Tempo de juízos

“E olhei, e ouvi um anjo voar pelo meio do céu, dizendo com grande voz: Ai! ai! ai! dos que habitam sobre a terra...” Apocalipse 8:13

Queridos irmãos bem sabemos que muitos sinais, profecias e fenômenos nos situam quanto ao tempo espiritual pelo qual estamos vivendo. A importância de estarmos apercebidos ao momento é de grande valia, pois muitos têm seguido enganos e enganadores pela dureza de seus corações e por amarem mais as coisas deste mundo do que a Deus, pensando que por estarmos em um momento de “tranqüilidade” tanto física como espiritual e por não perceberem os riscos eminentes ao período que antecede a volta do nosso glorioso Senhor Jesus, muitos cristãos e não cristãos levam a vida de forma desenfreada e dissoluta; sem temor. E por esse motivo muitos não se preparam para o arrebatamento e nem tão pouco se derramam aos pés do Senhor para buscar uma vida santificada e pura diante de Deus. O tempo que nós vivemos mostra que estamos próximo da execução final dos juízos de Deus descritos na bíblia sobre a face da terra, e muitos deles já são visíveis como, por exemplo, os acontecimentos na natureza (céu, terra e mar) anunciados em vários veículos de comunicação em vários países e por sinais dentro da igreja como a grande apostasia, heresias e a prostituição (que troca o amor verdadeiro de Cristo por algo lucrativo e prospero ou até de pequena valia). E o motivo pela qual está descrito a execução dos juízos de Deus sempre foi e sempre será em função do peso e da representação que o pecado traz sobre a humanidade aos olhos de Deus. Podemos citar alguns casos em que o juízo de Deus veio sobre alguma cidade ou país pela multiplicação dos atos pecaminosos de tal forma que chegaram até o trono de Deus, como foram os casos de Sodoma e Gomorra, quando está expresso na bíblia: “Disse mais o Senhor: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito, descerei agora, e verei se, com efeito, têm praticado segundo o seu clamor, que é vindo até mim; e se não, sabê-lo-ei.” Gênesis 18:20-21. E todos nós sabemos a conseqüência do que aconteceu.

Abaixo temos a ilustração de um vídeo sobre um acontecimento histórico sobre a erupção do Vulcão Vesúvio e a subversão da cidade de Pompéia em apenas um dia, no ano de 79 d.c, onde podemos ter uma breve demonstração de como foi a erupção do Vesúvio e como essa cidade veio a baixo em apenas um dia. Não se sabe ao certo os tipos de pecados cometidos por aquela cidade mas, podemos ver que era uma cidade moderna para a época, situada na Itália na época do império romano e que tinha um avançado comércio, “Pompeia era um lugar movimentado, e evidências demonstram diversos detalhes do cotidiano da cidade. No chão de uma das casas, por exemplo, está a inscrição Salve, lucru (Bem-vindo, dinheiro), no local onde funcionava um comércio; jarras de vinho trazem um dos primeiros exemplos de trocadilho mercadológico, Vesuvinum (combinando as palavras em latim para Vesúvio e vinho)” trecho retirado do site www.wikipedia.org , com casas de banhos públicas, anfiteatros. Esse acontecimento histórico nos dá um breve entendimento do que ocorrerá quando Deus começar a executar seus justos juízos finais em nível global, sobre os filhos do pecado.

 Existe um texto bíblico que ilustra bem o ocorrido quando fala: “Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.” 1 Tessalonicenses 5:2-3 e essa realidade está bem próxima de ocorrer. Mas para os que estão em Cristo Jesus vivendo em comunhão e santificação não precisam temer, pois como nos fala a palavra de Deus: “Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus…” Romanos 8:1. Mas ao mesmo tempo a mesma bíblia nos alerta: “Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor; sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa. Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem.” Mateus 24:42-44. Como está sua vida diante de Deus? Você está preparado (a) e em constante comunhão e santificação?

Veja o vídeo abaixo:
https://www.youtube.com/embed/dY_3ggKg0Bc

Um comentário em “Tempo de juízos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s