O califado do ISIS é um prenúncio do Anticristo?

O CALIFADO DO ISIS É UM PRENÚNCIO DO ANTICRISTO? Por Joel Richardson

1231267_338321559636918_511488492_n“Sete anos atrás, Al Gore estava nos alertando que todas as calotas polares teriam desaparecido completamente em nossos dias. E eu estava anunciando o advento de um califado.
Nos últimos 10 anos, eu diligentemente procurei despertar a Igreja para o fato de que os profetas hebreus apontavam para um anticristo surgindo do Oriente Médio a partir da região da Turquia, Síria e Iraque. Alguns examinaram as provas e reconheceram a base bíblica sólida para esse ponto de vista. Outros questionaram, debateram, ou até mesmo criticaram essa perspectiva.

A verdade porém é que, embora alguns opositores tentassem interpretar essa visão numa perspectiva de “cavaleiro solitário”, em termos históricos gerais eu estive longe de estar sozinho nesta cruzada.

Na verdade, muitos grandes teóricos cristãos reconheceram a evidência bíblica desta visão; muitos ainda previram que um califado dos últimos dias seria estabelecido na região da Turquia, Síria e Iraque. Tendo em vista o restabelecimento surpreendente de um califado islâmico pela primeira vez em mais de 80 anos no Iraque e na Síria, vamos considerar alguns dos grandes teóricos e teólogos e cristãos que previram exatamente o que estamos testemunhando hoje.

• O PRIMEIRO foi Hipólito de Roma (170-235). Hipólito era um teólogo importante do início do século III. Ao falar sobre o Anticristo, ele disse o seguinte:

“Devemos mostrar que essas coisas, então, são ditas de ninguém mais senão daquele tirano, sem-vergonha e adversário de Deus. Mas Isaías também fala assim: ‘Quando o Senhor tiver terminado a sua obra no monte Sião e em Jerusalém, ele punirá a linguagem orgulhosa do rei da Assíria e seus olhares insolentes.’ Isaías 10:12.

• O SEGUNDO teólogo que previu o Anticristo como emergente da região agora controlada pelo ISIS foi Victorinus de Pettau (240-304). Vitorino foi um bispo cristão primitivo e autor do comentário completo mais antigo sobre o livro do Apocalipse de que dispomos. Neste comentário antigo, Vitorino identificou o Anticristo como “o assírio” mencionado em Miquéias 5: 5 que iria invadir a terra de Israel apenas para ser destruído por Jesus em Seu retorno.

• A próxima testemunha é Lucius Caecilius Firmianus Lactantius (240-320). Lactantius foi um outro escritor da Igreja do início do terceiro século, que escreveu muito sobre o fim dos tempos. Por incrível que pareça, Lactantius declarou especificamente que o Anticristo viria da província romana da Síria:
“Um rei se levantará da Síria, nascido a partir de um espírito maligno, o destronador e destruidor da raça humana, que deve destruir o que for deixado pelo antigo mal, juntamente consigo mesmo. Mas … aquele rei não só será mais vergonhoso em si mesmo, mas ele também será um profeta de mentiras … e poder será dado a ele para fazer sinais e maravilhas, com a visão de que ele pode seduzir homens para adorá-lo. Então … ele vai tentar destruir o templo de Deus e perseguir os justos “.
• Muitos se surpreendem ao descobrir que Clarence Larkin (1850-1924), o grande mestre dispensacionalista, também previu essas coisas. Larkin era um pastor batista americano, teólogo e autor, cujas obras continuam a vender até os dias de hoje. Em seu livro “Dispensational Truth”, Larkin escreveu:babylon
“É claro que o Anticristo há de vir da Síria. … Devemos compreender, portanto, pelo “Rei do Norte”, o rei da Síria, que também incluiu a Assíria. Isso corrige a localização a partir da qual o Anticristo virá. … “

• Um dos meus favoritos comentaristas é G.H. Lang (1874-1958). Lang foi um magnífico expositor britânico, cujo comentário sobre o livro de Daniel recebeu o maior apoio do lendário estudioso bíblico FF Bruce.
Em “As Histórias e Profecias de Daniel”, ele disse o seguinte:

Portanto, o Anticristo será o REI DA ASSÍRIA COM A BABILÔNIA COMO SUA CAPITAL, que antigamente era o domínio de Seleuco, que ganhou a área oriental do império de Alexandre. Assim, quando o Anticristo aparecer, ele não virá de Roma, ou de qualquer outro lugar do ocidente. Se isto tivesse sido compreendido, muitas especulações vãs e enganosas teriam sido evitadas, como a do Papa, ou do Papado, ou Napoleão, ou outros como sendo ele. E quando ele surgir, seus esforços militares serão gastos, principalmente, sobre o Egito e o sul, leste, e a Palestina.

– Arthur W. Pink (1886-1952), um evangelista inglês e estudioso da Bíblia, também conhecido por seu trabalho “The Antichrist”, do mesmo modo identificou o Anticristo como vindo da região do Oriente Médio do antigo Império Assírio:
“Temos visto que as Escrituras, que nos ajudam a determinar a direção de onde ele vai surgir, falam dele sob o título de “o Pequeno Chifre”. Agora, a primeira coisa que este título significa é que ele é um rei, rei da Assíria . … [Depois] que adquire a coroa da Síria, ele vai rapidamente ampliar seus domínios.” (essa guerra da Síria não é à toa)

isis4
Agora, para ser claro, as várias referências ao Anticristo como “o assírio” NÃO SÃO DENOTAÇÕES ÉTNICAS! Em vez disso, É APONTADO PARA A REGIÃO A PARTIR DA QUAL ELE PROVAVELMENTE SURGIRÁ. Da mesma forma que, por exemplo, o profeta Joel fala da destruição DA FILÍSTIA no Dia do Senhor (Joel 3, 4), ele não estava falando do JULGAMENTO DOS FILISTEUS ÉTNICOS QUANDO JESUS VOLTAR, MAS DOS INIMIGOS DO SEU POVO QUE OCUPAM A REGIÃO DOS ANTIGOS FILISTEUS. Assim também é que as referências bíblicas apontam para a Assíria como a região a partir da qual o Anticristo surgirá, MAS NÃO INDICA QUE ELE VAI SER ETNICAMENTE UM ASSÍRIO.
Hoje, a maioria do povo assírio SÃO CRISTÃOS CALDEUS. A maior parte dos que continuaram a viver na região da Assíria antiga já foram obrigados a fugir do ataque do ISIS.

Todos esses homens de Deus previram o Anticristo e seu império como decorrente de uma mesma região onde temos já testemunhado o restabelecimento de um califado islâmico. Todos esses homens analisaram as palavras dos profetas hebreus e chegaram a conclusões semelhantes. Eles previram de forma notável o que agora se desenrola diante dos nossos olhos.

Enquanto os muçulmanos radicais continuam a assassinar, seqüestrar, estuprar, decapitar, crucificar e massacrar em seu caminho todo o Oriente Médio, chegou o momento da Igreja acordar e estudar diligentemente as Escrituras, para discernir se todos esses eventos de fato nos fornecem um genuíno prenúncio da vinda do Anticristo, e em breve da vinda de Jesus.
‘Felizes os servos cujo senhor os encontrar vigiando, quando voltar.’ Lucas 12:37.”

Tradução: Alfa Bravo Hidequel

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s