Os sete selos

SELOSEm geral existe sempre um grande desconforto das pessoas quando se fala da ira de Deus. Pessoas não gostam de falar nisso porque desconstrói da fantasia criada em cima do mito de um Deus “bonzinho” que releva o que fazemos de errado e perdoa em qualquer circunstância.

Isso é uma ficção! Bondade não é permissividade e muito menos fraqueza.
Deus odeia o pecado e não é conivente com ele. A ira de Deus é fruto da indignação de um Deus santo.

Ex 34:6-7 – Deus compassivo e misericordioso, paciente, cheio de amor e de fidelidade, que mantém o seu amor a milhares e perdoa a maldade, a rebelião e o pecado. Contudo, não deixa de punir o culpado.

O livro de Naum confirma a narrativa de Êxodo, veja:

Naum 1:2 – O SENHOR é Deus zeloso e vingador! O SENHOR é vingador! Seu furor é terrível! O SENHOR executa vingança contra os seus adversários e manifesta o seu furor contra os seus inimigos. O SENHOR é muito paciente, mas o seu poder é imenso; o SENHOR não deixará impune o culpado.

Existe um incrível semelhança entre o processo do Pessach – O êxodo do povo hebreu do Egito e o processo descrito em Apocalipse no final dos tempos.

Ambos os livros vão falar ao mesmo tempo da fúria e da proteção de Deus. Na verdade o Pessach é a chave para entender o final dos tempos.

Assim como Deus protegeu Israel no Egito quando as pragas vieram, em Apocalipse ele vai proteger os que são aliançados com ele.

As pragas vão voltar numa escala muito maior. Apocalipse relata sobre quatro anjos estrategicamente posicionados nos quatro cantos da terra de onde saem quatro ventos.

Esses ventos quando liberados aumentam o calor e o sofrimento. E aí um outro anjo ordena a eles para que não façam nada até que os servos de Deus sejam selados.

Ap 7:2-3 – Então vi outro anjo subindo do Oriente, tendo o selo do Deus vivo. Ele bradou em alta voz aos quatro anjos a quem havia sido dado poder para danificar a terra e o mar: “Não danifiquem nem a terra, nem o mar nem as árvores, até que selemos as testas dos servos do nosso Deus”.

As pragas são juízos para aqueles que da mesma forma que Faraó não servem ao Senhor e tem seus corações endurecidos.

Quem são os 144 mil selados? Membros de alguma denominação religiosa?

Vamos ajudar no entendimento. Preste atenção! Quando a bíblia usar a palavra judeu ela se refere a judeu e quando usar a palavra Israel ela está se referindo a Israel!

Os crentes são chamados em Gal 3:29 de descendência de Abraão e herdeiros segundo a promessa.

Os 144 mil são os judeus que creem em Yeshua, que hoje se adota a terminologia judeus messiânicos, mas são os remanescentes do Israel físico dentro do corpo do messias. .

Quanto ao número, esse não é literal. O número segue o padrão da bíblia de contar homens, e portanto não incluem nem mulheres nem crianças, exatamente como foi no Egito no Pessach.

Além disso, doze é um princípio: doze tribos, doze apóstolos, o corpo será sempre um número múltiplo de doze portanto é simbólico já que 144 = 12 x 12.

E o gentio? Não se preocupe com isso, Apocalipse vai falar também da grande multidão de justos

Apocalipse 7:9-10 – Depois disso olhei, e diante de mim estava uma grande multidão que ninguém podia contar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, de pé, diante do trono e do Cordeiro, com vestes brancas e segurando palmas. E clamavam em alta voz: “A salvação pertence ao nosso Deus, que se assenta no trono, e ao Cordeiro”.

O princípio de selo e consequentemente de estar selado é aplicado para todos os crentes, de todas as nações, tribos, povos e línguas.

Se você já postou ou recebeu pelo menos uma carta na sua vida você sabe bem o que significa selo.

O selo de uma carta hoje em dia é o recibo impresso colado no envelope comprovando que você pagou pelo transporte da carta.

Mas no passado, o selo era a chancela com o brasão em cera quente lacrando o envelope confirmando que quem estava encaminhando a carta era realmente o remetente.

O remetente selava com o seu sinete ou anel para atestar que era ele mesmo que enviava, uma espécie de reconhecimento de firma tão comum nos cartórios hoje em dia.

O livro de Ester cita que o cruel amalequita Haman, influente membro da corte do Rei Assueros, selou com o anel real o decreto de extermínio do povo judeu e enviou a todas as províncias do reino.

Sob uma perspectiva espiritual , quem sela é o rei ! Deus só sela as cartas que “são dele”, sendo assim, nem todas as pessoas são seladas, ou seja, nem todos são de Deus

Ef 1:13 – Nele, quando vocês ouviram e creram na palavra da verdade, o evangelho que os salvou, vocês foram selados com o Espírito Santo da promessa,

Esse foi o princípio utilizado na última praga do Egito. Sangue no Egito foi um selo!

Foi o sangue do cordeiro, colocado nos umbrais das portas dos filhos de Israel que os livrou da morte, ou seja, da última praga.

Ex 12:13 – O sangue será um sinal para indicar as casas em que vocês estiverem; quando eu vir o sangue, passarei adiante. A praga de destruição não os atingirá quando eu ferir o Egito.

Yeshua é chamado por João de o cordeiro de Deus. Uma alusão ao Pessach, portanto um selo!

Paulo entendia isso muito bem! Veja:

Rm 5:9 – Como agora fomos justificados por seu sangue, muito mais ainda seremos salvos da ira de Deus por meio dele!

O sangue de Yeshua é um selo! De acordo com Apocalipse no capítulo cinco, João estava inconsolável porque não se encontrava ninguém que fosse digno de abrir o livro com sete selos.

Mas logo em seguida o mistério do selo foi resolvido.

Ap 5:4-5 – Então um dos anciãos me disse: “Não chore! Eis que o Leão da tribo de Judá, a Raiz de Davi, venceu para abrir o livro e os seus sete selos”.

Yeshua é o selo, só ele é digno de romper os selos , ele tem poder sobre a vida e a morte!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s