A Última Trombeta

Jesus está voltando!

Jesus e a cidadania

urna_02

“Tendo eles chegado a Cafarnaum, dirigiram-se a Pedro os que cobravam o imposto das duas dracmas e perguntaram: Não paga o vosso Mestre as duas dracmas?”  (Mt 17:24)

Querido irmão, como cidadão, qual foi o comportamento de Jesus diante desta pergunta? – e qual seria o seu?

Jesus em seu tempo se viu envolvido com a necessidade de exercer sua cidadania, tendo em vista que cidadania é o exercício de direitos e deveres civis e políticos de um cidadão. Ou seja, de alguém habitante de um lugar e participante de seus deveres para com o Estado.

A cidade é administrada com recursos provindos de impostos e contribuições diversas, arrecadadas com o fim de preservação e desenvolvimento local.

Uma sociedade é formada por pessoas de diversas camadas sociais com maturidade cristã e não cristã.

JESUS  E O EXERCÍCIO DA CIDADANIA

Jesus, mesmo como autoridade divina, demonstrou senso político civilmente consciente de sua participação no cenário em que vivia. “Daí a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”(Mt 22:21)  –  Creio que na época de Jesus, sua cidade enfrentava os mesmos problemas que enfrentamos hoje; tais como: deficiência em moradia, falta de segurança, falta de saneamento básico, doenças terminais, criminalidade, alcoolismo, prostituição e analfabetismo, dentre outros.

Vale lembrar que desafios de uma melhor condição de vida, afetam tanto a população crente quanto descrente; talvez seja por este motivo que Jesus reconheceu a validade do imposto cobrado; “dirigiram-se a Pedro os que cobravam o imposto das duas dracmas e perguntaram: Não paga o vosso Mestre as duas dracmas?”  … ainda que Ele mesmo não tivesse obrigação de pagá-lo. (Mt 17:26)

Os cristãos precisam exercer a sua cidadania de modo digno do evangelho. A obra de Deus é marcada pela ordem e pela harmonia que implica também em responsabilidade social. (I Corintios 14:40)

O contexto social político democrático em que vivemos não nos isenta de responsabilidade sobre a necessidade de participação com uma mentalidade cristã; seja na contribuição de impostos ou no voto.

O fato de estarmos voltados à prática da obediência a Deus nos imputa a responsabilidade cívica, com maior consciência que aqueles que não  O conhecem.

Jesus pagou imposto! – e não somente pagou imposto, mas demonstrou claramente que em relação às questões humanas de administração e política no devido exercício de sua autoridade, o cristão deve ter participação consciente, objetiva e decisiva. “Não sabeis que havemos de julgar os próprios anjos? Quanto mais as coisas desta vida!” (I Corintios 6:3)

Ao crente não cabe votar por mera simpatia, troca de favores ou preconceitos. – como cristão deve ser uma  pessoa bem informada e participante, procurando cumprir seu papel, em conformidade com a vontade de Deus, e desde que seu coração deseje agradar a Deus, deve influenciar a sociedade com seus valores, convicções e projetos. – ao votar, o crente institui pessoas que representarão autoridade sobre si.

A bíblia diz que toda autoridade humana é constituída por Deus. “Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas.” (Rm 13:1)

Jesus reconheceu a autoridade de Pilatos como vinda de Deus. -Assim, o voto nos responsabiliza  a uma ação consciente.

Se Jesus estivesse de corpo presente como esteve na época dos evangelhos, há 2000 anos atrás, vivendo este cenário político, consciente de sua obrigação civil, em quem poderíamos pensar que ele votaria? – quais seriam seus critérios, e críticas?  Seu voto seria em  branco ou não?  –

Portanto, devemos participar oportunamente e conscientemente usando o voto não somente como  instrumento de cidadania, mas também de responsabilidade como filhos de Deus no estabelecimento das autoridades que nos representarão na administração terrena dos recursos públicos  e sociais.

Jesus cumpriu seus deveres de cidadão sem abrir mão de seu caráter. Não se vendeu, não mentiu, não se corrompeu. – você também pode fazer o mesmo.

É importante frisar que nenhum candidato é um “Messias” – salvador da pátria! – seja ele crente ou não.

E SENDO CRENTE, é um frágil líder humano, com virtudes e defeitos, e somente fará alguma diferença se puder contar com o respaldo de uma comunidade participativa, … além do mais, é um irmão na fé! – neste contexto, vale as palavras de Paulo: – “Por isso, enquanto tivermos oportunidade, façamos o bem a todos, mas principalmente  aos  da  família da fé.” (Gál. 6:10)

COMO PROCEDER COM RELAÇÃO À CIDADANIA CRISTÃ?

* Não comprometa votos de sua família em troca de benefícios. Você poderá  se arrepender depois!

* Se prometeu votar em alguém, cumpra!  Mesmo que ele não seja cristão. Não minta para seus candidatos. A mentira não combina com o cristão e desqualifica o crente diante de Deus.

* Não faça campanhas em troca de benefícios materiais, mas sim por causa do caráter  do candidato.

* Procure conhecer cada candidato antes de criticá-lo ou apóia-lo. Se tiver algo negativo contra ele, fale pessoalmente com sua pessoa, nunca na ausência. Se não o conhece, não fale nada sobre ele; e se falar, fale somente o BEM, nunca  fale MAL.

* Procure INDICADORES na vida do candidato. Não vote em promessas. Candidatos que prometem muito, fazem pouco! Procure conhecer os feitos passados do candidato. Eles são os melhores indicadores do que farão se forem eleitos.

* Priorize candidatos Cristãos, a principio quem tem a mente de Cristo, vota em quem tem a mente de Cristo, “e … nós temos a mente de Cristo!” (I Cor. 2:16),

 * Acima de tudo, com oração e discernimento, como cidadãos cristãos, poderemos melhorar  a pátria terrena de modo digno do evangelho.  – Jesus então, respondeu a Pedro: “Para que não os escandalizemos, vai… toma o estáter e paga-lhes por mim e por ti.” (Mt 17:27)

De igual modo, para que não  escandalizemos, exerça sua cidadania  de modo digno do evangelho. Vote com consciência genuinamente cristã.

No amor de Cristo Jesus nosso Senhor.

Fonte: Familia Positiva

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 24 de setembro de 2016 por em Seguindo Jesus e marcado , , , , , , , .

Postagens no Instagram

😍"Bem aventurados os que choram, porque serão consolados" (Mateus 5:4).
.
Deus tem prazer em consolar os que choram. Ele não se alegra em ver os Seus filhos sofrerem, mas sabe que muitas vezes a dor é necessária para que busquem a Sua presença e conheçam o verdadeiro consolo.

Se quisermos começar a desfrutar da vida que Deus tem para nós, Jesus disse que devemos morrer para nós mesmos (Mateus 16:24,25). Ou seja, precisamos abandonar o pecado, o orgulho, nossas vontades egoístas e deixarmos que Ele controle a nossa vida. Não é fácil, mas quando fazemos isso, algo maravilhoso acontece!

Eu me lembro do dia em que entreguei meu coração a Cristo. Eu estava vivendo uma fase muito difícil na minha vida. O vazio no coração era muito grande e eu não tinha expectativa nenhuma para o meu futuro. Até que fui convidado por um grupo de amigos a ir a uma vigília de oração de uma igreja evangélica, e a partir dali, minha vida nunca mais foi a mesma.
.
Tudo aconteceu no início do ano de 2002. Eu estava aprendendo sobre a Bíblia, mas eu ainda não estava arrependido dos meus pecados. Até que, naquela vigília, eu ouvi uma pregação sobre Jesus e meu coração foi tocado. Percebi que a minha capacidade, minha "bondade" e justiça própria não serviam de nada para Deus, pois o meu pecado me condenava (Isaías 59:1,2) e eu precisava de um Salvador.
.
Foi então que chorei muito e me senti completamente incapaz de salvar a mim mesmo. Clamei a Jesus Cristo por socorro e no mesmo instante, Ele veio até mim através do Espírito Santo e transformou meu choro em uma grande alegria! Senti uma paz como eu nunca havia experimentado em toda a minha vida. Hoje, o meu único desejo é que as pessoas conheçam esse Deus maravilhoso que enviou Seu Filho Jesus para morrer por seus pecados e lhe dar a salvação.
.
Jesus disse que, bem-aventurados são aqueles que choram por reconhecer que não merecem nenhum favor do Céu. Então eles serão consolados com a presença maravilhosa de Deus. Faça isso hoje e sua vida nunca mais será a mesma!

Texto: Pr. Antônio Junior 
#Deus 
#DeusTudoPodeFazer 
#Medite_Na_Palavra 
Indico👉@DescanseNoSenhor - #regrann  @deustudopodefazer Qua do olhamos para o semelhante temos que ver com os olhos do Senhor. Um ser feito à sua imagem. Por isso amar ao próximo(com comportamento, ações)  é honrar a Deus, é cumprir o mandamento, é dar ao próprio Deus. Ele veio se doar por nós, para que sigamos seu exemplo. Mesmo fracos - somos fortes. Paradoxo inexplicável. -  O Pecado afeta sua Visão. Cuidado!
•
Assim que ele faz, nos deixa cego, nos impede de ver a Placa de Aviso, nos impede de ouvir Deus falando, "Não Vá", "É Perigoso", "Não faça isso ou aquilo",..
•
Não se deixe enganar, o pecado tem grande influência em nossa vida, ele vem de uma forma o qual achamos lindo, o qual achamos atrativo, o qual achamos prazeroso,..
•
O inimigo chegar sem avisar, coloca coisas em nossos corações, em nossa frente para nos atrair, e muita das vezes falamos até que "É DE DEUS", porém de Deus não tem nada, isso é o que o diabo faz para nos tirar da presença do Senhor.
•
Se tratando de "RELACIONAMENTOS", penso eu que se o mesmo te afasta de Deus, mermão, CORRE, FUJA, SAIA CORRENDO SEM OLHAR PARA TRÁS, pois a Palavra de Deus nos adverte no livro de HEBREUS 12:1 que o Pecado está sempre à nos rodeando.
•
Precisamos estar sempre buscando mais de Deus para assim vencermos o Pecado.
•
Pense Nisso. Deus te Abençoe!

@Regrann from @versiculosemdestaque
•
#EuSouADIM #Frases #JesusCristo #VersiculosEmDestaque #Team #Jesus #Bíblia #Bible #Fé #Faith #followme #instagood #holySpirit #faith #holy #Salvação #Mercy #Grace #Boanoite #Jesus #God #Deus #JesusFreak #Evangelho #bible #JesusChrist #DeusnoControle  #Igscomproposito #bomdia #JuntosPeloReino

Visitantes

Map

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 82.629 outros seguidores

Follow A Última Trombeta on WordPress.com

Estatísticas do blog

  • 2,100,899 cliques

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: