Presente Diário: Cardiologia

ઇઉ Presente Diário: Cardiologia

Leitura Bíblica: Salmo 119.111-114

tumblr_kqucwdyGtZ1qz4d4bo1_500
Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus (Mt 5.8).

Precisamos cuidar bem do coração, pois ele é um órgão de máxima importância. Ele bombeia o sangue de nosso corpo. Para evitarmos problemas no coração precisamos deixar principalmente o que causa mal a ele. Os três principais causadores de mal são: sedentarismo, estresse e má alimentação. Mas, ao contrário do que se pensava, os problemas cardíacos podem atingir pessoas de qualquer idade, inclusive adolescentes. É justamente por isso que todas as pessoas, de qualquer idade, devem realizar periodicamente exames de avaliação cardíaca.
O coração é um órgão tão importante que a palavra coração em um sentido figurado, é sinônimo de intelecto, sentimento, vontade, consciência. Neste sentido a Bíblia diz que devemos cuidar bem do nosso coração, pois dele procedem as fontes de vida. Do coração também procedem os adultérios, furtos, blasfêmias. Ele pode nos enganar e se tornar endurecido e corrupto se não for cuidado por Deus.
Em nosso texto o salmista diz que se dispôs a cumprir até o fim os decretos de Deus. Ele fez dos caminhos do Senhor a alegria de seu coração.
Podemos viver como ele quando buscamos a Deus e nos entregamos nas suas mãos. O cuidado de Deus para com a nossa vida é tão grande que ele faz um transplante de coração em nós. Ele nos dá um novo coração. Ele tira o coração de pedra, coração endurecido somente disposto a fazer o que é mal, e coloca um coração de carne, que aprende temer o seu nome, a amá-lo e andar nos seus caminhos. Um coração disposto a obedecer.
A única forma de se tratar o coração é através Palavra de Deus. O médico é Deus.O remédio e alimento, sua Palavra. O exercício constante é meditar e praticar os seus mandamentos.
Sem tratamento caminhamos para morte. Mas Deus é capaz de transformar nosso coração, basta nos entregarmos nas suas mãos em confissão e arrependimento. Ele é quem nos diz: Filho meu, dá-me o teu coração.

Como está a saúde do seu coração?

Uma vida com propósitos: Dia 40

Dia 40 – VIDA COM PROPÓSITOS

✍ Muitos são os planos no coração do homem, mas o que prevalece é o propósito do SENHOR. Provérbios 19.21; NVI

✍ Pois Davi […] serviu aos propósitos de Deus em sua geração. Atos 13.36; NASB

virtudes-cristãs

Viver com propósitos é a única maneira de viver de verdade. Todo o resto é apenas existir.

A maioria das pessoas luta com as três questões básicas da vida. A primeira é a identidade. Quem sou eu? A segunda é a importância: Significo alguma coisa? A terceira é o impacto: Qual o meu lugar na vida? As respostas a todas as três perguntas são encontradas nos cinco propósitos que Deus tem para você. No cenáculo, quando Jesus concluiu seu último dia de ministério junto aos discípulos, ele lavou os pés deles como exemplo e disse: Agora que vocês sabem estas coisas, felizes serão se as praticarem. (Joao 13.17; NVI) Uma vez que saiba o que Deus quer que você faça, a bênção vem quando você põe em prática o que aprendeu. Como chegamos ao fim de nossa jornada de quarenta dias, você agora sabe o propósito de Deus para sua vida, e será abençoado se o puser em prática. Isso provavelmente quer dizer que você deverá parar de fazer outras coisas. Existem muitas coisas boas que você pode fazer com sua vida, mas os propósitos de Deus são os quatro fundamentos que você precisa fazer. Infelizmente, é fácil se distrair e esquecer o que é mais importante. É fácil se desviar do que realmente importa e lentamente abandonar o curso. Para evitar que isso aconteça, você deve fazer uma declaração dos propósitos de sua vida e examiná-la regularmente.

O que é uma Declaração dos Propósitos para sua vida?

É uma declaração que resume os propósitos de Deus para sua vida

Você afirma com suas próprias palavras seu compromisso com os cinco propósitos de Deus para sua vida. Uma declaração de propósitos não é uma lista de objetivos. Os objetivos são temporários; os propósitos são eternos. A Bíblia diz: Mas o que o SENHOR planeja dura para sempre, as suas decisões permanecem eternamente. (Salmos 33.11; NTLH)
Continuar lendo

Presente Diário: ALIMENTO PARA O CORAÇÃO

ઇઉ Presente Diário: ALIMENTO PARA O CORAÇÃO

✏ Leitura Bíblica:  Jeremias 15:15-21

Menina-lendo-a-Bíblia_Mdc-151

Eu amo comida! Amo ver os alimentos apresentados de maneira bonita e amo provar o sabor deles. Se fosse por mim, eu comeria com mais frequência do que deveria — embora isso não fosse ajudar a minha cintura! Então, é bom minha mulher, Martie, me lembrar, amavelmente, de ingerir alimentos saudáveis na quantidade correta.

Ler o interessante pensamento de Jeremias — de que, ao encontrar as palavras de Deus (ainda que palavras de julgamento de Deus), ele as comeu (Jeremias 15:16) — me faz imaginar se eu ingeriria a Palavra de Deus com tanta avidez, devoção e frequência.

Claramente, Jeremias não comeu verdadeiramente a Palavra de Deus. Essa foi a sua maneira de dizer que ele a leu e a saboreou no mais íntimo de seu ser. E é exatamente para lá que a Palavra de Deus deve ir. A Palavra é alimento para o coração! Quando a ingerimos, o Espírito Santo proporciona o poder para nos ajudar a crescer e ficar mais semelhantes a Jesus. Sua Palavra transforma a maneira como pensamos acerca de Deus, dinheiro, inimigos, carreiras e família. Em outras palavras, ela realmente nos faz bem.

Então, “nutra-se” com a Palavra de Deus para o contentamento do seu coração! Sem dúvida, você se encontrará concordando com o profeta Jeremias quando ele disse: “…as tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração…” (15:16).

Quanto mais você se banquetear com a Palavra de Deus, mais saudável se tornará.

Presente Diário: ADORMEÇO

ઇઉ Presente Diário: ADORMEÇO

✏ Leitura Bíblica: Salmo 4

Em paz me deito e logo adormeço, pois só tu, Senhor, me fazes viver em segurança (Sl 4.8).
bebe-dormindo-42660

Estudos científicos afirmam que não é possível ficar sem dormir por mais de quatro dias sem afetar a saúde. É durante o sono que ocorre a recuperação dos músculos e dos ossos, porque ele estimula a secreção de um hormônio regenerativo, além de recuperar o nosso estado emocional. Por isso nos sentimos tão mal humorados e fracos fisicamente, depois de uma noite de insônia.
Uma noite de sono é algo muito agradável. Como é bom deitar e logo pegar no sono. Acordar só no outro dia e nem ver a noite passar.
A qualidade de nosso sono está relacionada em grande parte com o que fazemos quando estamos acordados. O versículo chave de nossa mensagem diz: “Em paz me deito e logo adormeço”. Acredito que o salmista podia logo adormecer, pois em paz se deitava. Para dormir em paz é preciso deitar em paz. Muitas ações e acontecimentos durante o dia têm gerado angústia, fazendo as pessoas perderem o sono de noite. O rei Dario não conseguiu dormir depois de atirar Daniel na cova dos leões. Naquela noite nada comeu e nem aceitou músicas ou qualquer diversão.
Para dormir em paz é preciso andar em caminhos de paz, caminhos que agradam a Deus, e ter olhos abertos para a sabedoria, vivendo em santidade. Fazendo assim, você “seguirá o seu caminho em segurança, e não tropeçará; quando se deitar, não terá medo, e o seu sono será tranqüilo”, nos diz Provérbios 3.23-24.
Antes de dormir precisamos refletir sobre nossas ações e sobre o que aconteceu durante o dia. Devemos colocar tudo isso diante de Deus pedindo perdão pelas nossas faltas e proteção contra os nossos inimigos. Devemos consultar no travesseiro o coração e sossegar.
Quando colocamos diante de Deus os nossos temores somos capazes de dormir, mesmo sabendo que estamos em um acampamento de guerra com inimigos nos cercando ao redor. Podemos assim descansar, pois sabemos que enquanto dormimos o Senhor estará nos protegendo.

Viva em paz e durma em paz.

Uma vida com propósitos: Dia 20

Dia 20 – RESTAURANDO A COMUNHÃO QUEBRADA

✍ “[Deus] restaurou o nosso relacionamento consigo por meio de Cristo e nos deu o ministério da restauração de relacionamentos.” 2 Coríntios 5.18; GWT

Captura de tela 2016-02-29 22.03.54.png

Sempre vale a pena restaurar relacionamentos

Uma vez que a vida consiste em aprender a amar, Deus quer que valorizemos os relacionamentos e nos esforcemos para mantê-los, em vez de descartá-los sempre que houver um desacordo, uma mágoa ou um conflito. Na verdade, a Bíblia diz que Deus nos deu o ministério da restauração de relacionamentos.(2Coríntios 5.18; GWT) Por esse motivo, boa parte do Novo Testamento é dedicada a nos ensinar a ter um bom relacionamento uns com os outros. Paulo escreveu: Se vocês receberam algo por seguir a Cristo, se o amor dele fez alguma diferença na vida de vocês, se participar da comunidade do espírito significa algo para vocês […] concordem uns com os outros, amem uns aos outros, sejam amigos de verdade.(Filipenses 2.1,2 Msg) Paulo ensinou que a nossa habilidade de nos dar bem com as pessoas é uma marca de maturidade espiritual.(Romanos 15.5; Msg) Uma vez que Cristo quer que sua família seja conhecida pelo amor entre seus membros,(João 13.35) perder a comunhão é um testemunho deplorável para os que não crêem. Foi por isso que Paulo ficou tão envergonhado quando os membros da igreja de Corinto se dividiram em facções contrárias, chegando até mesmo a apresentar uns aos outros perante o juiz. Ele escreveu: Que vergonha! Será que entre vocês não existe alguém com bastante sabedoria para resolver uma questão entre irmãos? Ele ficou escandalizado ao descobrir que não havia ninguém maduro na igreja para resolver o conflito pacificamente.(1Coríntios 6.5; NTLH.)Na mesma carta, ele disse: Digo isto com toda a veemência que posso: Vocês devem estar de acordo uns com os outros.(1Coríntios 1.10; Msg)

Se você quer a bênção de Deus em sua vida e quer ser conhecido como filho de Deus, deve aprender a ser um pacificador. Jesus disse: Deus abençoa os que trabalham pela paz, pois eles serão chamados filhos de Deus.(Mateus 5.9; NLT.) Note que Jesus não disse Bem-aventurados os que amam a paz, pois todo mundo ama a paz. Nem disse Bem- aventurados os pacíficos, que nunca se incomodam com nada. Jesus disse: Bem aventurados aqueles que trabalham pela paz — aqueles que procuram efetivamente solucionar conflitos. Pacificadores são raros porque fazer a paz é um trabalho árduo. Como você foi moldado para ser parte da família de Deus e o segundo propósito de sua vida na terra é aprender a amar e a se relacionar com as pessoas, promover a paz é uma das habilidades mais importantes que você pode desenvolver. Infelizmente, a maioria de nós jamais aprendeu a resolver conflitos. Promover a paz não é evitar conflitos. Fugir de um problema, fingindo que ele não existe, ou ter medo de falar nele é na verdade covardia. Jesus, o Príncipe da Paz, nunca teve medo de conflitos. Em determinada ocasião, ele provocou um conflito para o bem de todos. Algumas vezes precisamos evitar conflitos, outras precisamos criá-los e ainda outras precisamos solucioná-los. É por isso que precisamos orar pedindo a direção contínua do Espírito Santo. Pacificar também não é acalmar. Sempre desistir, agir como capacho e permitir que os outros sempre o atropelem não era o que Jesus tinha em mente. Ele se recusou a voltar atrás em muitas questões, sustentando seus argumentos em face de uma oposição diabólica.
Continuar lendo

Presente Diário: MISTURA DE EMOÇÕES

ઇઉ Presente Diário: MISTURA DE EMOÇÕES

✏ Leitura Bíblica: Apocalipse 21:1-7

Captura de tela 2016-02-27 23.00.59.png

Até no riso tem dor o coração, e o fim da alegria é tristeza. —Provérbios 14:13

Para Marlene e eu, “mistura de emoções” descreve exatamente a nossa festa de casamento. Não interprete errado. Foi um evento maravilhoso que continuamos a celebrar mais de 35 anos depois. A festa, no entanto, foi abafada porque a mãe de Marlene morreu de câncer apenas algumas semanas antes. A tia de Marlene assumiu o papel de “mãe da noiva”, mas em meio à nossa alegria, algo claramente não estava certo. A mãe não estava lá e isto afetou tudo.

Aquela experiência exemplifica a vida em um mundo decaído. As nossas experiências aqui são uma sacola com uma mistura de circunstâncias boas e más, alegres e triste — uma realidade que Salomão expressou quando escreveu: “Até no riso tem dor o coração, e o fim da alegria é tristeza” (Provérbios 14:13). O coração alegre muitas vezes se entristece, pois é isto que esta vida exige algumas vezes.

Felizmente, entretanto, esta vida não é tudo o que há. E na vida que está por vir, aqueles que conhecem Cristo têm uma promessa: “E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram” (Apocalipse 21:4). Naquele grande dia, não haverá mistura de emoções — apenas corações repletos da presença de Deus!

As sombrias tristezas da terra para o cristão, um dia, se tornarão radiantes canções do céu.

Presente Diário: O PODER DO AMOR

ઇઉ Presente Diário: O PODER DO AMOR

✏ Leitura Bíblica: 1 João 4:7-10

Captura de tela 2016-02-24 19.06.56

Nisto consiste o amor: […] em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. —1 João 4:10

Os livros sobre liderança geralmente aparecem nas listas dos mais vendidos. A maioria deles fala sobre como tornar-se um líder influente e eficaz. Mas o livro de Henri Nouwen O perfil do líder cristão do século XXI é escrito sob uma perspectiva diferente. O ex-professor universitário que investiu muitos anos servindo em uma comunidade de adultos mentalmente incapazes diz: “A questão não é: Quantas pessoas levam você a sério? Quanto você vai realizar? Você consegue mostrar resultados? Mas sim: Você ama o Senhor Jesus? […] Em nosso mundo de solidão e desespero, há uma necessidade enorme de homens e mulheres que tenham intimidade com Deus, que tem um coração que perdoa, que se importa, que quer se aproximar e curar.”

João escreveu: “Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados” (1 João 4:9-10).

“O líder cristão do futuro,” Nouwen escreve: “é aquele que realmente tem intimidade com Deus que se tornou encarnado… em Jesus.” Nele, descobrimos e experimentamos o amor incondicional e ilimitado de Deus.

ઇઉ O amor de Deus em nós, nos dá um coração voltado para os outros.