Uma vida com propósitos: Dia 8

Dia 8 – PLANEJADO PARA AGRADAR A DEUS

✍ “Tu, Senhor e Deus nosso, és digno de receber a glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas, e por tua vontade elas existem e foram criadas” Apocalipse 4:11

✍ O Senhor está contente com seu povo” Salmos 149:4

Captura de tela 2016-02-17 14.28.32.png

Você foi planejado para agradar a Deus.

No instante em que você nasceu neste mundo, Deus estava lá como testemunha invisível, sorrindo ao assistir seu nascimento. Ele quis que você vivesse, e sua chegada lhe deu enorme prazer.

Dar satisfação a Deus, vivendo para seu prazer, é o primeiro propósito de sua vida. Quando você tiver compreendido plenamente essa verdade, jamais voltará a se sentir insignificante, pois isso prova o valor que você tem. Se você é tão importante para Deus, e ele o considera valioso o suficiente para mantê-lo consigo por toda a eternidade, que maior relevância você poderia alcançar? Você é um filho de Deus e proporciona prazer ao coração dele como nada mais que ele já tenha criado. A Bíblia diz: nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade. Ou seja, Deus te escolheu (predestinou) para Ele, por meio de Cristo segundo a aprovação (beneplácito) de Sua vontade.

Ele o dotou com cinco sentidos e emoções, para que você pudesse experimentá-lo. Ele deseja que você aprecie a vida, não se limitando a apenas suportá-la. O motivo pelo qual você pode sentir prazer é que Deus o fez à sua imagem.

Dar prazer a Deus é que se chama de “ADORAR”

A Bíblia nos diz: Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores. Jo 4:23

Qualquer atitude sua que venha agradar a Deus é um ato de adoração. Mas nesta parte estudaremos os aspectos principais da adoração.

Os antropólogos perceberam que a adoração é um impulso universal, posto por Deus na estrutura de nosso ser — uma necessidade intrínseca (no interior) de nos ligarmos a Deus. Adorar é tão natural quanto comer e respirar. Quando não conseguimos adorar a Deus, sempre achamos um substituto, ainda que no fim sejamos nós mesmos. A razão pela qual Deus nos fez com esse desejo é que ele anseia por adoradores! Jesus disse: São estes os adoradores que o Pai procura.

Você talvez imagine cultos na igreja em que haja cânticos, orações e se escute uma pregação. Ou talvez ainda imagine curas, milagres e experiências arrebatadoras. A adoração pode incluir esses elementos, mas vai muito além dessas manifestações. Adorar é um estilo de vida.

Adoração é muito mais do que música.

Para muitas pessoas, adorar é apenas sinônimo de música. Elas dizem: “Em nossa igreja temos primeiro a adoração e depois o ensinamento”. Esse é um grande mal-entendido. Todos os momentos do culto em uma igreja são um ato de adoração: a oração, a leitura da Bíblia, os cânticos, a declaração de fé, o silêncio, manter-se quieto, ouvir uma pregação, tomar notas, ofertar, assinar um cartão de compromisso e até mesmo saudar outros adoradores.

De modo ainda mais grave, o termo “adoração” é muitas vezes utilizado erroneamente em alusão a um estilo musical específico: “Primeiro cantamos um hino, depois uma canção de louvor e adoração”. Ou: “Gosto das canções de louvor mais rápidas, mas prefiro as canções de adoração mais lentas”. De acordo com essa convenção, se uma canção for rápida, alta ou usar metais, é considerada “louvor”. Mas, se for lenta, tranqüila e intimista, talvez acompanhada por um violão, é “adoração”. Esse é um uso inadequado e bastante comum da palavra “adoração”

Adoração não tem relação com o estilo, volume ou andamento da música. Deus ama todos os tipos de música porque ele inventou todas — rápidas e lentas, altas e suaves, antigas e modernas. É provável que você não goste de todas, mas Deus gosta! Se ela é oferecida a Deus em espírito e em verdade, então é um ato de adoração.

Não existe nada como música “cristã”; existe apenas letra cristã. É a letra que torna uma canção sagrada, e não a melodia. Não existem melodias espirituais. Se eu tocasse para você uma música sem a letra, não haveria como saber se é uma canção “cristã”.

A adoração não é para nosso benefício.

Como pastor, recebo bilhetes dizendo: “Eu amei a adoração de hoje. Foi muito bom para mim”. Esse é outro mal-entendido a respeito da adoração. Ela não é para nosso benefício. Quando adoramos, nosso objetivo é agradar a Deus, não a nós mesmos.

Se você alguma vez já disse “Não aproveitei em nada a adoração (música) de hoje”, você adorou pelos motivos errados. A adoração não é para você, é para Deus. Logicamente, a maioria dos cultos de adoração também tem elementos de comunhão entre os irmãos, edificação e evangelização; e existem benefícios na adoração, mas nós não adoramos para nossa satisfação. Nossa motivação é glorificar e agradar ao nosso Criador.

A adoração não é parte de sua vida; ela é a sua vida.

Não o adore somente nos cultos na igreja, pois nos foi dito: Buscai o SENHOR e o seu poder; buscai perpetuamente a sua presença. Salmos 105:4 – Do nascimento do sol até ao ocaso, louvado seja o nome do SENHOR. Salmos 113:3 – Na Bíblia, as pessoas louvavam a Deus no trabalho, em casa, na batalha, na prisão e até mesmo na cama! Louvar deveria ser sua primeira atividade, assim que abrisse os olhos pela manhã, e sua última atividade, ao fechá-los à noite.

Cada atividade pode ser transformada em ato de adoração, quando você a faz para louvar, glorificar e agradar a Deus. A Bíblia diz: Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus. 1Co 10:31

Como é possível fazer tudo para a glória de Deus?

Ao fazer tudo como se estivesse fazendo para Jesus e mantendo uma conversa contínua com ele durante sua atividade. A Bíblia diz: Tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como para o Senhor e não para homens, Colossenses 3:23. Este é o segredo de um estilo de vida em adoração — fazer todas as coisas como se fosse para Jesus.

Captura de tela 2016-02-17 14.34.32

OITAVO DIA
PENSANDO SOBRE MEU PROPÓSITO  DE VIDA

UM TEMA PARA REFLEXÃO: Fui planejado ara agradar a Deus.

UM VERSÍCULO PARA MEMORIZAR: “O Senhor está contente com seu povo” Salmos 149:4

UMA PERGUNTA PARA MEDITAR: Que tarefa simples eu poderia começar a fazer como se fosse diretamente para Jesus?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s