MALDIÇÃO HEREDITÁRIA – PARTE 2

Qual-a-libertação-de-Cristo-para-você-e-sua-vida

O Brasil na década de 90 foi invadida por uma onda de livros com os temas de batalhas espirituais, que colocava o diabo em igualdade com Deus; comparando assim o mal com o bem como tendo o mesmo poder, o que faz com que as pessoas esqueçam que somente Deus é Onipotente e que satanás e seus anjos como qualquer outra criatura que Deus criou são limitados e agem de acordo com a permissão de Deus. Mas o que na verdade quero dizer foi que com a explosão desses temas voltados à batalha espiritual, também veio uma enxurrada de doutrinas loucas envolvendo o mundo espiritual e um deles é esse tópico de maldição hereditária que se alastrou no meio das igrejas (principalmente nas pentecostais e neo-pentecostais). Mas se formos ver a luz das escrituras, em toda a narrativa nunca houve nenhum caso em que os filhos herdaram maldições espirituais por causa do erro dos pais, o que a bíblia relata é as consequências do pecado de alguns, como no caso de Davi por causa do pecado do adultério e assassinato que ocasionou um grande desastre na família de Davi; mas não por causa de um espírito e sim por causa do coração dos próprios filhos de Davi. Porque se fosse seguir o padrão de “maldição hereditária” não haveria diferença entre Absalão, Amnon e Salomão por exemplo.

E se vocês estudarem a bíblia verão que Deus traz a benção ou a “maldição” aos descendentes de Davi não por causa de “espíritos malígnos” mas por causa da obediência ou desobediência às ordenanças de Deus, e um claro exemplo foi Salomão; porque enquanto ele se manteve fiel e obediente a Deus, ele foi abençoado segundo a promessa que Deus fez a ele (1 Reis 3:5-14), atentem especialmente para o versículo 14; depois Deus aparece a Salomão mais uma vez em 1 Reis 6:11-13 para confirmar Sua promessa e novamente alerta que “se andasse nos caminhos dEle” Deus também seria com Ele e assim Deus cumpriu a Sua promessa enquanto Salomão foi reto diante dEle. Porém quando Salomão decide abandonar a Deus e desprezar Seus mandamentos em 1 Reis 11; Deus retira o reino de suas mãos e dá 10 tribos a Jeroboão, mas manteve a promessa feita a Davi dando-lhe uma tribo à seus descendentes. Para resumir vemos que os descendentes de Davi, quando portavam-se de maneira ímpia diante de Deus, Deus trazia terríveis consequências ao reino desses e quando portavam-se de modo justo e obediente Deus abençoava e prosperava o reino deste outro. Portanto, categoricamente não existe essa questão de maldição hereditária pegar no filho ou vice-versa; o que acontece é o filho andar nos maus caminhos ou nos bons caminhos do pai e vice-versa e dessa forma sofrerem as consequências pelos seus atos quer seja a bondade de Deus, quer seja os juízos de Deus, basta somente ler Ezequiel 18 para não cair no mesmo engano de Israel, quando o próprio Israel caía no mesmo engano veio a palavra de Adonai pela boca do profeta: “Que pensais, vós, os que usais esta parábola sobre a terra de Israel, dizendo: Os pais comeram uvas verdes, e os dentes dos filhos se embotaram? Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que ‪‎nunca‬ mais direis esta parábola em Israel. Eis que todas as almas são minhas; como o é a alma do pai, assim também a alma do filho é minha: a ‪‎alma‬ que ‪‎pecar‬, essa ‪‎morrerá‬.” Ezequiel 18:2-4; e daí segue a explicação de Deus no restante do capítulo (sugiro que leiam).

O máximo que pode acontecer são os filhos serem influenciados pela cultura e forma de criação que os pais lhes dão, assim como as pessoas podem ser influenciadas por amigos a andarem em caminhos que não são bons, tendo assim um desvio de conduta. Não por causa de influência espiritual, mas porque a pessoa já tem um mau coração e um caráter distorcido. Porque o justo permanece justo no meio de uma geração inteira corrompida, como vemos o caso de Noé, Daniel, Jó e Ló (2 Pedro 2 e Ezequiel 14) e o ímpio até na terra da retidão permanece ímpio, sem se voltar para Deus (Isaías 26:10).

Portanto o pecado de cada um é gerado conforme a sua própria concupiscência e não segundo maldição espiritual herdada por algum antepassado (Tiago 1:12-16). O beberrão não é beberrão por causa de influência maligna, assim como o que se prostitui, e sim por causa da sua própria natureza e por causa da própria concupiscência que ele (a) alimenta; porque todas essas coisas são obras da própria carne (Gálatas 5:19-21). Então o máximo que pode ser afirmado é que satanás e os seus anjos, vai te tentar exatamente naquilo que o seu coração se inclinar; e por isso Paulo vai nos ensinar a não ignorar os seus ardis (2 Coríntios 2:9-11); não porque satanás ou seus anjos vão ter domínio sobre gerações, mas por ele estudar as nossas fraquezas, ele poderá nos tentar em cima dela; assim como ele tentou a Cristo após ter estudado e visto que Yeshua estava com fome após 40 dias sem comer nada, como também satanás sabendo que Yeshua iria iniciar Seu ministério, ele tentou o Filho de Deus buscando desvirtuá-lo no ego, e as outras 2 tentações foi em cima do poder e do governo que o Pai havia conferido às mãos de Cristo (Mateus 4:1-11). Ou seja, resumindo, o diabo não tem poder nenhum sobre aqueles que um dia resolveram se tornar filhos de Deus, mesmo se os antepassados daquela pessoa foi a mais terrível pessoa, ou se o antepassado daquela pessoa se envolveu com as mais terríveis práticas ocultas, seja feitiçaria ou outra qualquer. O máximo que satanás pode fazer com os filhos de Deus (leia João 1:12) é tenta-los nas suas fraquezas; e para isso temos que orar ao Pai para nos livrar dessas tentações (Lucas 11:4).

Precisamos estudar mais as sagradas escrituras para não cair em erros como esse de afirmar sobre “maldição hereditária” ou coisas semelhantes, porque senão estaremos indo contra as palavras de Deus e perigosamente poderemos estar acrescentando coisas naquilo que Deus falou através da Sua santa palavra (Apocalipse 22:18). E isso é muito sério, porque se fossemos seguir esse princípio de maldição hereditária, Cristo também carregaria maldição pelos pecados de prostituição de Raabe, pela fornicação de Judá com Tamar, pelo adultério de Davi com Bate-Seba, e também o assassinato de Urias que Davi cometeu, pela idolatria de Roboão, etc. E todos esses citados fazem parte da genealogia de Jesus (Mateus 1:1-17), ou seja, eram seus antepassados. Se fossemos seguir essa lógica teríamos que colocar Jesus Cristo como tendo tendências a ser um gigolô, um fornicador, um adúltero, um assassino e um idólatra ou algo semelhante; e longe disso tudo Jesus Cristo foi justo e perfeito diante de Deus desde a sua meninice. Portanto tomem muito cuidado ao abraçarem essa doutrina da maldição hereditária, porque ela vai contra as doutrinas bíblicas. E para finalizar, podemos citar a seguinte passagem bíblica: “De que se queixa, pois, o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus pecados. Esquadrinhemos os nossos caminhos, e provemo-los…” Lamentações 3:39-40.

Portanto o filho não pode se queixar e nem interceder pelos pecados do pais nem os pais dos pecados dos filhos; e isso está bem explícito no capítulo 18 de Ezequiel e também em Apocalipse 22:12. Portanto, cada um recebe das mãos de Deus segundo os seus caminhos; os ímpios pela própria impiedade e os justos pelas próprias justiça. O que passar disso é entrar no evangelho bruxificado e cartomantizado atual que muitas das igrejas decidiram abraçar, preferindo dar mais créditos aos livros de Nelza Itioka e companhia, do que dar crédito a verdadeira palavra de Deus – a Bíblia Sagrada.

Portanto, queremos que se atentem que aqueles que estão na iniquidade e no pecado já estão sob a maldição que a Lei traz sobre os que estão debaixo do pecado, como nos é explicado em Romanos 3: “Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz, para que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus. Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei ‪‎vem‬ o ‪‎conhecimento‬ do pecado.” Romanos 3:19-20 e também em Gálatas 3: “Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo‬ ‪‎da‬ ‪‎maldição‬; porque está escrito: ‪‎Maldito‬ todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.” Gálatas 3:10. Não nos esqueçamos então que Cristo veio para quebrar qualquer maldição que o PECADO (e não demônios ou anjos caídos) traz para os que não estão em Cristo.

Ao morrer na rude cruz, Jesus (Yeshua) nos livrou de toda e qualquer maldição que possa aparecer, até daquelas que são lançadas por palavras dos filhos das trevas, e para isso não precisa de campanhas de quebra de maldições ou “sextas-feiras fortes”, renúncias de pactos feitos por antepassados ou qualquer outro ato, basta crer e valorizar o sacrifício e o sangue derramado por você. Porque a própria Bíblia nos ensina bem: “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro” Gálatas 3:13 e ainda “E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas, havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz. E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.” Colossenses 2:13-15.

Eu sou livre em Jesus

E para refutar completamente e mostrar que essa doutrina de maldição hereditária é totalmente anti-bíblica, atente para o que nos ensina o apóstolo João: “Filhinhos, ninguém‬ vos ‪‎engane‬. Quem pratica justiça é justo, assim como ele é justo. Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto‬ o Filho de Deus se manifestou: para ‪‎desfazer‬ as obras do diabo.” 1 João 3:7-8

“Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que nunca mais direis esta parábola…” Ezequiel 18:3

Se você é um desses que ainda crê em tal doutrina, ou até prega sobre ela, peço que em nome de Jesus Cristo, o Messias; que você possa reconsiderar essa questão.

Que Deus nos encaminhe no pleno conhecimento do Seu agir, e na plenitude da Sua verdade.

“Portanto, agora nenhuma condenação (ou maldição) há para os que estão em Cristo Jesus, que não‬ andam segundo a carne, mas segundo‬ o Espírito.” Romanos 8:1

Shalom!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s