Erdogan: Jerusalém pertence aos muçulmanos, e não aos judeus

913Hoje o presidente Erdogan da Turquia fez um discurso que ninguém na mídia Inglês está relatando. A Agência Anadolu, que é como o ‘Reuters’ da Turquia, informou sobre ele e várias fontes árabes ter escolhido agora em cima dele. E o discurso que fez incluído algumas linhas onde ele falou sobre invadir Jerusalém.

“Infelizmente, os muçulmanos perderam o nosso objetivo de cabeça para Jerusalém . A água dos nossos olhos congelaram tornando-nos cegos, e nossos corações que estava destinado a vencer para Jerusalém está agora em vez condicionados por rivalidade estar em um estado de guerra uns com os outros “.

Erdogan está convidando todos os turcos para se focar no objetivo Otomano de re-conquistar Jerusalém para o Islã. Ainda mais, Erdogan também quer reunir o mundo muçulmano, xiitas e sunitas, para esse mesmo objetivo.

Neste momento, o Oriente Médio está em caos, da guerra da Arábia Saudita com o Irã no Iêmen à guerra civil na Síria que só não vai acabar, para o caos na Líbia, onde vários grupos terroristas estão disputando o controle da Líbia. Erdogan vê tudo isso e acredita que este estado de guerra turvou a visão de muçulmanos de sua verdadeira aspiração de marchar sobre Jerusalém.

Se você se lembrar, quando Erdogan foi para a Turquia, ele eo presidente iraniano Hassan Rohani fez uma aliança das sortes para trabalhar em conjunto para reunir o mundo muçulmano e ” acabar com o derramamento de sangue ‘:

“Eu não olhar para a seita. Ele não me preocupa se os mortos são xiitas ou sunitas, o que me preocupa é os muçulmanos “, disse Erdogan durante a sua visita de um dia para o país vizinho, acrescentando que o Irã e a Turquia devem mediar entre as partes de luta e de esperança para obter um resultado .

“Temos de pôr fim a este derramamento de sangue, esta morte”, disse o presidente.

Erdogan continuou em seu discurso :

Presidente turco exortou os cidadãos a “levantar as mãos em súplica para esta noite abençoada para Allah para restaurar a Mesquita de Al-Aqsa [Jerusalém] para voltar a ser de propriedade de muçulmanos, e para remover a névoa de seus olhos, para ver Jerusalém, em sua mãos, em cada momento e em cada oportunidade “.

Há alguma dúvida sobre suas intenções aqui? Até mesmo seu próprio Primeiro-Ministro Davutoglu disse algo semelhante há algumas semanas em uma luta eleição com um membro de outro partido que sugeriu que Taqsim Square em Istambul é para os trabalhadores turcos que Jerusalém é aos judeus. Davutoglu não gostava muito disso, responder :

“Jerusalém pertence aos muçulmanos, e não aos judeus … Jerusalem nossa casa e nossa Jerusalém”

Se você foi ver o mundo muçulmano, na última década ou mais, você já ouviu falar sobre os muçulmanos cantam marchando em Jerusalém e até mesmo o alto funcionário da Irmandade Muçulmana do Egito chamado para que todos possam se unir em torno de um homem, a fim de invadir Jerusalém :

Lugar oficial Irmandade Muçulmana do Egito apelou ao mundo árabe quinta-feira para substituir as negociações com Israel com “santo Jihad”, afirmando que se os judeus estão autorizados a rezar no Monte do Templo eles vão destruir a Mesquita Al-Aqsa e suplantá-lo com o terceiro templo.

Mohammed Badie, guia supremo da Irmandade Muçulmana, declarou em uma mensagem pública publicado pelo jornal egípcio Al-Ahram que “os sionistas só entendem força”, e que os árabes não podem esperar para alcançar a justiça dos judeus “pelos corredores das Nações Unidas ou através de negociações. “…

“Chegou o momento para a nação islâmica para unir em torno de um homem por causa de Jerusalém e na Palestina”, disse Badie. “Os judeus têm dominado a terra, espalhar a corrupção na terra, derramado o sangue dos crentes e em suas ações locais sagrados profanados, incluindo o seu próprio.”

“Sionistas só entendem a linguagem da força e não se arrependerá sem coação”, continuou Badie. “Isso só vai acontecer através da Jihad santo, altas sacrifícios e todas as formas de resistência. No dia em que percebemos que marchará este caminho e levantar a bandeira da Jihad por amor de Deus, é o dia eles vão ceder e parar a sua tirania. “

Este ‘santo Jihad’ sobre Jerusalém é o espírito do anticristo e sabemos da Bíblia (Ezequiel 38) que tanto sunitas e países muçulmanos xiitas se unirão para invadir Jerusalém, com a Turquia como seu líder. O fato de que estamos agora a ouvir estas mesmas rumores de que o presidente e primeiro-ministro da Turquia é muito significativo.

Eles têm mais uma eleição para ganhar na Turquia e se o Partido AK ganha assentos suficientes no Parlamento turco no mês que vem, eles vão reescrever a Constituição turca e colocar em um novo sistema presidencial que vai deixar Erdogan como o líder supremo (califa) desta Nova Turquia.

Como escrevi antes, o quarto reino de Daniel 2 está revivendo e está quase a Jerusalém.

invasionofjerusalem
Fonte: The Rigth Scoop

9 comentários em “Erdogan: Jerusalém pertence aos muçulmanos, e não aos judeus

  1. os mulçumanos alimentam essa ilusão de querer tomar Jerusalém. ela nem é citada no alcorão. os judeus tem uma historia totalmente ligada a Jerusalém. Jesus disse que os gentios pisariam essa cidade por muito tempo. eles podem unir mão a mão mas nunca conseguirão derrotar Israel pois o próprio Deus peleja por Israel. o Diabo quer usar nações, povos, para acabar com Israel, mas Deus não dorme e nem cochila! Pasmem inimigos de Israel,com a benção de Deus de Abraão sobre o seu povo, seu progresso e sua força, pois o Senhor é a força do seu povo. shalom Israel.

    Curtir

    • Messias você está em pleno delírio, Israel que DEUS fala não são os judeus, leia Colossesnses 3 por favor, nem Grego ou Judeu, os verdadeiros judeus são os que fazem a vontade de DEUS nós eu e você; Abra a mente, Israel não existe mais as 10 tribos foram extintas e só Judá e Benjamin sobreviveu e mesmo assim foram cativas para a Babilônia. Hoje o remanescente (AQUELES QUE CREREM EM JESUS ENTRE OS JUDEUS) esses serão salvos. Quando o SENHO expirou na cruz do calvário o véu do templo foi rasgado de alto a baixo fazendo dos dois povos um só, e mesmo o Apóstolo dos gentios Paulo nos diz que fomos enxertados na árvore no lugar dos ramos antigos (judeus) por porque não reconheceram a sua visitação po JESUS CRISTO nosso SENHOR…estude um pouquinho mais.

      Curtir

  2. Israel é do Senhor todo poderoso, o Deus de Israel e o Senhor Jeová nunca perdeu uma batalha. Aquieta-te Israel, não temas, O Deus vencedor pelejará por ti.

    Curtir

      • Quem tocar na menina dos olhos de Deus, pelejará contra o Próprio Eterno.O regime “papal’ com seus chefes de EStado , pagarão alto preço por perseguir e dar apoio aos inimigos de Israel, como o governo palestino.Por isso a Biblia recomenda que “saiam dela povo Meu, ‘para não incorrer nas pragas que sobrevirão em cima da cabeça da Grande Meretriz, igreja CAtolica e seus adeptos.

        Curtir

    • Nunca vão conseguir porque lá estará o trono de CRISTO na sua segunda volta e reinará desde Jerusalém..nada a ver com os judeus….queridos os judeus de hoje (não todos) os sionistas, esses são os chamados da “sinagoga de satanás” que dizem serem judeus e não são…JESUS disse: “Eu sou o caminho a verdade e a vida “NINGUÉM” vem ao pai a não ser por mim, POR ACASO OS JUDEUS SIONISTAS ACREDITAM EM JESUS CRISTO !!!!! ACORDA TÚ QUE DORME DE ENTRE OS MORTOS E CRISTO TE ESCLARECERÁ !!!!

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s