Abalados diante da morte

imagesEssa semana que passou muitos ficaram abalados pela triste morte do cantor Cristiano Araújo e de sua namorada, dois jovens com 29 e 19 anos respectivamente, notícia que teve uma repercussão enorme na mídia, e isso me fez refletir muito sobre a brevidade do tempo do ser humano, e o que pretendemos focar aqui não é meramente a vida de tal artista, mas para que entendamos sobre a brevidade da vida. Sei que é um assunto triste e muito delicado de se tratar, mas precisamos entender que nenhum de nós está isento de passar pela situação da morte, e ainda que muitos evitem falar sobre esse assunto, a própria palavra deixa bem claro: “Por este motivo, o Sheol, a sepultura aumentou o seu apetite e escancara a sua boca.

A morte levará para seu interior todo o esplendor da cidade e a sua riqueza, a agitação das pessoas, do comércio, e todos quantos nesse meio se divertiam.” Isaías 5:14. Peguemos essa triste fatalidade ocorrida para refletirmos um pouco. Em Jó capítulo 8, nos fala: “Pois nós somos de ontem, e nada sabemos, Porque os nossos dias sobre a terra são uma sombra” Jó 8:9 e também no capítulo 14 Jó expõe a brevidade da vida humana (leia todo o capitulo de Jó 14) Ainda podemos pegar o exemplo do rei Ezequias que havia acabado de conquistar uma grande vitória pelas mãos de Deus sobre Senaqueribe e tudo estava sobre uma paz imensurável, uma alegria imensa, quando o profeta Isaías, filho de Amoz veio com a triste notícia: “Põe em ordem a tua casa porque morrerás, e não viverás.” 2 Reis 20:1. Certamente ali o chão do rei Ezequias desabou.

Para a morte não existe grandes, pequenos, ricos, pobres, famosos ou não famosos (seu apetite é voraz). Muitos aguardam ansiosamente a volta de Cristo em vida (e fazem bem quem assim procede), mas poucos estão preparados, caso a morte o (a) alcance. Poucos dão crédito ao que está escrito: “Quanto ao homem, os seus dias são como a erva, como a flor do campo assim floresce. Passando por ela o vento, logo se vai, e o seu lugar não será mais conhecido.” Salmos 103:15,16. Devemos então levar a nossa vida, além do esperar pela volta do nosso glorioso Senhor Jesus, sempre preparados como se fosse o nosso último minuto de vida sobre a face da terra. E como você tem levado a sua vida diante de Deus, a palavra diz: “Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?” Lucas 12:20 Meus queridos (as) estejamos prontos para nos encontrar com Cristo, independente da situação, se em vida ou se dormindo, pois o último inimigo a ser vencido será a morte. Se você está em Cristo Jesus, prevaleça e permaneça Nele diariamente, pois fazendo assim estarão seguros.

Porque na verdade muitos cristãos já adormeceram, mas nem todos estavam em Cristo, assim como muitos vivem e nem todos estão em Cristo; e a condição para o arrebatamento é estar em Cristo. E como está escrito: “porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, com voz de arcanjo e com trombeta de Deus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro. Então nós que estivermos vivos, e formos deixados, seremos arrebatados em nuvens juntamente com eles ao encontro do Senhor nos ares; e assim ficaremos sempre com o Senhor. Portanto consolai-vos uns aos outros com estas palavras.” 1 Tessalonicenses 4:16-18. Se você leva uma vida dissoluta ainda há tempo de se arrepender e viver pra Cristo e em Cristo, pois Ele mesmo descerá e trará a cada um o galardão que escolheram. Enquanto houver fôlego de vida e enquanto Jesus não desceu nas nuvens dos céus ainda há chance para você e para mim (e não fique pensando que isso vale apenas pra quem está fora da igreja, pois vale para quem está dentro também).

Estejamos em Cristo, pois “…nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus” Romanos 8:1.

Deus os abençoe! Shalom!

Um comentário em “Abalados diante da morte

  1. A morte prematura do cantor e sua namorada suscita várias reflexões: morreram sem o saberem; sem dores nem padecimentos prolongados;se foram bons como artistas, como amantes, como religiosos e bons filhos e bons amigos, na certa, estão numa boa do outro lado da vida. Por tanto, me pareceu exagerada a cobertura da mídia mesmo porque não conheço uma canção deles, dedicada aos pais, aos amigos, á pátria a Deus, em fim o que lamento são os lamentos e choros de tanta gente que não precisava sofrer tanto sem uma razão que o justifique legítima e plenamente!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s