O DÍZIMO SEGUNDO OS ENSINAMENTOS BÍBLICOS

dizimodosenhor

O tema sobre o dízimo sempre gera polêmica sobre o povo, por causa dos fins que muito das ofertas são destinados. Não é novidade para ninguém quando se diz que grande parte dos dízimos que os fieis entregam como gratidão a D’us, acabam sendo desviado para atender os caprichos de determinados líderes religiosos, ou até mesmo aos caprichos de algumas instituições; mas não podemos generalizar.

Então onde é que estamos errando no quesito dízimos e ofertas? Leia esse texto abaixo escrito por Mário Persona:

Você é zeloso com as coisas que Deus colocou em suas mãos para administrar? Seu dinheiro, por exemplo.

Fala-se muito em ofertarmos a Deus, mas quase nada da necessidade de analisarmos a idoneidade das pessoas que recebem essas ofertas para ver se dão a destinação correta. Temos nas epístolas instruções de ofertas voluntárias destinadas às necessidades de irmãos pobres e dos que trabalham na obra do evangelho. Mas hoje qualquer estelionatário pode abrir uma “igreja” e viajar em jato particular e morar em mansão. Quem paga esse luxo? Aqueles que não foram bons e zelosos mordomos dos bens que o Senhor lhes deu, entregando a estelionatários aquilo que devia ser destinado aos pobres e aos que efetivamente trabalham na obra na simplicidade do exemplo dado por Paulo:

“Não cobicei a prata nem o ouro nem as roupas de ninguém. Vocês mesmos sabem que estas minhas mãos supriram minhas necessidades e as de meus companheiros. Em tudo o que fiz, mostrei-lhes que mediante trabalho árduo devemos ajudar os fracos, lembrando as palavras do próprio Senhor Jesus, que disse: ‘Há maior felicidade em dar do que em receber’ “. At 20:33-35 Continuar lendo