Uma vida com propósitos: Dia 4

Dia 4 – CRIADO PARA SER ETERNO

✍ Deus tem […] plantado a eternidade no coração humano. {Eclesiastes 3.11; nlt}

✍”Deus certamente não teria criado um ser como o homem para existir somente por um dia! Não, não… o homem foi feito para a imortalidade”. Abraham Lincoln

ser eterno

Esta vida não é tudo o que há.

A vida é apenas um ensaio geral, antes da verdadeira produção. Você passará muito mais tempo do outro lado da morte — na eter­nidade — do que aqui. A terra é um lugar de preparação, a pré-escola, o vestibular para sua vida na eternidade. É o treinamento coletivo que ocorre antes do jogo; a volta de aquecimento antes do início da corrida. Esta vida é uma preparação para a próxima.

Você viverá no máximo cem anos sobre a terra, mas para sempre na eternidade. O seu tempo na terra é, como disse Thomas Browne, “apenas um parêntese na eternidade”. Você foi feito para ser eterno.

A Bíblia diz que Deus tem […] plantado a eternidade no coração humano. {Ec 3:11, NLT) Você tem o impulso inato de ansiar pela imortalidade. Isso ocorre porque Deus o projetou à sua imagem, para viver eter­namente. Embora saibamos que com o tempo todos morreremos, a morte sempre parece anormal e injusta. A razão pela qual sentimos que deveríamos viver para sempre é que Deus condicionou nossa mente com esse desejo!

Um dia, o nosso coração parará de bater. Então será o fim de seu corpo e de seu tempo na terra; mas não será o fim. Seu corpo terre­no é apenas uma residência temporária de seu espírito. A Bíblia chama o nosso corpo terreno de “temporária habitação”, mas se refere ao nosso futuro corpo como uma “casa”. A Bíblia diz: De fato, nós sabemos que, quando for destruída esta barraca em que vivemos, que é o nosso corpo aqui na terra, Deus nos dará, para morarmos nela, uma casa no céu. Essa casa não foi feita por mãos humanas; foi Deus quem a fez, e ela durará para sempre.{2 Cor 5:1, NTLH}

Se a vida na terra oferece muitas opções, a eternidade nos ofere­ce apenas duas: céu ou inferno. Seu relacionamento com Deus na terra, determinará seu relacionamento com Deus na eternidade. Se aprender a amar Jesus, o Filho de Deus, e confiar nele, você será convidado a passar o resto da eternidade com ele. Entretanto, se desprezar o amor, o perdão e a salva­ção que ele oferece, você passará a eter­nidade separado de Deus.

C. S. Lewis disse: “Existem dois ti­pos de pessoas: as que dizem a Deus ‘Seja feita a sua vontade’ e aqueles a quem Deus diz: ‘Seja feita a sua vontade’ “. Tragicamente, muitas pessoas terão de suportar a eternidade sem Deus, pois escolheram viver sem ele aqui na terra.

Quando você compreender plenamente que há mais na vida que apenas o aqui-e-agora e perceber que a vida é apenas uma preparação para a eternidade, você começará a viver de forma diferente. Você começará a viver à luz da eternidade, e isso lhe dará nova perspectiva de como lidar com cada relacionamento, tarefa ou circunstancia. Subitamente, muitas atividades, metas e até mesmo problemas que pareciam importantes se mostrarão banais, insignificantes e indignos de sua atenção. Quanto mais próximo você viver de Deus, menor todo o resto parecerá.

Quando você vive à luz da eternidade, seus valores mudam. Você utiliza mais sabiamente seu dinheiro e seu tempo. Você passa a dar maior valor a sua personalidade e a seus relacionamentos, em vez de valorizar fama, riqueza, realizações ou mesmo prazeres. Suas priori­dades são reorganizadas. Manter-se em dia com as tendências, modas e valores populares já não é tão importante. Paulo disse: “Antigamen­te eu pensava que todas essas coisas eram muito importantes, mas agora eu as considero sem valor algum por causa do que Cristo fez.” {Filipenses 3:7, NLT}

Se todo o seu tempo sobre a terra fosse todo voltado para sua vida, eu sugeriria que começasse a vivê-la imediatamente. Você poderia deixar de ser bom ou ético e não teria de se preocupar com as conseqüências de suas ações. Você poderia dedicar-se a si próprio de modo totalmen­te egocêntrico, porque suas ações não teriam conseqüências de longo prazo. Mas — e isso faz toda a diferença — a morte não é o fim para você! A morte não é o fim, mas a transição para a eternidade. Por isso, existem conseqüências eternas para tudo aquilo que você faz na terra. Cada ato de nossa vida toca um acorde que soará na eternidade.

O aspecto mais prejudicial da vida contemporânea é o raciocínio em curto prazo. Para tirar o máximo da vida, você deve manter sem­pre em sua mente a visão da eternidade e em seu coração, o valor que ela representa. Há muito mais na vida que apenas o aqui-e-agora! O que vemos hoje é apenas a ponta do iceberg. A eternidade é todo o resto que você não vê sob a superfície.

Como será a eternidade com Deus? Com toda a franqueza, nosso cérebro não é capaz de compreender a maravilha e a grandeza do céu Seria como tentar descrever a Internet para uma formiga. É inútil. Não foram inventadas palavras que pudessem transmitir a experiência da eternidade. A Bíblia diz: Este é o significado das Escrituras que dizem que nenhum mero homem jamais viu, ouviu, nem mesmo imaginou, que coisas maravilhosas Deus preparou para aqueles que amam ao Senhor. {1 Cor 2:9, BV}

Entretanto, Deus nos dá vislumbres da eternidade em sua Pala­vra. Nós sabemos que, neste exato momento, Deus está preparando um lar eterno para nós. No céu, seremos reunidos com os crentes amados, libertos de toda dor e sofrimento, recompensados por nos­sa fidelidade na terra e designados para um trabalho que apreciare­mos realizar. Nós não ficaremos recostados nas nuvens, com auréolas e tocando harpa! Desfrutaremos da contínua companhia de Deus, e ele se deleitará conosco para todo o sempre. Um dia Jesus dirá: Venham, bendi­tos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que lhes foi preparado desde a criação do mundo. {Mateus 25:34, NVI}

C. S. Lewis captou o conceito de eternidade na última página de As crônicas de Nárnia, sua série de histórias infantis publicadas num só volume: “Para nós, este é o fim de todas as histórias […] mas para eles foi apenas o início da história real. Toda a vida que tiveram neste mundo […] foram apenas a capa e a primeira página. Agora, eles ao menos estavam começando o Primeiro Capítulo da Grande História, que ninguém no mundo jamais leu e a qual pros­segue eternamente, cada capítulo melhor que o anterior” { A ultima batalha, em as Cronicas de Narnia}. 

Deus tem um propósito para sua vida na terra, mas ele não termina aqui. O plano envolve muito mais do que as poucas déca­das que você passará neste planeta. É mais do que “a oportunidade de toda uma vida”; Deus lhe oferece uma oportunidade para além de toda uma vida. A Bíblia diz: Mas o que o Senhor planeja dura para sempre, as suas decisões permanecem eternamente.  {Salmos 39:11, NTHL}

O único momento em que as pessoas pensam a respeito da eterni­dade é nos enterros, e mesmo nessas ocasiões são pensamentos freqüentemente sentimentais e superficiais, baseados na ignorância. Você pode sentir que é mórbido pensar a respeito da morte, mas na verdade não é saudável viver negando-a, sem a considerar inevitável. {V. Eclesistes 7:2}

Somente um tolo passaria pela vida despreparado para o que todos sabemos que acabará acontecendo. Você deve pensar mais a respeito da eternidade, e não menos. Assim como os nove meses que você passou no útero de sua mãe não tinham um fim em si, mas eram uma preparação para a vida, também a vida é uma preparação para o que vem a seguir. Se você possui um relacionamento com Deus por meio de Jesus, não é preciso temer a morte. Ela é a porta para a eternidade. Será o último momento de seu tempo na terra, mas não será o fim. Em vez de ser o fim de sua vida, será o seu nascimento na vida eterna. A Bíblia diz: “Porque este mundo não é nossa pátria; nós estamos aguardando a nossa pátria eterna no céu.” {Hebreus 13:14 BV}

Em comparação com a eternidade, nosso tempo na terra não pas­sa de um piscar de olhos, mas as conseqüências durarão para sem­pre. Os atos desta vida definem o destino na próxima. Deveríamos compreender que cada instante que gastamos neste corpo terreno é tempo gasto longe de nosso lar eterno, no céu com Jesus. Há alguns anos, uma frase popular encorajava as pessoas a viver cada dia, como “o pri­meiro dia do resto de sua vida”. Na verdade, seria mais sábio viver cada dia como se fosse o último de sua vida. Matthew Henry disse: “É ne­cessário que o assunto de cada dia seja preparar-se para o nosso último dia”.

eternidade

QUARTO DIA
UMA VIDA COM PROPÓSITOS  

UM TEMA PARA REFLEXÃO: Há muito mais na vida que apenas o aqui-e-agora.

UM VERSÍCULO PARA MEMORIZAR: Este mundo está desa­parecendo juntamente com tudo o que ele deseja. Mas se você fizer a vontade de Deus, viverá para sempre (1João 2.17; NLT).

UMA PERGUNTA PARA MEDITAR: Uma vez que fui feito para ser eterno, qual é hoje a única coisa que eu deveria parar de fazer e a única coisa que eu deveria começar a fazer?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s