PODERIA UM CAPÍTULO CONTER A SALVAÇÃO? (PARTE 1)

slide2

Há uma pergunta interessante que pode ser feita a quem deseja estudar as Sagradas Escrituras:

– Poderia o plano de salvação e o evangelho está inserido em apenas um capítulo da bíblia?

Essa é uma pergunta muito providencial, pois se você pegar qualquer outro livro que foi escrito na face da terra, você nunca conseguirá entender o assunto que será tratado no livro apenas por ler um capítulo, ou jamais um capítulo de um livro seria chave para entendermos um assunto global que abrange todos os tipos de classe, raças, faixas etárias, orientações sexuais, orientações intelectuais, etc., porém isso podemos encontrar na bíblia, e isso a torna o livro mais importante já publicado. Mesmo se uma pessoa pegar a bíblia para estudar apenas como uma obra literária (mesmo que ainda não a considere como palavra de Deus) e estudar diligentemente, tal pessoa encontrará a resposta para todas as questões. Pode até ser que esse (a) não concorde com as respostas ali contidas, mas certamente essa pessoa encontrará uma resposta ali e será a resposta correta. Continuar lendo

Presente Diário: O poder da ressurreição

ઇઉ Presente Diário: O sofrimento na Cruz

✏ Leitura Bíblica: Jo 19:17

“Tomaram eles, pois a Jesus; e ele próprio, carregando a sua cruz, saiu para o lugar chamado Calvário…” (Jo 19:17).

É a cena da crucificação. Por que a cruz? Max Lucado diz que a cruz é um símbolo de vergonha, de martírio. Os romanos inventaram este modo de matar, de forma mais cruel possível. Na forca, o executado morre no máximo em três minutos; na guilhotina, o condenado nem tem tempo de pensar, morre-se em fração de segundos. Mas, na cruz, a morte é lenta, dolorosa, vai apagando a vida. A cruz não tinha o propósito só de matar, mas também de punir e envergonhar. Normalmente, o condenado era exposto num lugar público, os lugares mais altos, para que todos que passassem soubessem que a mão romana era dura, que não se podia brincar com o Império Romano.

Envergonhava a família, porque normalmente o executado era crucificado nu. Jesus foi crucificado nu. A roupa que os soldados jogaram sortes para tê-la era aquele pano que enrolava a sua cintura e que protegia a sua identidade masculina. O propósito era envergonhar a família. Tanto que, na crucificação de Jesus, toda a Sua família se ausenta, menos Sua mãe. Só João e Maria ficam ao pé da Cruz. Os heróicos apóstolos, os comedores de pães e peixes, os muitos curados por milagres… desapareceram. Só ficou aquela que fica com o filho, não importa qual o estado dele – a mãe. E aqueles amigos, que a Bíblia diz, “mais chegados do que irmão”. A cruz levava o crucificado a gemer por horas. A morte era lenta. Nenhum órgão vital é atingido na crucificação. Ele é exposto na cruz, preso, não na mão, mas no punho, num centro nervoso, aonde passa uma malha de nervos e músculos extremamente dolorosos. Portanto a cruz era processo não só de morte, mas de sofrimento. Por que, então, nós cristãos não temos vergonha da cruz? A cruz é vergonha para os que se perdem, disse Paulo, mas para nós, os salvos, a cruz é símbolo do poder de Deus. Nela Jesus venceu a morte, por nós.

Presente Diário: O CÉU SE REGOZIJA

ઇઉ Presente Diário: O CÉU SE REGOZIJA

✏ Leitura Bíblica: Lucas 15:1-10

…há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende. —Lucas 15:10
19-770x425

 

Joana foi criada em um lar cristão. Mas, quando entrou para a faculdade, começou a questionar suas crenças e se afastou de Deus. Após formar-se, ela viajou por vários países, sempre buscando a felicidade, mas nunca se sentindo satisfeita. Ao passar por algumas dificuldades, ela reconheceu que Deus a estava buscando e que ela necessitava dele.

Distante de seu país, Joana telefonou para seus pais e disse: “Entreguei minha vida a Cristo e Ele está me transformando! Lamento pela preocupação que causei a vocês.” Seus pais ficaram tão empolgados que chamaram os irmãos e cunhadas dela para virem à sua casa imediatamente. Eles queriam contar pessoalmente à família a empolgante novidade. “Sua irmã recebeu Cristo!”, anunciaram eles, regozijando-se com lágrimas.

A mulher da passagem do livro de Lucas 15 que encontrou sua moeda perdida chamou suas amigas e vizinhas para se alegrarem com ela (v.9). Jesus contou essa história, e outras sobre uma ovelha perdida e um filho perdido, ao povo religioso de Seu tempo, para mostrar como Ele veio à terra para buscar os pecadores perdidos. Quando aceitamos o dom da salvação, dado por Deus, há regozijo na terra e no céu. Jesus disse: “…há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende” (v.10). Como é maravilhoso o fato de Jesus ter descido até nós. O céu se regozija quando nós respondemos!

Os anjos se regozijam quando nos arrependemos.

Presente Diário: MEU FILHO

ઇઉ Presente Diário: MEU FILHO

✏ Leitura Bíblica: Atos 2.37-41

girl-with-arms-open-wide-to-the-sky

Oro também para que os olhos do coração de vocês sejam iluminados, a fim de que vocês conheçam a esperança para a qual ele os chamou, as riquezas da gloriosa herança dele nos santos (Ef 1.18).

Li uma história interessante que contava o seguinte: Um certo senhor estava dentro da sua tenda quando entrou um garoto adolescente. Logo em seguida, várias pessoas chegaram com armas querendo matar o menino. O senhor disse que não iria entregá-lo. Eles disseram: Você quer perdoá-lo porque não sabe o que ele fez e nem quem ele matou. O senhor disse: Não importa, eu quero perdoá-lo. Os homens então disseram: Ele matou seu filho. O senhor triste, enxugando as lágrimas, disse: Eu o perdoarei e vou criá-lo como se fosse o meu filho.
Através desta história podemos ter uma noção de como foi grande o amor de Deus por nós.
Deus fez mais do que salvar o assassino de seu filho, ele salvou a muitos assassinos de seu filho. Através da pregação de Pedro, no dia de Pentecostes, muitos foram salvos por Jesus, inclusive aqueles que o tinham perseguido até a morte. Pedro disse: Este Jesus, a quem vocês crucificaram, Deus o fez Senhor e Cristo (At 2.36). Pedro mostra àqueles homens que eles haviam matado o Senhor Jesus, mas se eles se arrependessem poderiam ser perdoados dos seus pecados e alcançar a salvação. Ser salvos por quem haviam assassinado. Pensar que se Deus perdoou aqueles assassinos de seu filho, pode perdoar quem ele desejar. Pedro disse que essa promessa era para eles, seus filhos, e para todos quantos o Senhor chamar.
Por mais afastado de Deus que alguém se encontre, pode ser alcançado pelo amor de Deus e seu chamado. Ele quer salvar o homem do caminho da perdição. Pedro fala isso dizendo: “Salvem-se desta geração corrompida” (At 2.39). Jesus salvou naquele dia mais de três mil pessoas que aceitaram a sua mensagem. É preciso crer em sua promessa de salvação. Perceber o quanto ele te ama. Reconhecer que você é pecador, ouvir e praticar a sua palavra.

ઇઉ  É tempo de ouvir e aceitar a mensagem de Jesus.

A QUALIDADE DA ÁRVORE CONTA?

“Ele tomou o cego pela mão e o levou para fora do povoado. Depois de cuspir nos olhos do homem e impor-lhe as mãos, Jesus perguntou: Você está vendo alguma coisa? Ele levantou os olhos e disse: Vejo pessoas; elas parecem árvores andando”. Marcos 8:23-24

Vendo homens como árvores

Apesar de algumas controvérsias e defesas de linhas teológicas de alguns grupos de evangélicos, afirmamos que a bíblia contém profecia de Gênesis a Apocalipse, podemos sem dúvidas afirmar a seguinte explanação: Tal afirmativa não pode haver controvérsia, pois é fato de que a bíblia é profética. E toda ela (antigo e novo testamento) deve ser estudada diligentemente, pois se procedermos de tal forma, acharemos tesouros ocultos e de grande valor que somente com a sede por Deus e com o auxílio do Espírito Santo poderão ser encontrados. E para isso, vamos entender a situação da presente geração através da ótica de Juízes capítulo 9 e Ageu capítulo 2 e no fim da explanação poderão por si só concordar ou discordar com o fato da bíblia ser toda profética.

Para iniciarmos o nosso assunto, o primeiro aspecto a ser observado é o que estava ocorrendo para aquela época do relato de Juízes 9, ou melhor no livro de Juízes até o capítulo 9. Primeiramente o livro de Juízes até o capítulo 9 é uma sequência quase que instantânea do livro de Josué, ou seja, uma ou duas gerações depois daquela que acabara de receber todo o território de Israel. Aquela geração era temente a Deus, pois tinham visto a operação de Adonai e sabiam do Seu santo caráter.

Mas se vocês observarem, o grande erro dessa geração que tinha acabado de receber a terra por herança, foi não repassar os grandes feitos que Adonai houvesse feito entre as nações que eles tinham “tomado” a possessão; além de não ter destruído por completo os moradores daquelas nações que serviriam de tropeço para os seus filhos e gerações futuras, como Deus havia ordenado. Por esse motivo a nova geração não sabia e não conhecia quem era Adonai.

Deus permitiu que aquelas nações ímpias subsistisse para Se dar a conhecer à nova geração de Israel, porque Ele sabia que os pais não repassariam para os filhos e não ensinariam eles os caminhos dEle; mas, mesmo assim alguns ainda passaram para seus filhos que Israel tinha um Deus, mas não comunicaram a eles que Ele era o único Deus verdadeiro e também não os ensinou sobre o grande risco de se envolverem com o remanescente das nações ímpias, nem tão pouco repassou as ordenanças de YHWH quanto a não se inclinarem para adorarem a outros deuses. Mesmo assim Deus, sabendo disso antecipadamente separou alguns para serem instrumentos nas mãos Dele, para que eles ensinassem novamente o caminho do Senhor (como foi o caso da profetiza Débora e o profeta do capítulo 6). Continuar lendo

Uma vida com propósitos: Dia 7

Dia 7 –   A RAZÃO DE TUDO

✍ “Todas as coisas vêm única e exclusivamente de Deus. Tudo vive por seu poder, e tudo é para sua glória. A Ele seja a glória para todo o sempre” Romanos 11.36

✍ “O SENHOR criou todas as coisas para os seus propósitos” Provérbios 16.4

Captura de tela 2016-02-16 18.40.57

Tudo é para ele.
O objetivo fundamental do Universo é demonstrar a glória de Deus.
Essa é a razão pelo qual tudo existe, incluindo você. Deus criou todas as coisas para a glória dele. E o que é a glória de Deus? Basta olhar ao redor. Tudo que foi criado por Deus reflete sua glória, de alguma forma.
A glória de Deus pode ser mais bem observada em Jesus Cristo. Ele, a Luz do mundo, revela a natureza de Deus. Graças a Jesus, já não somos ignorantes a respeito de quem Deus realmente é. A Bíblia diz: “O Filho é o resplendor da glória de Deus”. Jesus veio a este mundo para que pudéssemos entender completamente a glória de Deus. “Aquele que é a Palavra se fez carne e habitou entre nós. Nós vimos sua Vimos a sua glória […] cheio de graça e de verdade”. {Salmos 19:1, NVI} Devemos reconhecer sua glória, honrar sua glória, declarar sua glória, louvar sua glória, refletir sua glória e viver por sua glória. Por quê? Porque Deus merece! Nós lhe devemos toda a honra que pudermos dar. Uma vez que Deus fez todas as coisas, ele merece toda a glória. Como posso dar glória a Deus? Existem muitas formas de dar glória a Deus, mas elas podem ser resumidas nos cinco propósitos que ele estabeleceu para sua vida.
Damos glória a Deus ao adorá-lo. Adorar é o nosso primeiro dever para com Deus, e nós o adoramos ao apreciá-lo. Adorar é muito mais que louvar, cantar e orar a Deus. É um estilo de vida que compreende  apreciar a Deus, amá-lo e nos doar para sermos usados em seus propósitos. Quando você usa sua vida para a glória de Deus, tudo que faz pode se tornar um ato de adoração. A Bíblia diz: ” Usem o seu corpo inteiro como instrumento para fazer o que é justo, para a glória de Deus “.

Continuar lendo

Como Jesus está salvando milhares no Irã

O canal ‘Zola Levitt’, do casal de apresentadores judaico-messiânicos Myles Weiss e Katherine Weiss, entrevista o ministro do Evangelho Dr. Hormoz Shariat, que nasceu no Irã com sua religião islãmica xiita mas que depois veio à fé em Jesus Cristo enquanto estava na faculdade, nos Estados Unidos. Ele agora ministra na língua FARSI diretamente ao povo iraniano num programa de televisão transmitindo via satélite.
Você vai saber sobre as notícias de conversões naquele país – a antiga Pérsia – onde o povo está sedento por ouvir a Verdade salvadora do Evangelho de Jesus Cristo através da transmissão 24 horas por dia via satélite do Dr. Hormoz Shariat, e muitas conversões a Jesus Cristo – O Filho de Deus Pai Todo-Poderoso – estão ocorrendo por lá.

A gratidão pela salvação é….

Fotolia_4917565_M

É impossível um cristão autêntico que conheceu a graça de Deus e sua salvação e entendeu o objetivo do sacrifício substitutivo de Jesus não olhar para seu próximo (também) com misericórdia. O conhecimento da graça divina implica tão logo o desejo e a necessidade de estender a mão, ajudar, acolher, socorrer. É como estar no meio de um oceano com 10 pessoas e um navio passa e joga uma corda para você. Ao subir e reconhecer com gratidão a ajuda salvadora, é impossível que você não lance a corda para os outros 10. Não tem como simplesmente virar as costas. Não importa se todos agarrarão ou não a corda. Muitos tem feito isso. Foi salvo, é salvo, mas virou as costas…

Gratidão pela salvação só é verdadeira quando queremos lançar a rede e a semente a fim de atrair muitos para Cristo. Pertence a Deus a salvação, mas nossa é a missão!

Quando faço esse exame pessoal, me entristeço. Creio que estou aquém da proposta do Evangelho. Será que amo meu Senhor o suficiente a ponto de negar a mim mesmo para me engajar na sua mensagem? Mas é nesse momento que Jesus diz: “apascenta as minhas ovelhas” (João 21: 15-17).

Por Gabriel Felipe

Papa Francisco: não há salvação fora do sistema católico

“Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós;  é  dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie ” Efésios 2: 8-9

Papa Francisco deu um sermão, em Roma, onde ele dissipou toda e qualquer dúvida persistente sobre como os pontos de vista do Vaticano em todo o mundo Cristianismo. Francis, mais uma vez declarou sua crença inabalável de que a Santa Madre Igreja Católica Romana – o mesmo mencionado em Apocalipse 17 e 18 como a “Prostituta da Babilônia” – é o um eo único igreja. Ouça o Papa Francisco como ele diz-lhe em suas próprias palavras exatamente o que ele pensa de todas as igrejas cristãs fora da Igreja Católica Romana:

“Ninguém se torna cristão em seu próprio! Está claro? Ninguém se torna cristão por si mesmo. Os cristãos não são feitos em um laboratório. Um cristão é parte de um povo que vem de longe. O cristão pertence a um povo chamado a Igreja e esta Igreja é o que ele ou ela faz Christian, no dia do Batismo, e depois no curso de catequese , e assim por diante. Mas ninguém, ninguém se torna cristã sobre a sua própria . Se acreditarmos, se sabemos como orar, se reconhecermos o Senhor e pode ouvir a sua Palavra, se senti-lo perto de nós e reconhecê-lo em nossos irmãos e irmãs, é porque os outros, antes de nós, viveu a fé e, em seguida, transmitidos para nós. Temos  recebido  a fé de nossos pais, de nossos antepassados, e eles nos instruiu na mesma. ”
Nos últimos 2.000 anos, o sistema baseado pagan-Igreja Católica tem sido o hands-se, de longe, o número um assassino de cristãos sobre a face da terra. O Vaticano assassinado cristãos por 300 anos nas catacumbas, por 300 anos, durante a Inquisição Espanhola, e voltará a matá-los em números recordes durante os próximos dias da Grande Tribulação, que terá lugar após o arrebatamento. Ouça novamente Francis como ele diz-lhe que, sem a Virgem Maria e da Igreja de Roma que você não pode conhecer a Deus:

“Queridos amigos, peçamos ao Senhor, por intercessão da Virgem Maria , Mãe da Igreja, a graça de nunca cair na tentação de pensar que pode fazê-lo sem que os outros, que podemos viver sem a Igreja, que podemos nos salvar sozinho, de ser cristãos do laboratório. Pelo contrário, você não pode amar a Deus sem amar os seus irmãos, você não pode amar a Deus fora da Igreja ; você não pode estar em comunhão com Deus sem ser tão na Igreja “.

francisco“E vi três espíritos imundos, semelhantes a rãs  vêm  da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta. Porque são espíritos de demônios, que operam sinais,  que  vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso “. Apocalipse 16: 13,14http://vimeo.com/85267101

Pode o crente perder sua salvação?

PodeOCrentePerderSalvacaoToda vez que é proferida a expressão “uma vez salvos, salvos para sempre” muitos torcem o nariz, olham feio, e até mesmo dizem que isso é uma heresia. Isso talvez seja fruto do “espantalho” criado ao redor dessa expressão, e a falta de entendimento a respeito da doutrina da salvação. Na atualidade muitos pensam que ter certeza da salvação pode levar a atos libertinos, ledo engano.

Vejamos o que a Bíblia diz a respeito:

“Eu sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe deve acrescentar, e nada se lhe deve tirar; e isto faz Deus para que haja temor diante dele”.
[Eclesiastes 3:14]

A salvação, enquanto ato exclusivo de Deus na vida do homem, não pode ser perdida, pois como a palavra de Deus trata acertadamente nessa passagem, “TUDO QUANTO DEUS FAZ DURARÁ ETERNAMENTE”. Aquilo que é eterno, não tem fim. Logo, a obra da salvação que Deus opera na vida de seus servos nunca terá fim, nunca acabará. Pois não. A nossa salvação não depende de nós, mas sim daquEle que nos deu a salvação.

“E farei com eles uma aliança eterna de não me desviar, de fazer-lhes o bem; e porei o meu temor nos seus corações, para que nunca se apartem de mim”.
[Jeremias 32:40]

Desde os tempos do antigo testamento, Deus tem uma aliança com seu povo, e essa aliança é eterna. Eterna, pois está firmada em Deus, e não nos homens, haja vista, se do contrário fosse, certamente essa aliança seria deveras perecível.

Se observarmos a parte B do versículo, notaremos que essa aliança, além de estar firmada em Deus, está garantida por Ele, vejamos “e POREI o MEU temor nos seus corações, para que NUNCA se apartem de mim”.

“Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo”;
[Filipenses 1:6]

A obra da salvação na vida do crente começa a partir de um ato divino. A iniciativa parte de Deus, considerando que algo tão bom como a salvação, não poderia partir do homem, portanto, quem começa a BOA OBRA em nós, aperfeiçoará até aquele maravilhoso dia, o dia de Jesus Cristo, onde todos seremos julgados, todavia, nós já estamos separados por aquEle que começou em nós essa maravilhosa obra.

“E o Senhor me livrará de toda a má obra, e guardar-me-á para o seu reino celestial; a quem seja glória para todo o sempre. Amém”.
[2 Timóteo 4:18]

Esse texto é tão contundente naquilo que se propõe, que qualquer alfabetizado pode entende-lo e interpreta-lo corretamente.

É maravilho observar essa declaração do apóstolo Paulo, “ E o SENHOR me livrará de TODA má obra”. Isso mostra, que se não fosse o Senhor, estaríamos atolados e enlodados em toda má obra, que nossa carne ama.

O texto continua com ainda mais contundência: “e GUARDAR-ME-Á para o seu REINO CELESTIAL”. Quanta clareza nessa declaração! O apóstolo Paulo foi contundente demais. Ele reconhece que o Senhor que nos guarda nessa terra para que possamos entrar no reino celestial, se assim não fosse; certamente estaríamos fadados ao inferno.

“E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia.
Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia”.
[João 6:39-40]

Agora, vejamos as palavras do próprio Senhor Jesus sobre esse assunto. Observe a contundência em que esse assunto é tratado por Ele. “Que NENHUM de todos aqueles que me deu se perca, mas que o RESSUSCITE no último dia”, todos aqueles que o Pai dá irão a Cristo, e todos que irão a Cristo NUNCA se perderão, porque esta é a vontade do PAI. E esses serão ressuscitados no ultimo dia. Que maravilhosa notícia aos que creem em Cristo.

“As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;
E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão.
Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai”.
[João 10:27-29]

Outra declaração de nosso senhor Jesus Cristo referente à nossa eterna segurança, observemos atentamente para essa declaração:

“E dou-lhes a vida ETERNA, e NUNCA hão de PERECER, e NINGUÉM as ARREBATARÁ da minha mão.”

Podemos notar nessa maravilhosa declaração, que a vida que recebemos é eterna, nunca iremos perecer e estamos seguros nas mãos de Cristo, nosso único e suficiente salvador.
E a declaração não para por aí: “Meu Pai, que mas deu, é MAIOR do que todos; e NINGUÉM pode ARREBARA-LÁS da mão de meu Pai.” Que segurança bendita é essa?! Que noticia maravilhosa?! É impossível ler esses versículos e o olhos não encherem de lágrimas de saber quão seguros estamos e quão zeloso é nosso Deus.

“Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?
Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro.
Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.
Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor”.
[Romanos 8:35-39]

Como pode alguém questionar essa doutrina depois de ler esses versículos? Nem se eu fosse o maior dos incrédulos, negaria o que apóstolo Paulo diz aos romanos.

Analisemos o texto: “Porque estou certo de que, nem a MORTE, nem a VIDA, nem os ANJOS, nem os PRINCIPADOS, nem as POSTESTADES, nem o PRESENTE, nem o PORVIR. Nem a ALTURA, nem a PROFUNDIDADE, nem alguma outra CRIATURA nos poderá SEPARAR DO AMOR DE DEUS, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” Irmãos, NADA, pode nos separar do amor de Deus, somos seus filhos, e como Pai, Ele nos ama eternamente. Não poderia deixar de citar esse versículo, pois seria uma lastima se assim o fizesse.

Como nos conforta saber que apesar das muitas lutas, tribulações e tentações do dia-a-dia, NADA é capaz de nos separar do amor de nosso Pai celeste.

Apesar de achar na palavra de Deus mais uma série de versículos, acho que esses são suficientes para mostrar que a salvação é um ato exclusivo de Deus e, acima de tudo, um ato de amor. Esse amor que Ele tem por nós é eterno.

É impossível um crente viver feliz seus dias nessa terra sem essa segurança. Muito me maravilha que a igreja moderna tenha sucumbido essa doutrina BÍBLICA. Talvez por negligencia, ou quem sabe por medo de gerar uma certa libertinagem entre os fiéis. Penso eu, que aqueles que conhecem essa doutrina, e a entendem, JAMAIS preferirão o pecado.

É tão maravilhoso, tão confortante e tão emocionante saber que temos um Deus tão zeloso, que cuida de nós, que sabe de nossa fraqueza, que nos segura pela mão para não tropeçarmos e nos conduz com amor eterno para sua glória.

Enquanto escrevia esse pequeno artigo, minha mente cantarolava esse maravilhoso hino:

Segurança Bendita

Que segurança! Sou de Jesus!
Por Ele agora vivo na luz!
De Deus herdeiro a mim me tornou!
Pelo seu sangue, que me salvou”

Canta minha alma! Canta ao Senhor
As maravilhas do seu amor!
Canta, minha alma! Canta a Jesus!
Por ele vives hoje na luz.

Inteiramente me submeti.
Plena alegria nEle senti!
Dos céus descendo, tenho na cruz
Graça inefável por meu Jesus!

Sempre submisso quero viver,
Sua vontade sempre fazer,
Rejubilando a todos contar
Que meu Jesus me veio salvar.

Continuar lendo