A BONDADE DE DEUS

bondade

“Falarei da magnificência gloriosa da tua majestade e das tuas obras maravilhosas. E se falará da força dos teus feitos terríveis; e contarei a tua grandeza. Proferirão abundantemente a memória da tua grande bondade, e cantarão a tua justiça. Piedoso e benigno é o Senhor, sofredor e de grande misericórdia. O Senhor é bom para todos, e as suas misericórdias são sobre todas as suas obrasSalmos 145:5-9

Existe um atributo de D’us chamado “Bondade” e muitos estão se esquecendo desse maravilhoso atributo, ou ainda, muitos fazem uma leitura errada a respeito do assunto. Atributos de D’us são partes que completam a essência divina. Alguns atributos o Criador compartilhou conosco parte deles quando disse: “façamos o homem à nossa imagem” (Gênesis 1:26). Na criação Ele nos criou contendo uma pequena parte de alguns dos Seus atributos, e somente alguns atributos são divididos com nós, porque há atributos exclusivos dEle e não podem ser compartilhados com qualquer outra criatura, que são: Onisciência, Onipresença, Onipotência, Soberania, Imutabilidade, Poder, Infinitude e Unicidade (Singularidade); já outros atributos Ele transferiu para nós, porém muitas das vezes nós deixamos eles extinguirem da nossa vida e somente uma aproximação com o Criador pode fazer com que esses atributos sejam reverdecidos novamente em nós. E a esses atributos compartilhados, podemos dar o nome de atributos de caráter, pois eles estão intrinsicamente ligados ao caráter, quer seja de D’us, quer seja dos seres humanos. Esses atributos são o amor, a bondade, a longanimidade, a misericórdia, a santidade, a fidelidade, a justiça e a paciência.

Quando pensamos em atributos e comparamos com a fonte de onde saiu (D’us); temos que ter em mente que esse atributo jorra de uma fonte inesgotável, pois cada atributo em D’us é elevado ao infinito; então mesmo que a gente possa provar de alguns desses atributos e ter um pequeno lampejo dos mesmos, jamais poderemos compreendê-los por completo, pois como todos os atributos de D’us são infinitos precisaríamos de dois dos Seus atributos que não são compartilhados – a Onisciência e a Infinitude – pois para compreender algo que é infinito, é necessário uma mente infinita e isso somente Ele possui. Continuar lendo