A Última Trombeta

Jesus está voltando!

Série: O ANTICRISTO parte 6

O ANTICRISTO PARTE 6 – A MARCA DA BESTA

(JÁ LEU A PARTE 5?)

“Aparentemente, a evidência da submissão de cada pessoa à adoração da Besta será algum tipo de marca. Essa marca poderá vir em três formas diferentes. Ela poderá ser a “marca” da Besta, o seu nome ou o número do seu nome (Ap 13:17). Sem esta marca ninguém poderá comprar ou vender. Será necessário ter esta marca para continuar a participar em qualquer transação comercial.

Por que o Anticristo exigirá o uso dessa marca? Devemos nos lembrar aqui que o seu principal propósito será religioso. Ele desejará que todos se convertam. A sua meta será que todo o mundo o adore, adore a sua imagem e o dragão. Então, o que ele poderá fazer para atingir a sua meta? Como ele poderá fazer com que todos participem nessa adoração? Como ele poderá obter tantos convertidos assim tão imediatamente?

É provável que, fora do mundo muçulmano, a maioria das pessoas seja resistente a essa religião. É claro que haverá muito poder espiritual por trás disso, mas, apesar disso, muitas pessoas do mundo hoje são ateístas, agnósticas e/ou apenas claramente contrárias ao pensamento da adoração a um ser superior. Além disso, qualquer pessoa que não é um muçulmano hoje objetaria, sem dúvida, à ideia de ser convertido.

Persuadir as pessoas a mudarem de religião não é algo fácil, como muitos missionários sabem. Tais mudanças não acontecem rapidamente. Mesmo com a unção de Satanás sobre ela, é provável que a religião do Anticristo não seja prontamente aceita por todo o mundo. Por mais persuasivo que o Anticristo seja, ele terá muitos problemas para convencer a todos. Na verdade, parece que haverá bastante resistência a ele.

Consequentemente, o Anticristo terá que usar certa pressão sobre as pessoas para impeli-las rumo à sua meta. Devemos nos lembrar aqui que ele não terá imensos exércitos para conquistar o mundo. Assim, usar uma pressão militar direta seria muito difícil.

Mas uma forma de controlar as pessoas é através do controle do dinheiro delas. Se você pode controlar o bolso delas, você pode, então, controlá-las. Garantir o controle sobre a capacidade de comprar e vender parece uma forma ideal de se ter o domínio sobre qualquer pessoa. Como tal coisa poderia funcionar? Nós vamos novamente entrar aqui num pouco de especulação. A nossa hipótese é a de que o Anticristo controlará a maior parte do petróleo mundial. Fazendo uso desse controle, ele poderá então pressionar os vários governos do mundo a fazerem a sua vontade, para que eles recebam o petróleo. Essa pressão se tornará extrema devido à desesperada dependência que as economias modernas têm do petróleo.

Uma tática que ele poderá usar será exigir que vários governos aprovem algumas novas leis com respeito ao sistema bancário. Essas novas regras afetariam todas as instituições financeiras.

maxresdefault

Estas regulamentações poderiam funcionar dessa forma: Para que possa continuar a usar os serviços de qualquer instituição financeira, cada cidadão seria requisitado a oferecer prova da sua conversão à religião da Besta. Essa prova seria algum tipo de marca. Essa marca seria o seu ticket para continuar a comprar e vender.

As pessoas teriam que mostrar, através de documentação ou exame físico real, que elas teriam a marca, seja ela qual for. Se alguém não apresentasse a prova requerida dentro de um certo limite de tempo, então ele ou ela não seria mais capaz de usar os serviços de qualquer instituição financeira.

Digamos que você se recusasse a cooperar. Isso significaria que a sua conta bancária seria congelada. Você não poderia mais emitir cheques para pagar por aquilo que você quisesse comprar, incluindo comida, roupas e gasolina. Você não seria mais capaz de pagar as suas contas simplesmente enfrentando a fila no banco. Você também não poderia transferir o seu dinheiro para nenhum lugar, incluindo o exterior.

Você também teria dificuldade para quitar o pagamento dos seus bens, especialmente se eles envolverem prestações ou empréstimos. Qualquer empréstimo, incluindo a prestação da casa própria, poderia ser cancelado. Nenhuma instituição financeira seria capaz de fazer negócios com você.

08091831648018

Em seguida, os seus cartões de crédito ou débito seriam cancelados. Os seus cartões e cheques não seriam mais válidos. Isso, então, colocaria qualquer pessoa, a quem isso acontecesse, numa posição muito difícil. A prestação da casa própria, carro ou qualquer outro parcelamento, não seria paga. Mesmo se a sua casa já estivesse quitada, você não poderia pagar os impostos ou as contas de serviços de utilidade pública.

Em breve, você não teria um lugar para morar ou acesso aos serviços públicos; não poderia comprar comida e assim sua família começaria a passar fome. Você não poderia viajar, a menos que tivesse dinheiro na mão, assim não teria como escapar para um outro lugar qualquer, onde a influência do Anticristo teria menos impacto.

Então, mais leis poderiam ser aprovadas, em relação a negócios ou indivíduos que comprassem ou vendessem, para atingir a quem não tivesse essa marca. Esses seriam proibidos de fazer negócios com qualquer pessoa não registrada. Mesmo que você tivesse dinheiro na mão, oficialmente as lojas relutariam ou não poderiam vender-lhe qualquer coisa. Os resultados seriam imensuráveis e catastróficos.

Desse modo, uma pressão tremenda e inacreditável seria imposta sobre qualquer pessoa que não se conformasse. Aqueles que se recusassem a adorar seriam sujeitos às circunstâncias e dificuldades mais extremas.

Mais ainda: Aqueles que continuassem a se recusar em cooperar poderiam ser presos e condenados à morte. Ao final, é bem possível que os governos fossem requisitados a ajuntar aqueles que ainda resistissem e os entregassem para execução ou a que eles mesmos os executassem.

Tal cenário pode parecer-lhe remoto. Talvez você não consiga imaginar que o seu Governo se envolva em tais práticas. Talvez você viva num país onde acredita que os seus direitos estejam garantidos. Mas tome um tempo para contemplar o seguinte: Os dias vindouros serão extremamente difíceis. O seu Governo estará sob grande pressão. Sem petróleo, a economia vai entrar em colapso. A comida se tornará escassa. Os cidadãos vão causar distúrbios, exigindo que o governo faça alguma coisa.

Em circunstâncias tão difíceis assim, os líderes serão forçados a tomar decisões que eles jamais considerariam em tempos de paz e tranquilidade. Quanto pior se tornar a situação, mais os líderes estarão prontos a ceder para escaparem de consequências maiores.

orgaos-no-mercado-negro2É provável que em tais condições um tipo de mercado negro aparecerá repentinamente. Sempre haverá aqueles que estarão prontos e disponíveis a lucrar com a desgraça dos outros. Assim, mercenários e aproveitadores proliferarão. Tais pessoas poderão comprar o que você precisa e revender isso a você por um preço exorbitante.

Se você se recusasse a receber a marca, mas tivesse algumas coisas de valor na sua casa, você poderia sobreviver por certo tempo. Dinheiro, moedas de ouro e prata, jóias, peças antigas, ferramentas e outros itens de valor intrínseco poderiam ser negociados, por uma fração do seu real valor, por comida, gasolina e outras coisas de que você precisasse. Todavia, tal troca não duraria muito e nem levaria muito longe.

Tais circunstâncias certamente provariam a sua fé. O seu compromisso com Jesus seria severamente testado. Se você se encontrasse em tal apuro, o que você faria? Você está pronto e decidido a sacrificar a sua vida e a vida da sua família para permanecer fiel a Cristo? O seu amor por Ele é tal que suportaria tamanha pressão? Você determinou em seu coração que está pronto a sofrer, e até mesmo morrer, ao invés de negá-Lo?

alx_2014-08-20t001636z_238504180_gm1ea8k0lwj01_rtrmadp_3_syria-crisis-beheading_original2

Sem dúvida, os crentes em países onde há ou tem havido severa perseguição já têm lidado com essas questões. Eles têm sido forçados a isso. Mas, e quanto a você? Onde está o seu coração hoje?

Não há dúvida de que o Anticristo fará com que as coisas se tornem o mais fácil possível com o objetivo de que as pessoas aceitem o seu caminho. Ele certamente propagará muitas mentiras para fazer com que a sua religião pareça aceitável. Ele pode até mesmo insistir que o seu caminho será, de alguma forma, compatível com o Cristianismo, com apenas alguns poucos e pequenos ajustes.

Não apenas a pressão para se conformar será enorme, mas a mentira que o Anticristo irá apresentar será muito atrativa. Parecerá algo inofensivo e não tão radical se conformar ao caminho dele. Lembre-se de que todo o poder enganador do diabo estará por trás dessa nova religião.

O SANTO MICROCHIP

Muitos e muitos cristãos têm falado comigo sobre a possibilidade de um microchip ser implantado debaixo da pele. Eles acham que isso será a “marca” da besta. Eles imaginam que quando eles forem efetuar qualquer transação financeira, esse chip será escaneado e, então, a informação será transferida para um computador em poder da Besta ou que esse próprio computador possa ser denominado “a besta”. Assim, eles supõem que o Anticristo será capaz de monitorar todas as suas transações.

a-marca-da-besta-sera-mesmo-um-chip_1010893

Por favor, acompanhe-me enquanto examinamos juntos essa ideia. Não há nada na Bíblia que indique um microchip. Não há um único verso sequer que exige essa conclusão. Isso é meramente uma ficção e imaginação moderna. O fato de que os códigos de barra têm três números seis neles (se, de fato, eles têm) não é prova bíblica de nada. Muito da escatologia moderna é baseada em nada mais do que mera imaginação.

Não apenas isso, mas há muitos problemas com a ideia do microchip. Em primeiro lugar, a logística de implementação de tal esquema é fenomenalmente complicada. Em segundo lugar, seria extremamente caro levá-la a efeito.

Para implementar tal ideia, o Anticristo teria que fabricar bilhões de chips para todas as pessoas no mundo. Então ele teria que programar cada um deles para identificar o usuário. Em seguida, ele teria que implantar cirurgicamente bilhões desses chips. Em seguida, ele teria que fabricar e instalar scanners especiais para ler esses chips em cada ponto de venda no mundo, o que possivelmente custaria trilhões de dólares e envolveria milhões de horas de trabalho. Se você parar e pensar sobre isso de forma lógica, esse método não é prático.

Nenhum governante mundial investiria tanto tempo e dinheiro nesse projeto. Ele simplesmente não é necessário. Não há nenhuma razão convincente para que o vindouro Anticristo monte tal esquema. É um esquema caro, desnecessário e não prático. Além disso, nós devemos lembrar que ele não terá esse poder sobre o mundo por muitos anos. Portanto, é uma boa aposta que ele não fará isso.

A verdade é que esse método não funcionaria em muitos lugares do mundo hoje. Em vários lugares, muitos podem morrer de rir, se lhes disserem que, para que possam efetuar uma compra, seus chips têm que ser escaneados numa loja, esta informação tem que ser transmitida por telefone e, então, o dinheiro ser deduzido de suas contas bancárias.

Nesses lugares, as lojas não têm scanners. Há poucos telefones, se é que há algum. Se há, muitos cidadãos não têm conta bancária de onde o dinheiro possa ser retirado. Tal sistema seria impossível para eles. Essa é a verdadeira situação para boa parte do mundo.

Por exemplo, há lugares no mundo hoje onde apenas poucas pessoas numa cidade têm telefones. São telefones celulares. Outras pessoas vêm de longas distâncias ao redor e pagam para usar esses poucos telefones. Há cidades inteiras, com milhares de pessoas no mundo hoje, com apenas um banco telefônico para servir-lhes.

Muitos lugares do mundo ainda não têm nem energia elétrica. Na Índia, por exemplo, 600 milhões de pessoas vivem sem energia. Isso é só um exemplo, dentre muitos outros que pode incluir partes de China, Africa, etc.

Algumas pessoas não estão familiarizadas com outras partes do mundo. Elas pensam somente em termos de onde vivem, e esses podem ser lugares modernos e convenientes.

Mas há uma grande porção do mundo onde tais coisas simplesmente não funcionam. Modernizar todas as nações, ao ponto de tornar tais transações possíveis, levaria décadas ou até mesmo séculos, se isso fosse, de alguma forma, possível.

Alguns poucos países no mundo hoje não estão se desenvolvendo, ao contrário, eles estão retrocedendo. Em alguns lugares, a infraestrutura que existia está se desmoronando.

Um microchip não é necessário, simplesmente. O Anticristo não precisará monitorar todas as compras como se ele fosse a sua companhia de cartão de crédito. Não haverá necessidade de saber continuamente onde você estará. Ele não terá interesse nas suas atividades do dia a dia.

Tudo o que ele pedirá a você é que você apareça uma vez e tente comprar um item sem a marca. Daí em diante, você não estará pensando em gastar mais qualquer dinheiro. Se você se submeter, muito bem. Se não, os colaboradores do Anticristo não terão que encontrar você. Eles saberão onde você estará. Você estará sob a custódia deles ou você estará morto.

Quando a situação se tornar muito crítica, sempre que você tentar comprar ou vender, a pessoa responsável, seja ela quem for, checará para saber se você pode negociar, ao examinar a sua marca.

Isso pode funcionar da mesma forma como o caixa do banco olha a sua identidade para conferir a sua assinatura. Se você não tiver uma marca, então, você poderá ser levado a um outro lugar para esperar um outro destino.

Imensos computadores também não são necessários para levar esse esquema a efeito. O Anticristo não será como o “Big Brother”, vigiando cada um em seus movimentos. Ele não terá o desejo de ficar monitorando sua sala de estar, quarto ou banheiro, como aquele atual programa de televisão. Ele terá outras coisas para fazer.

Anticristo

A única coisa que lhe interessará é se você se submeterá à adoração a ele e aceitará a sua nova religião. Se você a aceitar, você terá uma marca para provar isso. Se não, então, você a obterá ou terá que sofrer as consequências.

Tentar comprar sem uma marca terá que acontecer somente uma vez. Depois disso, não haverá necessidade de localizar você ou fiscalizar as suas compras. O seu destino já estará decidido.

Esta marca ou sinal de sua lealdade não precisará ser algo complicado. Ela não vai requerer equipamentos eletrônicos especiais. Qualquer tipo de marca de identificação poderá servir. Mas parece lógico que algo prontamente visível poderá servir melhor aos propósitos do Anticristo.

A necessidade de uma marca para poder comprar ou vender será simplesmente a melhor maneira de checar as pessoas quanto à submissão. Por exemplo, ao invés de ir de casa em casa, checando para ver se todos estarão praticando a correta religião, as autoridades poderão simplesmente monitorar os pontos de venda onde as pessoas comprarão as suas mercadorias.

Então, os atendentes que estarão no caixa terão que verificar a marca da pessoa antes de completar a venda. Se alguém não tiver a marca, então eles chamarão a segurança da loja, ou algum tipo de oficial, para assumir a situação.

Uma marca visível também funcionaria melhor em outras situações. Por exemplo, os oficiais poderiam monitorar os lugares públicos, tais como shopping centers ou mercearias, para observar se as pessoas que entrassem e saíssem estariam marcadas. Além disso, amigos e vizinhos poderiam mais facilmente dizer se você tem uma marca ou não, se ela fosse visível.

Sem dúvida, o Anticristo terá que possuir os seus simpatizantes em cada país, verificando os ajustes. Uma vez que muitos governos, e mesmo as populações, podem resistir a tais esforços contra os crentes, o Anticristo será requisitado a enviar alguns de seus representantes para checar as coisas. Eles terão que se certificar de que nenhum, dos não adoradores, estará escapando.

Bismillah

O primeiro símbolo são espadas cruzadas, frequentemente usadas por muçulmanos em bandeiras e símbolos militares. O símbolo do meio é o símbolo islâmico ‘Bismillah’ árabe para Alá, ou “Em nome de Alá”.O terceiro caractere é o grego “stigma”, que significa “marca” ou “emblema” de servidão.

 

fp16

O grego XES, ou 666, tem sido notado não apenas no “Bismillah”, mas também no “Shahada”, que é a confissão de fé islâmica (Ashhadu anna La ilah illa allah wa ashhadu anna muhammadan rasulu allah, que significa: “testemunho que não há divindade além de Alá, e testemunho que Maomé é seu profeta”), a qual é usada como um emblema na testa por muçulmanos, e estará escrita no emblema de servidão no Dia do Julgamento. Os “XES” também estão escritos nas mesquitas e bandeiras islâmicas que têm as adagas cruzadas e “Allahu Akbar”, que significa “Alá é grande”.

fp17

666

Felizmente, para o Anticristo, muitos países do mundo estão abraçando uma população substancial de muçulmanos, que podem se voluntariar para tais posições. Eles têm emigrado em grandes números para muitas nações do mundo. Talvez, eles fiquem agradecidos pelo emprego e pela oportunidade de propagar a religião deles.

De qualquer forma, uma marca claramente visível seria mais fácil e rapidamente exibida e verificada. Eu sei que muitas, muitas pessoas vão argumentar comigo sobre esse microchip. Isso tem sido tão difundido, que tem se tornado santo. Negar a ideia do microchip quase tornou-se igual a negar a Cristo. Entretanto, não há sequer um verso que possa torná-lo real. Ele também não é necessário. Pense nisso por um momento. Se você fosse responsável por medidas proibitivas mundiais contra os crentes, como você faria isso? Qual seria a forma mais simples e mais barata? Tecnologia é cara e de difícil implementação. Marcas simples, ou mesmo documentos, seriam muito baratas.

Se o nosso Senhor demorar por muitas décadas, ou mesmo séculos, talvez o mundo chegue a um ponto no qual a ideia do microchip se torne plausível. Essa ideia não é impossível. O meu ponto aqui é que ela não é necessária ou exigida pelas Escrituras.

Portanto, não é uma boa opção ficar focalizando tal ideia como um meio de identificar o Anticristo ou os seus esquemas. Há outros modos – mais convenientes, menos dispendiosos e mais fáceis – para o Anticristo produzir a sua marca. Não seja apanhado olhando para a direção errada! O Anticristo governará dez nações, numa parte do mundo que é menos desenvolvida. Ele terá pouco interesse em onde você vai ou o que você faz depois do trabalho. Ele não vai se importar com hábitos pessoais. A sua única meta será fazer com que todos os habitantes deste planeta se convertam à sua religião. Como ele poderá fazer isso mais rápido e facilmente?

Eu não insisto que o sistema dele será infalível ou mesmo universal. Gostaria apenas de destacar que o Cristianismo hoje tem ensinado muitas coisas sobre os últimos dias, que são amplamente compostas de especulação e imaginação e têm muito pouco, se é que tem algum, fundamento bíblico. Consequentemente, um grande número de crentes está fazendo muito alarde sobre coisas que provarão ser uma perda de tempo e energia.

O QUE VOCÊ ESTÁ PENSANDO?

Curiosamente, há duas palavras na língua grega para “marca”. Uma delas é STIGMA. Essa palavra significa, de acordo com o Dicionário de Palavras Expositivas do Novo Testamento, de Vine: “uma marca tatuada ou queimada, um sinal”. Isso refere-se a algum tipo de marca física que pode ser colocada na pele da pessoa.

iladlklkA outra palavra traduzida como “marca” é CHARAGMA. Essa palavra significa, de acordo com Vine: “um selo” ou “impressão”. Essa palavra se refere à forma que é deixada na cera quente depois que um selo ou carimbo foi comprimido sobre ela.

É dessa palavra grega que nós obtemos a palavra para “caráter”. A palavra encontrada em Apocalipse 13:16,17 para a “marca” da Besta, no grego, é CHARAGMA, não STIGMA. Portanto, podemos concluir disso que a marca da Besta não é simplesmente uma tatuagem ou sinal. É algo que está diretamente relacionado à maneira como pensamos, à formação do nosso pensamento ou caráter. Aceitar essa marca significará que nós escolhemos adaptar o nosso modo de pensar ao do Anticristo. Nós teremos, devido à pressão exercida sobre nós, modificado o nosso caráter para ajustá-lo à impressão da Besta. Nós escolheremos mudar a nossa maneira de pensar para conformá-la à sua imagem. Então, aceitar a marca da Besta significa aceitar a sua religião!

Nós não sabemos de fato qual será a “marca” da Besta. Mas nós podemos aprender, a partir dessa discussão, que aceitar a marca está intimamente ligado ao nosso caráter e modo de pensar.

seladosNo livro de Apocalipse, o verso que fala sobre a marca da Besta é encontrado um pouco antes de outro verso sobre santos que têm “…escrito [nas frontes] o seu nome [o nome de Cristo] e o nome de seu Pai.”

Não é possível que essas pessoas tenham “Paizinho”, ou algo similar, literalmente escrito nas suas testas. Esse verso fala, sem dúvida, sobre a forma de pensar dessas pessoas. Aqui estão algumas pessoas cujas mentes foram renovadas (Rm 12:2). Os processos do pensamento delas foram transformados para que estejam em harmonia com as ideias e atitudes de Cristo. Os seus pensamentos, opiniões e arrazoados são controlados pelo Espírito Santo. Elas têm submetido suas mentes ao controle de Jesus Cristo e Ele está reinando sobre elas.

Portanto, a decisão de receber ou não receber a marca da Besta será uma intensa batalha. Será uma luta sobre quem irá dominar e controlar as mentes dos homens.

A marca física, se houver uma, será apenas a evidência de que alguém decidiu permitir que a imagem do Anticristo – seus programas e propósitos religiosos – seja impressa em sua mente maleável.

perseguidos

Qualquer crente que não se submeteu e não subjugou sua mente ao completo controle de Jesus Cristo, vai encontrar-se numa luta intensa. Ele terá que decidir se permitirá os seus impulsos naturais e necessidades físicas dominarem as suas decisões, ou se permitirá ao Senhor governar os seus pensamentos e decisões.

Como você vê, se a sua mente estiver agora conformada a este mundo, se você estiver amando e procurando todas as coisas e prazeres terrenos, de repente alguém se colocará entre você e aquilo que você pensa que precisa e deseja.

O Anticristo, ganhando o controle do sistema financeiro, irá também ganhar o controle do acesso aos seus desejos. Para continuar com a sua vida, você terá de passar por ele. Para continuar a comprar e vender, você terá que se conformar à sua religião. A sua mente e o seu caráter terão que receber a imagem da Besta. Você terá que se converter à religião dele.

Esta será uma hora de intensa batalha espiritual, com muita coisa importante a ser decidida. Como você percebe, para sobreviver, muitos serão pressionados até à morte para que recebam a marca. Se eles viverem uma vida de egoísmo e satisfação dos seus apetites naturais, então, essa decisão será extremamente difícil.

Aqueles que amam este mundo e suas coisas e prazeres estarão em apuros. Mas aqueles que já aprenderam a negar a si mesmos e a se submeterem a Jesus serão vitoriosos.”

 

Este estudo é parte integrante do livro Anticristo, de David W. Dyer. Baixe gratuitamente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Informação

Publicado às 6 de fevereiro de 2020 por em Anticristo, Volta de Jesus e marcado , , , , , , , , .

Visitantes

Map

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se aos outros seguidores de 111.718

Follow A Última Trombeta on WordPress.com

Estatísticas do blog

  • 3.852.269 cliques

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: