A porta da salvação

1796078_517453778390361_1975312809254593800_o
“Depois destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz, que como de trombeta ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer.” Apocalipse 4:1
Qual é o significado espiritual para nós sobre a porta dos céus?
Podemos ver nesse texto de Apocalipse que ainda existe uma porta aberta para quem quiser e crer, permitindo livre acesso a Deus. Podemos definir como a porta sendo um único acesso; se pode entender que não há outra maneira de alcançar o santuário de Deus ou o seu favor sem passar por esta porta.

Esta porta é o próprio Senhor Jesus, que nos relata dizendo: “Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens.” João 10:9. Ele é que tem total controle sobre o acesso aos céus: “… Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre” Apocalipse 3:7
É através desse acesso que vemos as operações de milagres e maravilhas de grandes feitos, executados pelos anjos de Deus em favor daqueles que hão de herdar a salvação, segundo está escrito: “E disse-lhe: Na verdade, na verdade vos digo que daqui em diante vereis o céu aberto, e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem.” João 1:51.
O problema é que muitos têm tentado outros atalhos, confiantes que alcançarão o favor de Deus; tentando chegar ao Pai por outra porta que não é Jesus. Muitos passam dias em campanhas e “autoflagelos” querendo chamar a atenção de Deus e esquecem que a única forma de alcançar algo (lembre-se que Deus só nos dá aquilo que está dentro da Sua vontade) e o favor do Pai, é quando o pedimos em nome de Cristo: “E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.” João 14:13-14.

O grande problema de hoje é que cristãos só chegam diante do trono da Graça com pedidos individualistas e para satisfazer os seus desejos, tentando entrar por outra porta que não é Cristo e por isso não recebem o favor de Deus, como nos afirma Tiago em sua epístola: “Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.” Tiago 4:3. As sagradas escrituras não pode se enganar; a grande verdade é que sempre querem chegar diante de Deus para pedir algo para essa vida terrena e carnal, e essa situação nos afasta da Porta da Graça que é Cristo e nos torna miseráveis como nos afirma Paulo: “Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.” 1 Coríntios 15:19.
Amados, não caiamos no erro de achar que entrar pela porta da graça vai nos proporcionar só momentos de alegria e de prosperidade, muitas das vezes o entrar pela porta nos exige negar o nosso próprio eu e tomar a nossa cruz (Marcos 8:34). Jesus nunca prometeu prosperidade e facilidades o tempo todo pra essa vida, e é aí que muitos cristãos se firmam achando que por se tornar cristão nunca mais será perseguido nessa vida, ou nunca poderá ser atingido por uma doença ou passar por uma situação constrangedora e quando vem alguma dessas situações se frustam e abandonam a fé.

Devemos atingir a maturidade espiritual para entendermos o que Cristo nos ensinou: “Porfiai por entrar pela porta estreita; porque eu vos digo que muitos procurarão entrar, e não poderão. Quando o pai de família se levantar e cerrar a porta, e começardes, de fora, a bater à porta, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos; e, respondendo ele, vos disser: Não sei de onde vós sois” Lucas 13:24-25 e da mesma forma Jesus nos alerta: “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.” Mateus 7:13-14.
A porta que está nos céus ainda está aberta, mas em breve se fechará. Estejamos atentos para entrar pela porta da salvação e não aconteça como com as 5 virgens loucas da parábola: “E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta. E depois chegaram também as outras virgens, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos. E ele, respondendo, disse: Em verdade vos digo que vos não conheço.” Mateus 25:10-12.  É por essa mesma porta que os que perseverarem até o fim entrarão na cidade celestial e receberão como galardão a coroa da vida e delícias que não se poderá contar. Amém!!!

Sandro L. Oliveira

Um comentário em “A porta da salvação

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s