Cientistas japoneses advertem sobre megaterremoto

“Por isso farei o céu tremer; e a terra se moverá do seu lugar (sairá do seu eixo e vai deter a sua rotação) diante da ira do Senhor dos Exércitos, no dia do furor da sua ira.” Isaías 13:13

Cientistas japoneses advertiram para uma mudança no padrão do movimento das placas tectónicas do Japão completamente diferente do período anterior ao devastador terremoto de 2011, alertando para o risco de ocorrência de sismos similares.

Investigadores da Autoridade de Informação Geoespacial (GSI), sob a tutela do Ministério dos Transportes e Infraestruturas, dizem que as placas tectónicas do país asiático e arredores se encontram em constante movimento, informou a NHK.

japao_placasOs especialistas acreditam que duas placas situadas junto às costas do nordeste do país, na área onde ocorreu o terremoto de 11 de março de 2011, deslizaram mais de 20 metros.

Hisashi Suito, chefe da divisão de investigação da deformação da crosta (terrestre) da GSI, declarou à cadeia televisiva japonesa que embora se pressuponha que a probabilidade de ocorrência de um novo terramoto deveria diminuir, não crê que assim seja.

Após examinar a atividade sob o mar, observaram que uma das placas se moveu 95 centímetros em direção a leste, perto da península de Oshika, na província de Miyagi, que se afundou 120 centímetros com o terramoto e elevou-se 39 desde então.

O investigador adverte sobre a necessidade de alerta para a ocorrência de um sismo idêntico ao de 11 de março de 2011, que desencadeou um tsunami que devastou a costa de Tohoku e deixou aproximadamente 18 mil mortos e desaparecidos.

Fonte: RTP Notícias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s