A Última Trombeta

Jesus está voltando!

Contentamento – A maior aceitação

O contentamento é a maior aceitação de você mesmo, seu ambiente, seu passado e seu futuro. Para um cristão, encontrar o contentamento deve ser algo sem esforço. Jesus pagou o preço pelos nossos pecados e deu um futuro seguro da eternidade em sua presença, sem dor e sofrimento:

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie. – Efésios 2:8-9

E Deus limpará de seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor, porque já as primeiras coisas são passadas. – Apocalipse 21:4

O sofrimento de hoje deve ser visto à luz de uma eternidade que será passada com o Salvador:

Quem vencer herdará todas as coisas, e eu serei seu Deus, e ele será meu filho. – Apocalipse 21:7

Deus providenciou um caminho para que você fosse resgatado de uma eternidade no inferno, portanto, ele é suficiente para suprir suas necessidades nesse mundo:

Posso todas as coisas naquele que me fortalece. O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus. – Felipenses 4:13,19

Entretanto, alcançar esse estado abençoado de contentamento não é uma tarefa fácil. Encontrar a satisfação quando se tem necessidades reais não atendidas, não se preocupar quando há sérios problemas, ser paciente e deixar Deus trabalhar quando a pressão está abundante – tudo isso parece um sonho impossível. A felicidade, apesar dos sofrimentos causados pelo passado, em meio a tragédias do presente, baseia-se nas promessas fiéis para o futuro – não é meramente uma busca humana, mas exige recursos espirituais encontrados apenas no Espírito Santo que habita nos corações.

Deus decidiu não dar a você o contentamento como um dom. Ele escolheu, entretanto, ensiná-lo a contentar-se com a soberania dele em sua vida. O contentamento é aprendido:

Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. – Felipenses 4:11

Contentamento-960x500

Quando você acredita que os dons de Deus são suficientes e que suas tarefas são apropriadas, pode aceitar o caminho que vê, os meios que lhe foram dados, a família com a qual está vivendo, as lutas pelas quais tem passado, o trabalho que tem. Ficamos completos e realizados em tudo:

Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus. O qual nos fez também capazes de ser ministros dum Novo Testamento, {ou Concerto} não da letra, mas do Espírito; porque a letra mata, e o Espírito vivifica. – 2 Coríntios 3:5-6

E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. – 2 Coríntios 12:9

Por outro lado, a aceitação nao significa estagnação. O descontentamento com certas áreas da sua vida que podem ser mudadas, de acordo com as orientações divinas, pode ajudar você a ver que algo está faltando. Nesses momentos, não se deve agir como os portadores da “síndrome de Canaã”, que não paravam de reclamar. Lembre-se de que não foi permitido que o povo de Deus entrasse na Terra Prometida por causa da murmuração (Josué 5:6). Em vez disso, leve o descontentamento ao Senhor e veja o que ele o desafiará a fazer. Ao mesmo tempo é necessário querer estar “contente”, pois você trabalha enquanto caminha na direção de objetivos superiores. Esse é o equilíbrio entre “eu aprendi a viver contente” e “tudo posso naquele que me fortalece” (Felipenses 4:11,13).

É preciso acreditar que Deus tem dado tudo o que você precisa para esse momento. É bom estar contente consigo mesmo, com sua familia, seu ambiente, seu trabalho e seu passado. Depender inteiramente do Senhor nos deixa contentes enquanto buscamos os planos dele para a nossa vida.

Shalom!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Postagens no Instagram

O nosso Bom Pastor Jesus 😖 A Impiedade dos Últimos Dias: o perfil do 'falso crente' (2 Tim 3:1-5) ➫ 04 SOBERBOS (ARROGANTES, ATREVIDOS) ✔ O soberbo e presumido, zombador é o seu nome, trata com indignação e soberba. Provérbios 21:24 ✔ Aquele que murmura do seu próximo às escondidas, eu o destruirei; aquele que tem olhar altivo e coração soberbo, não suportarei. Salmos 101:5 ✔ Porque o dia do Senhor dos Exércitos será contra todo o soberbo e altivo, e contra todo o que se exalta, para que seja abatido; Isaías 2:12 ✔ Porque convém que o bispo seja irrepreensível, como despenseiro da casa de Deus, não soberbo, nem iracundo, nem dado ao vinho, nem espancador, nem cobiçoso de torpe ganância;
Tito 1:7 ✔ Mas principalmente aqueles que segundo a carne andam em concupiscências de imundícia, e desprezam as autoridades; atrevidos, obstinados, não receando blasfemar das dignidades; 2 Pedro 2:10 ✔ O Senhor cortará todos os lábios lisonjeiros e a língua que fala soberbamente. Salmos 12:3 ;) Conhece algum verso bíblico sobre essa característica? Deixe nos comentários! ⇢ A Última Trombeta 😖 A Impiedade dos Últimos Dias: o perfil do 'falso crente' (2 Tim 3:1-5) ➫ 03 PRESUNÇOSOS (PRETENSIOSOS, ALTIVOS) ✔ Os olhos altivos, o coração orgulhoso e a lavoura dos ímpios é pecado. Provérbios 21:4 ✔ A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda. Provérbios 16:18 ✔ Melhor é o fim das coisas do que o princípio delas; melhor é o paciente de espírito do que o altivo de espírito. Eclesiastes 7:8 ✔ Não sejamos presunçosos, provocando uns aos outros e tendo inveja uns dos outros. Gálatas 5:26 ✔ Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo.Não temos a pretensão de nos igualar ou de nos comparar com alguns que se recomendam a si mesmos. Quando eles se medem e se comparam consigo mesmos, agem sem entendimento. 2 Coríntios 10:5,12 ;) Conhece algum verso bíblico sobre essa característica? Deixe nos comentários! ⇢ A Última Trombeta

Visitantes

Map

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 96.779 outros seguidores

Follow A Última Trombeta on WordPress.com

Estatísticas do blog

  • 2,589,312 cliques

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: