E ANUNCIAR PARA QUE OUTRAS PESSOAS COMAM DO BOLO TAMBÉM. ESTA É A ÚNICA RECEITA DE BOLO QUE DÁ ÁGUA NA BOCA, TEM UM SABOR ÚNICO E QUE SATISFAZ. MARAVILHA! UMA ‘OBRA-PRIMA’, IMCOMPARÁVEL O SABOR DESTE BOLO QUE POR SUA VEZ, NÃO TEM SEGREDO DE RECEITA. A RECEITA PRECISA DE UMA MOLDURA, COMO UM MEMORIAL DE UMA OBRA ÍMPAR. ‘É UMA OBRA PRIMA’, EM QUE O AUTOR A DÁ A QUEM QUIZER. É DE GRAÇA.
    Figura nº 2
    Aqui o sacrifício satisfez a vontade do Ruach, sendo aceita. Foi uma única vez para sempre.
    A Figura 3, traz os 3 ingredientes processados indevidamente e repetidamente não sendo uma massa única para o sacrifício. Na forma tridimensional-trinitarista, o bolo obteve uma forma única, mas não satisfez a vontade do Ruach, não sendo aceito. Pode repeti-lo quantas vezes quiserem. Não terá eficácia alguma.
    Explicação: SE FIZERMOS A MASSA À NOSSA MANEIRA, DO NOSSO ‘ JEITINHO’, TERÁ O RESULTADO ESPERADO PARA AS OUTRAS PESSOAS QUE EXPERIMENTAREM O BOLO DE CHOCOLATE, O BOLO DE COCO E O BOLO DE CARAMELO, ATÉ ENTÃO, 3 RECEITAS DE MASSAS DISTINTAS DE BOLOS ASSADOS E INSERIDAS EM ‘UMA FORMA TRIDIMENCIONAL’, produzindo um bolo siameses-TRINITARISTAS, SEM A REALIDADE processada DA VERDADEIRA RECEITA DAS Figuras nº 1 e 2
    AO EXPERIMENTAR TODOS TERÃO APRECIADO UM PALADAR DIFERENCIADO. Paladar diferenciado significa que a realidade do Verdadeiro Sacrifício, não foi eficaz em seu processamento. Três massas ao invés de uma só massa, um só Pão. Nunca irão ter a experiência do sabor real da receita originalmente processada. Isto, porque NÃO TEVE A MISTURA DO CHOCOLATE COM O CÔCO E O CARAMELO JUNTOS. Sabe porquê? Porque a receita feita anteriormente, tem a procedência de 1 bolo apenas, UMA ÚNICA MASSA, UM SÓ PÃO.
    TUDO PROVÉM DE UMA SÓ MASSA, UMA SÓ FORMA, DE UM SÓ.

    Figura 3
    SE ACEITAM E FAZEM À MANEIRA DELES, DO ‘JEITINHO’ QUE QUEREM QUE SEJA. ESTE SACRIFÍCIO NÃO POSSUIRÁ O VALOR PARA A DEVIDA PROPICIAÇÃO DO ‘PECADO’ DO VELHO ADÃO. SE ESTÃO AGUARDANDO A VINDA DE UMA TRINDADE, ESTÃO COMPLETAMENTE EQUIVOCADOS. POIS EM TITO 2.13, o apóstolo Paulo não diz assim.
    O ETERNO SE PROCESSOU POR NÓS, TRAZENDO DOS CÉUS A VERDADEIRA REALIDADE DA SALVAÇÃO COMPLETA.
    PORVENTURA ESTÁ O MASHIYAH DIVIDIDO?
    Não seja conformado em uma
    ‘forma tridimencional-trinitarista-tradicional’.
    Seja conformado apenas no Único Sacrifício Processado do Mashiyah.
    O Eterno Criador sendo 1, se deu a nós e, no momento em que participamos da Sua Natureza Celestial e provamos os Seus dons, pelo fruto do Ruach/Espírito agora mesclado em todos os aspectos da Salvação, fomos restaurados à SUA IMAGEM E SEMELHANÇA.
    ELE NUNCA DESISTIU DE VOCÊ. NUNCA EXTINGÜIU COM A RAÇA HUMANA DE VEZ. SOMOS DO MESMO MATERIAL QUE O PRIMEIRO ADÃO FOI FEITO, PORÉM AGORA, RESTAURADOS NO ÚLTIMO ADÃO.
    Todo o processamento da obra de redenção está na massa que foi misturada e que foi assada, sofreu o processo da assadura, pelo sofrimento oculto no forno do calvário para a sua, a minha e a nossa redenção.
    Todos os ingredientes da vida do Mashiyah, do seu nascimento, crescimento, vida, ministério, morte, ressurreição e ascensão estão processados NO RUACH/ESPÍRITO.
    O MASHIYAH É A UNÇÃO, O RESULTADO FINAL PROCESSADO, O SABOR FINAL QUE RESULTOU NA SALVAÇÃO DE TODOS NÓS OS QUE CREMOS.

    Os judeus não acreditam na Trindade e nem eu.
    Monoteísmo é a crença na existência de um único ETERNO/Deus. O termo vem de duas palavras gregas:μόνος que significa “sozinho” e θέος theos, coisas do grego, que significa “Deus”. Em monoteísmo, “Deus” significa algo supremo, idéias relacionadas e conceitos filosóficos, exceto um ser pessoal com atributos antropomórficos, nomes e até mesmo etnia. O contraste como politeísmo monoteísmo é a crença na existência de muitos deuses/baalim. As religiões monoteístas tendem a se opor. O termo vem de duas palavras gregas:μόνος que significa”sozinho” e θέος theos que significa “Deus”.μόνοςa penas, sozinho e θέος theos “Deus”, para os judeus é Elohim/ETERNO. Mas a salvação vem é dos judeus. EM RESUMO… A idéia judaica de ‘Deus’ é que ‘Eterno/Deus’ é Um e indivisível.1/1=1. Não podemos dividir O ETERNO/Deus em peças separadas (ou pessoas distintas), onde cada peça do Eterno/Deus é diferente e ao mesmo tempo é a mesma. As Escrituras hebraicas descrevem O ETERNO como absoluto, mas nos ensinos da ‘cristandade’, a idéia de Deus é descrita como um ser dividido em três partes chamadas de “Trindade”. No novo testamento inserem a idéia de que Jesus é a 2ª pessoa que eles diferem dentro da Trindade cristã, por exemplo, em Mateus 24:36 e Marcos 13:32. Em outro versículo, Jesus não tem o mesmo poder que outras partes da Trindade cristã, como vemos em Lucas 23:34. Em Mateus 26:42 a vontade de Jesus não é igual à do Pai. De fato, Jesus se comparou freqüentemente com o Pai, por exemplo, em João 14:28 ou em Lucas 18:19. Além disso, Jesus supostamente disse que o castigo por blasfemar contra uma das partes da Trindade não terão mesmo castigo por blasfemar contra outras partes da Trindade. Se isso é verdade, não podem ser um e igual, logo o conceito da Trindade não pode ser monoteísta.
    Além de crerem no nome de ‘Jesus’ que nem consta nas Escrituras Hebraicas, ainda o coloca como fazendo parte de uma ‘trindade’ que é inexistente dentro da fé MONOTEISTA DOS YAHUDIM.
    Contudo, nas Escrituras hebraicas O ETERNO é Um, conforme lemos em Deuteronômio 6:4, assim como em Isaías 44:6, onde O ETERNO nos diz: “Eu sou primeiro e Eu sou o último; e além de Mim, não há Outro Eterno/Deus.” Não há outro ETERNO/Deus além de mim.
    אין אלוהים אחר חוץ ממני אני ראשון ואני האחרון;ולצידי אין אלוהים
    Είμαι πρώτος και είμαι ο τελευταίος? και δίπλα μου δεν υπάρχει Θεός. uando Isaías nos diz que O ETERNO falava “Sou o primeiro”, significa que O ETERNO não tem nenhum pai. Quando Isaías nos diz que o Eterno/Deus falava “Sou o último”, significa que O ETERNO não tem nenhum filho literal. Quando Isaías nos diz que O ETERNO falava “além de Mim, não há outro ETERNO/Deus”, significa que O ETERNO não compartilha o Seu Ser ETERNO com nenhuma outra divindade/baalim, ou semi-deus, ou outras pessoas onde não há como aceitar e crer na Trindade. UMA EXPLICAÇÃO COMPLETA … O fato de haver várias manifestações do Eterno/Deus na Bíblia não significa que, para o Eterno/Deus, cada manifestação está separada e é diferente uma da outra. No entanto, cada manifestação do Eterno/Deus resumidamente deve ser tratada diferentemente. As Escrituras Hebraicas nos dizem assim: “Escuta, ó Israel: O Eterno é nosso ETERNO/Deus, o Eterno é Um”. [Deuteronômio 6:4]‘Ouça, ó Israel: Yahuh nosso Eterno, Yahuh é Um’. Mas como sabemos que o termo “Um”, no final do versículo anteriormente mencionado, não se refere a uma certa classe de unidade composta, que compõe o Eterno/Deus de diversas peças que formam uma só? Sabemos que a palavra “um” é adjetivo. Aqui, está descrevendo um nome próprio, “o Elohim”. A maioria das pessoas se esquece que a palavra “Elohim” é na verdade o nome mais santo para O ELOHIM/Deus, mencionado em Êxodo 3:14-15. Quando a palavra “um” adjetiva o nome de alguém, deve significar que este alguém é apenas um; não composto, mas sim absoluto. Por exemplo, eu sou …, pai, filho e escritor. São os meus adjetivos referentes e que caracterizam a formação da minha pessoa como um indivíduo em meu ‘curriculum’ ou ‘vade mecum’. Não sou nenhuma ‘trindade’, só porque possuo 3 adjetivos à minha pessoa. Também não nenhuma trindade’ só porque sou um ser de corpo, alma e espírito. No Novo Testamento em geral, cristão, Jesus em um ponto parece diferir dentro da Trindade cristã, por exemplo, em Mateus 24:36 e Marcos 13:32. Em outro versículo, Jesus não tem o mesmo poder que as duas outras partes da Trindade cristã, como vemos em Lucas 23:34. Em Mateus 26:42 a vontade de Jesus não é igual à do Pai. De fato, Jesus se comparou freqüentemente com o Pai, por exemplo, em João 14:28 ou em Lucas 18:19. Além disso, Jesus supostamente disse que o castigo por blasfemar contra uma das partes da Trindade não terá o mesmo castigo por blasfemar contra outras partes da Trindade. Se isso é verdade, não podem ser um e igual, logo o conceito da Trindade não pode ser monoteísta. Há mais de três manifestações de Deus nas Escrituras hebraicas. Obviamente, há um Deus espiritual, conforme lemos em Gênesis 1:2: “E a terra estava desordenada e vazia, e as trevas estavam sobre a face do abismo, e Há Ruach Elohim/o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.”Mas também há um espírito mau de Elohim/Deus, conforme vemos em Samuel:
    “E quando o espírito mau da parte de Elohim/Deus estava sobre Saul, David tomava a harpa e a tocava com sua mão; e Saul tinha alívio, e melhorava, e o espírito mau se afastava dele.”(Samuel 16:23); “E agora, eis que o Eterno pôs o espírito de mentira na boca de todos estes teus profetas, e o Eterno decretou o mal a teu respeito.” (1 Reis 22:23).
    *Elohim dá a Sua permissão para tais acontecimentos. É dada a Sua ordem e então, o mal opera.
    *O destruidor só opera se Elohim permitir.
    *A legião que estava no endemoniado de gadareno foi entrar nos porcos, porque Yahuhshua o permitiu.
    Em Êxodo 12:23, nos dizem que Elohim/Deus golpeará violentamente aos egípcios. Porém mais adiante no mesmo versículo vemos que é o Destruidor quem golpeia violentamente aos egípcios. Se a vontade do Eterno é golpear violentamente aos egípcios; e quando Ele vê o sangue sobre as portas e nos batentes laterais, a vontade do Eterno estará sobre a porta e o Destruidor será incapaz de vir para dentro de suas casas e lhes golpear violentamente. Por que a comunidade cristã parou nas três partes da Trindade, quando poderiam também haver mais partes na unidade composta de Deus? A razão é que as principais divindades das outras religiões da região também vinham em três:
    Na Babilônia: [1]Belios[2]Ena e[3]Anu;Na Grécia:[1]Zeus][2]Apolo e[3]Hermes; Em Roma: [1]Júpiter[2]Juno e[3]Minerva; Na Índia: [1]Brahma[2]Vishnu e[3]Shiva.
    A comunidade cristã adotou a sua própria Trindade composta pelo Pai, Filho e Espírito Santo, copiando assim da crença de Babilônia, Grécia, Roma, Índia.
    *inclusive a data de nascimento desses deuses, o dia 25 de Dezembro. Outra mentira!
    O judaísmo ensina que Elohim/Deus é Um e indivisível, e isso é encontrado claramente nas Escrituras hebraicas. Isaías 44:6 nos diz o seguinte: “Assim diz o Eterno, Rei de Israel e seu Redentor, o Eterno dos exércitos: ‘Eu sou primeiro e Eu sou o último; e além de Mim, não há elohimDeus’.” Quando Isaías nos diz que Elohim/Deus falava “Sou o primeiro”, significa que Elohim/Deus não tem nenhum pai. Quando Isaías nos diz que Elohim/Deus falava significa que Elohim/Deus não tem nenhum filho literal. Quando Isaías nos diz que Elohim/Deus falava “Sou o último”,“além de Mim, não há elohim/Deus”, significa que Elohim não compartilha ser Elohim com nenhuma outra divindade, ou semi-deus, ou outras pessoas; e não há Trindade. Esta é a razão pela qual Elohim nos disse nos Dez Mandamentos, em Êxodo 20:3: “Não terás outros elohim/deuses diante de Mim”. Ainda que se imagine que Ele é Elohim/Deus ou elohim/deuses, não se pode tê-los diante do verdadeiro Elohim. Não rogue a eles para alcançar a Elohim, e não rogue em seus nomes.Os cristãos podem nos dizer: “Este é o teu Deus”, porém a última vez que ouvimos algo semelhante foi em Êxodo 32:4, quando os ex-escravos confeccionaram o bezerro de ouro e disseram: “Estes são teus deuses, ó Israel, que te fizeram subir da terra do Egito”.(Êxodo 32:4).
    Lelis Benyahuh
    Em Gen. 5:1-5, lemos: Este é o livro da genealogia
    de Adão. No dia em que Elohim criou o homem, à semelhança de Elohim o fez; homem e mulher os criou, e os abençoou, e lhes chamou pelo nome de Adão, no dia em que foram criados. Viveu Adão cento e trinta anos, e gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem, e lhe chamou Sete. Depois que gerou a Sete, viveu Adão oitocentos anos; e teve filhos e filhas. Os dias todos da vida de Adão foram novecentos e trinta anos; e morreu.
    No velho Adão, nascemos segundo a imagem de Adão. 1Coríntios15:44
    É semeado um corpo natural, contudo ressuscita um corpo espiritual. Ora, se há corpo natural, há também corpo espiritual.
    45
    Da mesma forma, está escrito: “Adão, o primeiro homem, foi feito alma vivente”; o último Adão, no entanto, é espírito vivificante!
    46
    Assim, não foi o espiritual que veio primeiramente, mas sim o natural; depois dele então, chegou o espiritual. …
    Gênesis 2:7
    Então ELOHIM modelou o ser humano do pó da terra, feito argila, e soprou em suas narinas o fôlego de vida, e o homem se tornou um ser vivente.
    João 5:21
    Pois, assim como o Pai ressuscita os mortos e os faz viver, assim também o Filho dá a vida a quem Ele desejar.
    João 6:57
    Assim como o Pai, que vive, me enviou e Eu vivo por causa do Pai, assim aquele que se alimenta de mim viverá por minha causa.
    Romanos 5:14
    No entanto, a morte reinou desde a época de Adão até os dias de Moisés, mesmo sobre aqueles que não cometeram pecado semelhante à desobediência de Adão, o qual era uma prefiguração daquele que haveria de vir.
    Romanos 8:2
    Porque a lei do Espírito da vida, no Mashiyah Yahuhshua/Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.
    1Coríntios 15:46
    Assim, não foi o espiritual que veio primeiramente, mas sim o natural; depois dele então, chegou o espiritual.
    Hebreus 9:14
    quanto mais o sangue do Mashiyah/Cristo, que mediante o Ruach/Espírito eterno se ofereceu de forma imaculada a Elohim/Deus, purificará completamente a nossa consciência de comportamentos que conduzem à morte, para que sirvamos a Elohim/Deus vivo!
    Tendo provado o novo nascimento, pelo Último Adão, com certeza, obtivemos a cor magenta do sangue do calvário, a natureza do Messias, sua vida sendo derramada e passar a viver na glória do amarelo, do ouro, no SANTOS DOS SANTOS.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s