A Última Trombeta

Jesus está voltando!

O QUE PASSARÁ COM O PROCESSO DE PAZ NO ORIENTE MÉDIO?

ANÁLISE: DE ACORDO COM A BÍBLIA, O QUE PASSARÁ COM O PROCESSO DE PAZ NO ORIENTE MÉDIO?

A palavra profética é clara e precisa. O processo de paz no Oriente Médio é apenas um prelúdio daquilo que está por vir. O anticristo é aquele que salvará o processo de paz, negociando, e firmando um ACORDO DE PAZ E SEGURANÇA com os líderes de Israel (Dn 9.27).

Atualmente todos os acontecimentos que estamos nos deparando diante dos nossos olhos, estão indo exatamente nessa direção. Entretanto, antes disso, uma guerra devastadora será desencadeada no Oriente Médio, exatamente por causa dos termos do processo de paz. Agora com a decisão do Presidente Donald Trump de apoiar Israel completamente, os palestinos e árabes estão furiosos, e planejam uma onda de violência sem precedentes contra Israel, muito maior que a “Marcha do Retorno”.

O Salmo 83 descreve um conflito gigantesco envolvendo Israel, e os países vizinhos. De acordo com o salmista Asafe, por causa da cidade de Jerusalém, os países vizinhos virão de encontro ao Estado Judeu, e serão derrotados pelas Forças de Defesas de Israel. Com a surpreendente vitória de Israel, que ampliará seu território, e eliminarão todos os grupos terroristas, e exércitos que ameaçavam suas fronteiras, os lideres de Israel entrarão num acordo de paz com o anticristo.

Salmo – Capítulo 83

“Ó YHWH, não emudeças; não fiques como quem não pode falar nem te detenhas, ó Adonai! Eis que teus inimigos se alvoroçam; vê como empinam a cabeça em sinal de desafio!

De maneira astuta armam ciladas contra o teu povo; tramam maldades contra os teus protegidos. Conjeturam: “Vinde, exterminemo-los da face da terra; a fim de que não haja mais qualquer lembrança do nome de Israel!”

Eles deliberam de comum acordo, é contra ti que estabelecem conchavos: as tendas de Edom e os ismaelitas, Moabe e os Hagarenos, Gebal, Amom e Amaleque, a Filístia, com os habitantes de Tiro. Até a Assíria juntou-se a eles, e emprestou sua força aos descendentes de Ló.

Age sobre eles como agiste contra Midiã, como fizeste a Sísera, como trataste a Jabim, no rio Quisom; os quais pereceram em En-Dor e viraram esterco para serem consumidos pela terra. Faze com seus nobres o que fizeste com Orebe e Zeebe, e com todos os seus príncipes, o que fizeste com Zeba e Zalmuna, que aventaram: “Apoderemo-nos das habitações de Deus!”

Ó YHWH! Faze-os rodopiar como folhas secas no chão, como palha ao capricho do vento! Como o fogo que devora a floresta, como a labareda que abrasa os montes, persegue-os com o teu vendaval, apavora-os com a tua tempestade.

Cobre-lhes de vergonha o rosto até que decidam buscar teu Nome, ó Adonai! Assim, humilhados e aterrorizados para sempre, pereçam na mais absoluta desgraça.

Saberão, portanto, que só tu, cujo Nome é Eterno, é Único, e que somente tu, ó Altíssimo, és Adonai e soberano de toda a terra!”

Tudo esta tomando forma, exatamente como descreveram os profetas hebreus. Também os lideres religiosos de Israel acreditam que antes de seu suposto messias chegar, uma guerra terá que ter lugar. Eles chamam este período de dores da era messiânica. Acontece que para eles, para que seu messias apareça, Israel estará enfrentando uma grande crise política existencial, e será salvo pelo seu messias. Se levarmos em conta que a maioria dos judeus ainda não aceitou Jesus como seu messias, com base nas Escrituras Sagradas, sabemos muito bem de quem se trata. Com a chegada de Donald Trump ao poder nos Estados Unidos, as peças do quebra cabeça profético começaram a se encaixar.

Também devemos lembrar que outra questão esta bastante preocupante neste exato momento. É a questão do programa de misseis balísticos da república islâmica de Irã. Desde 2005 que o governo do Irã, vem fazendo fortes ameaças de extermínio ao Estado Judeu.

Em 14 de Julho de 2015, o Ex-Presidente dos EUA Barak Obama fez um acordo com os lideres iranianos, que para Israel se trata de um erro histórico. Para Obama, o acordo impediria uma guerra dos EUA e Israel, contra o Irã. Entretanto, para o governo de Israel, este acordo irá preparar o caminho para a guerra. O acordo prejudica mais ainda porque uma das clausulas do acordo não exige que os iranianos desmontem suas instalações nucleares. Isto quer dizer, que o Irã cedo ou tarde, poderá muito bem conseguir armas nucleares, as quais ameaça o Estado de Israel. Mas desde que o novo presidente americano chegou ao poder, as coisas mudaram completamente.

Em 8 de Maio de 2018, Trump anunciou a retirada dos EUA do acordo nuclear com o Irã, e diz que “o Irã é o principal Estado patrocinador do terrorismo e que busca por armas nucleares é seu ato mais perigoso”. O Irã começou suas provocações, e no dia 29 de Janeiro de 2017 testaram mísseis balísticos. Mísseis estes, que ameaça principalmente o Estado de Israel. De lá pra cá, a tensão entre administração Trump e os líderes iranianos só aumentaram. Trump disse que o Irã esta brincando com fogo! Novas sanções foram impostas, e mesmo assim o Irã seguiu com novos testes de mísseis capazes de carregar ogivas nucleares. Isto irá levar que a paciência dos norte-americanos chegue ao fim, e provavelmente uma ação militar por parte dos EUA, e Israel terá lugar.

O cenário descrito acima lembra-nos muito bem o que nos foi descrito por Jeremias no capítulo 49:35-39. D’us disse que quebraria o arco de Elão, a base de seu poder. Como os profetas falavam a linguagem de sua época, o arco se trata dos mísseis balísticos intercontinentais que hoje estão sendo desenvolvidos pelo o Irã. Jeremias descreve uma grande destruição vinda ao Irã numa forma de juízo de D’us pelas fortes ameaças de extermínio que o governo iraniano vem fazendo a Israel. Cremos que, nos próximos meses, a tensão com Irã irá aumentar. O Primeiro-Ministro Benjamin Netanyahu já se encontrou com Donald Trump, e discutiram sobre a segurança do Estado de Israel. Trump prometeu que enquanto ele estiver no poder, Irã não irá desenvolver armas nucleares.

O interessante é que na profecia de Jeremias, no versículo 37, D’us prometeu fazer com que os elamitas (iranianos) tremessem diante de seus inimigos. Irã não tem apenas Israel e os EUA como seus inimigos, mas também Inglaterra e Arábia Saudita. Se de fato Israel, junto com a Arábia Saudita, EUA etc, atacassem as instalações nucleares do Irã, esta profecia será cumprida. Os próximos capítulos nos dirão. Por enquanto devemos continuar com nossa missão em levar o evangelho a todas as nações, e então virá o fim. Maranata!

CONCLUSÃO

Por trás da solução de dois estados está o inimigo que procura impedir os planos de D’us. No Salmo 2, D’us determinou que Yeshua se sentará em Jerusalém para governar a humanidade. O inimigo pensa que poderá impedi-lo e por isso criou a solução de dois estados. Como para a solução de dois estados exige a divisão de Jerusalém, tornando-a metade capital do Estado Judeu, e metade de um Estado Palestino, sabemos com base nas Escrituras Sagradas, que D’us intervirá, destruindo os inimigos de Israel (Is 34:6-8).

Em relação às constantes provocações e ameaças vindas do Irã contra o Estado de Israel, D’us trará um fim. Aproveite agora e leia o livro de Jeremias 49: 34-39. Este será o fim do programa de mísseis balístico da república islâmica do Irã, assim também como de seu programa nuclear. Depois da derrota completa de seus inimigos, Israel entrará num ACORDO DE PAZ E SEGURANÇA com o anticristo, e reconstruirá o Terceiro Templo. Não é atoa que os líderes religiosos do sinédrio em Israel, viram na surpreendente vitória e trajetória de Donald Trump, uma reviravolta na história a favor do povo Judeu. Eles enviaram uma carta a Trump pedindo que ele reconstruísse o Terceiro Templo em Jerusalém, logo quando ele foi eleito. Tudo esta se direcionando de acordo com o que a palavra profética das Escrituras Sagradas havia revelado. Brevemente todos estes eventos, se tornarão manchetes nos telejornais, que o Eterno nos guarde!

Anúncios

Um comentário em “O QUE PASSARÁ COM O PROCESSO DE PAZ NO ORIENTE MÉDIO?

  1. Criss Bonnnfimm
    8 de abril de 2019

    Dentro de alguns dias teremos mais novidades a respeito de Israel, esperemos um poucochinho de tempo o que há de vir virá e não tardará.
    O quanto anseio por esse dia que tão breve virá, que o Eterno nos resgate logo. Maranata!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Anúncios

Visitantes

Map

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 109.822 outros seguidores

Follow A Última Trombeta on WordPress.com

Estatísticas do blog

  • 3.493.477 cliques

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: