A Última Trombeta

Jesus está voltando!

O que fazer em condições extremas?

Geralmente, quando nos lembramos de Daniel, pensamos em um rapaz muito jovem que foi levado ao cativeiro na Babilônia ao lado de alguns de seus amigos (Daniel 1.17). Porém o Livro de Daniel abrange aproximadamente setenta anos da vida desse grande servo de Deus. Conforme os melhores estudiosos, ele tinha 76 anos de idade durante os acontecimentos que são relatados no capítulo 4, 86 anos no capítulo 5 e mais ou menos 93 anos no capítulo 6.


No decorrer de toda a sua vida, Daniel sempre foi um homem íntegro e de grande fé. Seja interpretando o sonho do rei (4.19-27), lendo e explicando as palavras que apareceram escritas na parede durante um banquete (5.1-31) ou evidenciando surpreendente coragem na experiência sobrenatural na cova dos leões (6.1-28), Daniel sempre teve absoluta certeza de que Deus não o abandonaria e retribuía essa fidelidade sendo também fiel ao Senhor.

Não há testemunho mais poderoso na face da Terra do que a demonstração de fé e de confiança em Deus de um cristão em crise. Na Babilônia em que Daniel viveu, dois reis, Nabucodonosor e Dario, quando confrontados, logo aprenderam como seus deuses pagãos eram frágeis e fracos comparados ao Deus do profeta.

Você gostaria de honrar e glorificar o Senhor como Daniel fez? Uma das formas de fazê-lo é reagindo como o profeta diante de uma situação extrema, de crise ou conflito ou em uma circunstância em que você foi tratado injustamente ou acusado falsamente. Se desejamos que Deus seja louvado quando enfrentamos uma dificuldade, precisamos depender da graça e da ajuda do próprio Senhor para recebermos sabedoria para reagirmos corretamente.
Lembre-se, também, que a sua reação diante das situações difíceis está sendo observada pelos seus filhos, por seu cônjuge e parentes. Qual é o legado que você sonha em deixar para eles?

Ref. Bíblica: Daniel 1—12

Fonte: Glow por Jaime Kemp

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 10 de julho de 2017 por em Vida Cristã e marcado , , , , .

Postagens no Instagram

#MudeoBrasilpelaBiblia Oremos pelo México Pouco depois de decolar do aeroporto de John Wayne, no condado de Orange, na Califórnia, o piloto Frank Pisano ouviu um som diferente no motor direito do avião.

Depois de um vôo que durou apenas quatro minutos, a aeronave foi incendiada quando retornou para a pista. No entanto, o piloto e a passageira que estava ao seu lado, sua esposa, Janan, foram salvos por um milagre de Deus.

O casal decolou no dia 30 de junho para passar três dias em Scottsdale, no Arizona. Como um piloto experiente, Frank percebeu que conseguia retornar ao aeroporto depois de perder o motor direito e nivelou o avião. “Eu fui bem treinado, mas Deus obviamente ajudou”, afirmou.

Frank estava prestes a realizar um pouso de emergência numa estrada, que poderia ser fatal. Janan, sentindo-se indefesa, fechou os olhos e começou a orar: “Deus está conosco, Deus está conosco”, disse ela, repetidamente.

De repente, Frank percebeu que estava descendo muito rápido. Assim que pousou, o avião caiu “como um balão de chumbo”. “Havia postes de luz na rodovia que se eu acertasse, teriam explodido. Eu estaria morto. Esse é mais um dos milagres”, disse ele.

O avião atingiu a frente de uma caminhonete que deu impulso para que a asa atingisse a barreira. “Se não tivéssemos atingido esse veículo, teríamos entrado na barreira inicial e estaríamos mortos. Foi o terceiro milagre”, lembrou Frank.

Depois da queda, o avião foi tomado pelas chamas. Por causa do impacto, Frank teve seis vértebras quebradas e Janan teve cinco vértebras afetadas. Ambos ficaram inconscientes, mas logo acordaram e conseguiram ser retirados da aeronave antes de uma explosão.

Uma das pessoas que ajudou a socorrer o casal durante o acidente foi um barman chamado Federico, que se abaixou para ajudar Janan e disse: “Deus está com você, Deus está com você”, repetindo a mesma oração feita por ela antes da queda.

Recuperação

Frank e Janan foram levados ao hospital e entraram em coma induzido, devido a dificuldade na respiração. “Me disseram que enquanto eu estava inconsciente, as pessoas iam até o meu quarto e oravam. Nunca descobri quem elas eram”, lembra o piloto.
[Continuação do texto no comentário | Via: Guiame

Visitantes

Map

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 86.365 outros seguidores

Follow A Última Trombeta on WordPress.com

Estatísticas do blog

  • 2,353,154 cliques

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: