A Última Trombeta

Jesus está voltando!

Israel volta a produzir o Bálsamo de Gileade


unnamedA Bíblia fala diversas vezes sobre um bálsamo vindo da cidade de Gileade, uma região montanhosa a leste do rio Jordão, em Israel. A planta de onde é extraída é real e o produto usado com fins medicinais, cosméticos e em rituais de adoração no Templo.

O agricultor israelense Guy Erlich está revivendo esse produto da agricultura bíblica, juntamente com o incenso e a mirra. Contudo, está recebendo alguma resistência. Para alguns ele é um visionário, que possivelmente proverá as plantas necessárias para os incensos usado no Terceiro Templo, assim que ele for reconstruído.

Em entrevista à CBN News, ele explicou: “Esta é a fazenda do bálsamo da Gileade”. Mostrando sua plantação, conta que “a visão era produzir de novo o bálsamo de Gileade aos poucos e posteriormente fazer uma produção em escala industrial”.
Tudo ainda está nos estágios iniciais, mas já está ajudando a transformar em área cultivável parte do deserto perto do Mar Morto e de Jericó.

Erlich testemunha: “Ao longo dos anos, consegui reunir uma coleção de plantas bíblicas raras, usadas como cosméticos e também de uso medicinal. Entendi que existem plantas mais interessantes em minha coleção, com um potencial para beneficiar a humanidade”.

Produzindo incenso bíblicoderramar-de-oleo

Uma resposta curta seria: “da árvore de Balsamo”, que ficou conhecida como Bálsamo de Gileade, por crescer em abundância naquela região.

Durante cerca de 1000 anos, os antigos agricultores hebreus eram os únicos no mundo a cultivar esta planta exótica. Agora, essa aventura biotecnológica de Erlich está revivendo a prática.
Além dessa planta produzir um dos remédios mais importantes do mundo antigo, seu perfume era considerado o melhor do Império Romano, lembra o fazendeiro. “Acredita-se que era o primeiro ingrediente do incenso usado no Templo Sagrado e desde o período do Segundo Templo, usado como o óleo que ungia os reis de Israel. Desde o século VI, desapareceu daqui, juntamente com o povo judeu”, ensina.

Para voltar a cultivá-la, Erlich conseguiu uma muda rara da planta com um cientista alemão que a levou da Arábia Saudita para Israel. Apesar das diferenças climáticas, as plantas cultivadas por ele estão se desenvolvendo bem, pois além do calor intenso, estão no solo salgado na área perto do Mar Morto.
Atualmente ele tem plantado seis hectares de mudas do Bálsamo de Gileade, mas já existem outras 5.000 plantas prontas para serem cultivadas.

A resina retirada do tronco dá planta, as frutinhas e as folhas podem ser usadas para produção, sendo que cada uma possui fragrância e propriedade única.

Além do bálsamo, ele está investindo na produção de olíbano, incenso mencionado em Êxodo 30. O agricultor explica que existem mais de 20 tipos da planta, mas este é o mesmo usado no Templo, segundo a Bíblia. Atualmente é considerado uma planta com risco de extinção.

Na fazenda de Eelich há mudas de mirra e de várias outas plantas usadas na produção do incenso que deve ser queimado no Templo. Além da questão religiosa, ele conta que seu objetivo é fundar um centro de pesquisa e desenvolvimento de plantas medicinais, que espera ser benéfico para o estudo sobre as flores do Deserto.

Fonte: CBN News

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 11 de dezembro de 2016 por em Israel profético e marcado , .

Postagens no Instagram

#MudeoBrasilpelaBiblia Oremos pelo México Pouco depois de decolar do aeroporto de John Wayne, no condado de Orange, na Califórnia, o piloto Frank Pisano ouviu um som diferente no motor direito do avião.

Depois de um vôo que durou apenas quatro minutos, a aeronave foi incendiada quando retornou para a pista. No entanto, o piloto e a passageira que estava ao seu lado, sua esposa, Janan, foram salvos por um milagre de Deus.

O casal decolou no dia 30 de junho para passar três dias em Scottsdale, no Arizona. Como um piloto experiente, Frank percebeu que conseguia retornar ao aeroporto depois de perder o motor direito e nivelou o avião. “Eu fui bem treinado, mas Deus obviamente ajudou”, afirmou.

Frank estava prestes a realizar um pouso de emergência numa estrada, que poderia ser fatal. Janan, sentindo-se indefesa, fechou os olhos e começou a orar: “Deus está conosco, Deus está conosco”, disse ela, repetidamente.

De repente, Frank percebeu que estava descendo muito rápido. Assim que pousou, o avião caiu “como um balão de chumbo”. “Havia postes de luz na rodovia que se eu acertasse, teriam explodido. Eu estaria morto. Esse é mais um dos milagres”, disse ele.

O avião atingiu a frente de uma caminhonete que deu impulso para que a asa atingisse a barreira. “Se não tivéssemos atingido esse veículo, teríamos entrado na barreira inicial e estaríamos mortos. Foi o terceiro milagre”, lembrou Frank.

Depois da queda, o avião foi tomado pelas chamas. Por causa do impacto, Frank teve seis vértebras quebradas e Janan teve cinco vértebras afetadas. Ambos ficaram inconscientes, mas logo acordaram e conseguiram ser retirados da aeronave antes de uma explosão.

Uma das pessoas que ajudou a socorrer o casal durante o acidente foi um barman chamado Federico, que se abaixou para ajudar Janan e disse: “Deus está com você, Deus está com você”, repetindo a mesma oração feita por ela antes da queda.

Recuperação

Frank e Janan foram levados ao hospital e entraram em coma induzido, devido a dificuldade na respiração. “Me disseram que enquanto eu estava inconsciente, as pessoas iam até o meu quarto e oravam. Nunca descobri quem elas eram”, lembra o piloto.
[Continuação do texto no comentário | Via: Guiame

Visitantes

Map

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 86.365 outros seguidores

Follow A Última Trombeta on WordPress.com

Estatísticas do blog

  • 2,353,154 cliques

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: